Carlinhos Bala, o filósofo

Carlinhos bala: a mesma mão que aplaude é a que vaia.

Comentários

  • 1000 caracteres restantes