Martínez projeta melhora com sequência no Corinthians

Depois de um mês de espera, Martínez fez sua estreia com a camisa do Corinthians na quarta-feira, no empate por 1 a 1 com o Atlético-GO. Ele entrou no lugar de Alessandro no segundo tempo e teve atuação discreta - foi mais notado por ter recebido um cartão amarelo logo em seu primeiro lance, por parar um contra-ataque.


O argentino disse nesta quinta-feira que precisa de uma sequência de partidas para se ajustar ao esquema tático usado por Tite e se sentir confiante para arriscar jogadas individuais. 'À medida que vou jogando, vou me adaptando, conhecendo meus companheiros. Creio que preciso ir jogando para melhorar meu nível individual e com o grupo', afirmou.

Martinez sabe que para jogar com Tite terá que se sacrificar e ajudar na marcação, mas acredita que não terá dificuldade para isso. 'Toda equipe tem responsabilidade de atacar e defender. Seria preocupante se a equipe não marcasse. Não é importa se é atacante, volante ou defensor', discursou.

Contratado no início de julho junto ao Vélez Sarsfield, 'Burrito', como é chamado em seu país, disse que já se sente à vontade no Corinthians. Nos treinos, costuma ser carinhosamente provocado pelos goleiros nos trabalhos de finalização. Nesta quarta, conversava animadamente com o presidente Mário Gobbi e do diretor-adjunto de futebol Duílio Monteiro Alves antes do aquecimento no vestiário do Pacaembu. 'É um grupo bárbaro, me recebeu bem e estou me sentindo muito cômodo.'

O entrosamento com os novos companheiros, por enquanto, vai sendo construído na base do espanhol. 'Estou aprendendo português com o Guerrero para falar aqui. Até que não fale bem, vou falar em espanhol.'

Fonte: Futebol Interior

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes
veja mais fechar

Mais notícias

Contra o Timão, Coritiba cobra ingresso caro

O corintiano que quiser deixar a capital paulista e acompanhar o Timão no Couto Pereira, em Curitiba (cerca de 400km de distância), contra o Coritiba, no próximo domingo, terá de abrir o bolso.