2005 - Corinthians 7x1 Santos

2005 - Corinthians 7x1 Santos
Tevez, o carrasco santista marcou 3 dos 7 tentos do Corinthians na partida
Pacaembu
,
Corinthians Escudo do Corinthians
7 x 1
Santos Escudo do Santos

Ficha Técnica

Placar: Corinthians 7 x 1 Santos

Data: 06.nov.2005

Estádio: Paulo Machado de Carvalho (Pacaembu)

Campeonato: Brasileiro

Público: 21.918 pagantes

Escalação: Fabio Costa; Marcelo Mattos, Marinho, Wendel e Eduardo Ratinho; Bruno Octávio (Wescley), Rosinei, Carlos Alberto e Hugo; Tevez (Jô) e Nilmar. Técnico: Antônio Lopes

Ídolos que jogaram

Domingo à tarde, clássico no Pacaembu valendo pelo segundo turno do campeonato brasileiro de 2005 . Todos pensando que seria um jogo difícil, o time do Santos não era a sensação do campeonato, mas clássico é sempre clássico...

Logo no começo da partida, aos 42 segundos, Rosinei abriu o placar pro Corinthians, 1x0. O Santos chegou a empatar a partida com um gol de Geílson, aos 8 minutos. Depois disso o jogo virou um massacre.

Aos 10 minutos Nilmar invade a área e chuta a bola na trave. Era só o começo... Aos 20 minutos Tevez recebe a bola dentro da área e marca o segundo gol do Corinthians. Tevez ainda marcaria o terceiro aos 36 do primeiro tempo e iria comemorar bem ao seu estilo, dançando a famosa cumbia na lateral do campo, junto à torcida do Corinthians.

Os times vão para o intervalo com o Corinthians ganhando por 3x1.

Voltaram pro segundo tempo e o argentino Carlitos Tevez continuou comandando o massacre. Aos 8 minutos do segundo tempo em uma jogada entre Tevez e Nilmar o argentino finaliza para marcar o 3ª dele, o 4º do Corinthians. 4x1. Aos 12 minutos foi a vez de Nilmar deixar o dele, após rebote do goleiro, 5x1.

Tevez saiu da partida muito aplaudido, foi substituído por Jô que em sua primeira jogada leva a bola até a linha de fundo e cruza na cabeça de Nilmar, Corinthians 6x1 Santos.

A torcida do Santos a essa altura já estava em casa, na praia... Em qualquer lugar, mas do Pacaembu já tinham ido embora e nem puderam ver que aos 45 minutos do segundo tempo, numa falta da entrada da área Marcelo Mattos, que nem era cobrador de falta, mas também quis deixar o dele, deu números finais ao jogo.

Corinthians 7x1 Santos, fora o baile, as risadas e a bandeira escrito “ETERNO 7 x 1” que acompanha os Corinthians e San7os desde então.

Comentários

  • 1000 caracteres restantes
veja mais fechar

Mais jogos

2000 - Corinthians 0x0 Vasco

O Corinthians é o primeiro campeão mundial de um torneio organizado pela FIFA. O resto pode chorar.