O que ainda te mantém em pé após mais um revés, corinthiano?

Ana Paula Araújo

Engenheira de formação, mas corinthiana de alma. Deixei a profissão para fazer parte dessa família desde 2013.

ver detalhes

O que ainda te mantém em pé após mais um revés, corinthiano?

Coluna da Ana Paula Araújo

Opinião de Ana Paula Araújo

3.6 mil visualizações 81 comentários Comunicar erro

O que ainda te mantém em pé após mais um revés, corinthiano?

Torcida do Timão fazendo festa em jogo comemorativo na Arena Corinthians

Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Estava eu assistindo ao Dérbi de sábado, pelo Campeonato Paulista, ao lado dos meus dois filhos. O mais velho com quatro anos e a mais nova com seis meses. Além do prazer de ver meu time na decisão, tive outro que foi a minha filha "assistir" à sua primeira final. Certamente eu influenciarei eles a torcerem pelo Corinthians. Posto isso, fiquei pensando: como eu me tornei corinthiana?

Meu pai é palmeirense fanático, minha mãe cruzeirense. Sempre moramos em Minas Gerais. Aqui só passa Atlético Mineiro e Cruzeiro. Apesar disso, eu sou tão fanática pelo Timão que, na cidade em que minha mãe mora, eu até perdi meu nome e sou frequentemente chamada só de: corinthiana.

Sei exatamente quando vi o Corinthians pela primeira vez na TV, naquele momento eu senti um frio no peito. Pouco tempo depois, por coincidência, meu pai me perguntou para qual time eu torcida e eu prontamente disse que era pelo Corinthians. Lembro da expressão no rosto dele. Ele torceu a cara e riu. Tempos depois eu entendi o porquê do riso: sua filha escolheu torcer por seu arquirrival. Foi lindo saber disso!

Lancei aqui no Fórum do Meu Timão uma enquete para saber se alguém saberia explicar o porquê de ter se tornado corinthiano. Direcionei a pergunta para o pessoal que mora fora do estado de São Paulo, justamente por serem esses que têm menos influência familiar ou mesmo televisiva. Tive bastante interação e ótimos comentários. Mas algo foi praticamente unânime: ser corinthiano é inexplicável!

exemplo

Reprodução Fórum do Meu Timão

Escalação

Reprodução Fórum do Meu Timão

Até um argentino comentou. Não, ele não torce para o Boca, nem River, mas sim pelo Corinthians!

Há alguns anos, eu fui premiada num concurso da Tim, que escolhia as melhores frases que definiam seu amor pelo Corinthians. Na época, eu consegui por em palavras parte do que sinto pelo Timão, vou reproduzir aqui para tentar explicar um pouquinho desse sentimento.

"Não foi uma opção, não foi uma escolha, tampouco uma imposição. Foi destino. Elos que se atam nas dores, pois são nas tristezas que os verdadeiros loucos permanecem. Corinthians, na primeira pessoal do plural: nós."

Agora, justamente depois de perder um campeonato para o maior rival, sinto exatamente isso. Nesta quarta-feira, mais um resultado ruim. Parece ser o começo de uma temporada a se esquecer. Cada vez que meu amor é posto à prova, ele aumenta. Em cada dor me uno mais ao Corinthians. Prova disso foram os quase 23 anos sem títulos expressivos. A torcida só cresceu em número e fanatismo.

Sem querer entrar no mérito da crença de cada um, mas parafraseando o Padre Fábio de Melo, digo que só ama, só vai ficar até o fim, aquele que, depois da utilidade, descobrir o significado.

Quando esse time não te der títulos, alegrias em campo, seu amor será provado e, tenho certeza, aumentará e se solidificará. Não estou dizendo, é claro, para a torcida passar pano para jogadores e/ou dirigentes. Que fique bem claro!

Tempo sombrios estão por vir (já estão aí)! Amem o Corinthians menos que amanhã e mais que ontem, mas amem o Corinthians sempre! A Fiel é assim e o Corinthians precisa de vocês!

Veja mais em: Torcida do Corinthians.

Este texto é de responsabilidade do autor e não reflete, necessariamente, a opinião do Meu Timão.

Coluna da Ana Paula Araújo

Por Ana Paula Araújo

Engenheira de formação, mas corinthiana de alma. Deixei a profissão para fazer parte dessa família desde 2013.

O que você achou do post da Ana Paula Araújo?

  • Comentários mais curtidos

    Foto do perfil de Nelsinho

    Ranking: 3447º

    Nelsinho 422 comentários

    por @vaicorinhians

    Vou falar pra vocês, eu critiquei muito o Tiago Nunes mas no fundo o cara é o que menos tem culpa, o elenco é muito limitado, janderson e everaldo são aqueles jogadores que não da pra entender como estão ali. O Corinthians já se desfez de tantos jogadores melhores que eles, da um jeito de emprestar e aposta nos novos mlks da base. Cara da tristeza, olha para o banco o cara tem o grande janderson como opção, ai ferra tudo. Desculpa Tiago por pegar no seu pé demais, nosso elenco que é fraco mesmo

  • Foto do perfil de Rafael

    Ranking: 2697º

    Rafael 547 comentários

    por @rafael.bertini

    Venho de uma família de palmeirenses, quando tinha 9 anos fui assistir com amigos corintianos uma final entre Corinthians e Palmeiras no futsal, lembro que quando entrei no meio da torcida e toda aquela loucura eu SIMPLESMENTE DESCOBRI QUE ALI ERA MEU LUGAR, fiquei até rouco de gritar, fomos para os pênaltis e enquanto esperávamos pude entrar em quadra(era desorganizado rsrs) e falei com um jogador chamado Zé Elias, disse que seríamos campeões e ele exausto só concordou com aquele moleque, e assim fomos, nunca esquecerei nós comemorando. O que me mantém em pé é que aprendi desde cedo que nunca será fácil mas lutaremos até o final, assim como é a vida, ser corintiano é uma das maiores alegrias da minha vida.

  • Últimos comentários

    Foto do perfil de Walmir

    Ranking: 11267º

    Walmir 86 comentários

    81º. por @walmirdafiel

    Vaiiiiiiiii Corinthians!

  • Publicidade

  • Foto do perfil de Luiz

    Ranking: 5574º

    Luiz 239 comentários

    80º. por @luiz.henrique248

    Sou corintiano desde 2002, aprendi a torcer com 4 anos de idade, meu pai é São Paulino e a família toda por parte de pai é São Paulinos, minha mãe é Corintiana e minha irmã também, mas a minha família por parte de mãe a maioria é palmeirense e flamenguista, ninguém me pressionou a torcer pra ninguém, foi escolha minha mesmo me identifiquei com o clube, me lembro que em 2007 o time era um draga todo mundo me zuava e tentavam fazer minha cabeça para mudar de time eu mas mesmo assim batia no peito e falava sou corintiano e não vou mudar, e sou até hoje fanático o time estando ruim ou bom sempre estou acompanhando, esse é o diferencial dos Corinthianos mesmo perdendo usamos a camiseta do time no dia seguinte os outros torcedores de outros times somem, só quem é Corinthiano sabe o que é ser torcedor de verdade que nunca abandona o time, vivemos de Corinthians.

  • Foto do perfil de Jose

    Jose 6 comentários

    79º. por @jose.carlos.alves.ma

    Verdade ser corinthiano e diferente a gente já nasce

  • Foto do perfil de Edilson

    Edilson 12 comentários

    78º. por @edilson.lima.de.oliv

    Top seu texto, pena não ter visto sua enquete kkkkkk mas mesmo assim vou responder:

    Sou Sulmatogrossense (Pai PAulista x Mãe Sergipana), no meu caso foi herança Paterna (não por imposição) sempre via meu Pai escutando os jogos pelo rádio e o amor dele pelo Timão...e acabou me contagiando a ponto de levar rádio para escola para poder ouvir algum jogo kkkkkkkkkkkkkkk

  • Foto do perfil de Fabiano Bezerra

    Ranking: 871º

    Fabiano 1438 comentários

    77º. por @fabiano.bezerra

    O elenco e fraco, e o meu amor pelo Corinthians é imenso, na vitória ou na derrota eu grito forte, forte corintiano eu serei até a morte

  • Foto do perfil de Jussara Gomes

    Ranking: 7568º

    Jussara 159 comentários

    76º. por @jussara.gomes1

    Sou de Salvador e só torço para o Timão desde 8 anos de idade a final passou aqui em salvador o time a torcida não mim fez esquecer daquele jogo

  • Foto do perfil de ADELCO

    Adelco 39 comentários

    75º. por @adelco

    Sou corinthiano desde 1959, quando, com sete anos de idade, li o nome Corinthians em um jornal e achei bonito. De 1959 a 1977 foram 18 anos de sofrimento. Mas, vi Pelé e Rivellino jogarem, um contra o outro, no Morumbi, com corinthianos e santistas torcendo lado a lado.

    Hoje, velho, uma derrota do Corinthians consegue estragar o resto do meu dia. Minha família, toda ela corinthiana, já sabe e respeita o meu nervosismo, minha dor. Pra mim, somente uma palavra define o corinthiano: paixão. Paixão não se explica - se sente.

    Adelço Vizu

  • Foto do perfil de Juarez

    Ranking: 13817º

    Juarez 62 comentários

    74º. por @fpolistimao

    O que eu poso falar? !