No Japão, título mundial do Corinthians é lembrado em memorial

Títulos mundiais dos clubes brasileiros são lembrados no Japão

Títulos mundiais dos clubes brasileiros são lembrados no Japão

Foto: Celso Paiva /Terra

Contestado e ironizado pelas torcidas rivais que sempre questionam a autenticidade da conquista, o título mundial do Corinthians de 2000 ganha seu reconhecimento e espaço nas sedes da edição 2011 do Mundial de Clubes , que conta este ano com a presença dos badalados Barcelona, de Messi, e Santos, de Neymar.

O feito do clube do Parque São Jorge , que derrotou o Vasco nos pênaltis em pleno Maracanã, é lembrado na Fan Fest organizada pela Fifa nos locais de competição. Na tenda montada, a foto do time alvinegro aparece ao lado de outros dois times brasileiros que levaram o Mundial de Clubes: São Paulo (em 2005) e Internacional (em 2006). A conquista corintiana é a única que não possui o selo com o logo da competição, tradicional em torneios Fifa.

O questionamento dos rivais leva em conta o fato do Corinthians ter sido convidado para participar do torneio por ter sido Campeão Brasileiro de 1998 , sem ter conquistado a tão sonhada Copa Libertadores, que almeja até hoje. Antes da edição de 2010, o presidente da Fifa, Joseph Blatter, reconheceu que errou no sistema de disputa e que nunca poderia ter dois times do mesmo país na decisão da competição.

Nas últimas edições do Mundial, a Fifa vem novamente colocando a participação do atual campeão nacional do anfitrião para participar do torneio: como é o caso do Kashiwa Reysol, time dirigido por Nelsinho Batista, que estreou nesta quinta-feira com vitória sobre o Auckland por 2 a 0.

Além da lembrança ao título corintiano neste pequeno memorial montado nos estádios, há também uma homenagem a todos os participantes da atual edição do evento. Com fotos das conquistas das sete equipes que estão na competição com réplicas das taças conquistadas por eles.

Curiosamente, a réplica da Copa Libertadores, conquistada pelo time do Santos, em quase nada se parece com a que o capitão Edu Dracena levantou no Estádio do Pacaembu, após vitória sobre o Peñarol. Em um formato bem menor e sem as tradicionais placas com todos os campeões do torneio, o troféu se mostra uma cópia mal feita da original.

No local, há ainda um exemplar da tão sonhada taça do Mundial de Clubes, que chama mais a atenção dos torcedores, que posam ao lado dela para tirar fotos. Além do troféu em disputa no Japão, outro que chama muita atenção é o da Liga dos Campeões, conquistado pelo Barcelona com vitória sobre o Manchester United.

Fonte: Terra

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes
veja mais fechar

Mais notícias

Reforço para 2012, zagueiro Felipe já pensa em ser titular do Timão

Mal conquistou o título do Brasileirão, o Corinthians já está no mercado em busca de reforços para 2012. E o primeiro reforço é o zagueiro Felipe, destaque do...