Corinthian-Casuals: Dias corridos, histórias do passado e um pouco sobre o filme 'Vai, Corinthians!'

Corinthian-Casuals

Aqui no Blog do Corinthian-Casuals você encontra o dia a dia do clube que originou a criação do Sport Club Corinthians Paulista.

ver detalhes

Dias corridos, histórias do passado e um pouco sobre o filme 'Vai, Corinthians!'

Coluna do Chris Watney

Opinião de Corinthian-Casuals

2.8 mil visualizações 23 comentários Comunicar erro

Dias corridos, histórias do passado e um pouco sobre o filme 'Vai, Corinthians!'

Temos tido dias ocupados aqui no Casuals, dentro e fora de campo. Toda semana parece reservar uma surpresa para nós, e você nunca sabe ao certo o que vai acontecer (mas tudo bem, é isso que mantém a vida interessante). Como Diretor Comercial e Marketing do Casuals, produtor de filmes e também é claro, como jogador lesionado - sempre tem algo acontecendo!

Uma dessas coisas é algo que eu gostaria de falar nessa postagem: contar um pouco sobre o filme “Vai Corinthians!”, que estamos produzindo esse ano em uma parceria entre o Corinthian-Casuals e o SC Corinthians Paulista. Alguns de vocês talvez já tenham ouvido falar sobre, mas alguns talvez não…

Originalmente, eu tive a ideia de fazer o filme “Vai Corinthians!” em janeiro de 2001! Eu era um jovem jogador do time, e o Casuals estava pronto para ir para o Brasil na turnê que aconteceu em março de 2001. Naquela época, ao mesmo tempo em que eu atuava pelo Casuals, eu estava trabalhando com Radio e TV, e então me pediram para procurar alguém interessado em fazer um curta sobre a turnê. Ou porque eu era muito novo ou porque tivemos a ideia muito em cima da hora, o projeto não foi para frente.

Na época, fizemos um vídeo caseiro memorável daquela visita, mas eu sempre soube que a história merecia algo bem maior…e no último ano as conversas entre os dois clubes acabaram resultando no filme “Vai Corinthians!”.

A ideia do filme é compartilhar com o mundo o que eu acredito ser uma das maiores histórias do futebol: a conexão entre Corinthian-Casual e o SC Corinthians Paulista. É algo sem comparação e a mais original e emocionante história de dois clubes muito diferentes, em diferentes partes do mundo, ligados por um algo verdadeiramente incrível!

Além disso, eu queria lembrar ao mundo e aos torcedores do Corinthians no Brasil, todos os corinthianos notáveis que vieram ao Brasil em 1910. Eu penso que isso é um dos aspectos mais importante: precisamos homenagear seu legado, 100 anos depois de muitos desses homens terem morrido como heróis de guerra na I Guerra Mundial, entre 1914 e 1918.

Corinthians FC de Londres era, 100 anos atrás, o melhor time de futebol na face da terra. Eles eram o ícone do futebol no mundo e todo torcedor do Corinthians Paulista deve ser muito orgulhoso por tê-los em sua origem. Eles eram alguns dos melhor atletas de todos os tempos. Não somente campeões de futebol, alguns deles eram campeões em vários esportes…

Originalmente criado 1882 para ajudar a tornar a seleção inglesa um time mais forte, eles conquistaram seu objetivo: em 1896 o time inteiro da Inglaterra era de jogadores do Corinthian (até hoje, nós continuamos sendo o único time a ter conseguido isso na Inglaterra). Com a missão completada, eles então se tornaram o time que espalharia o esporte inglês pelo mundo, e em 1897 eles foram o primeiro clube a levar o esporte fora da Europa, em uma turnê pela África do Sul.

Entre 1897 e 1910, eles ajudaram a popularizar o futebol em cada canto da Europa e da América do Norte, até que foram, é claro, convidados para vir ao Brasil pelo Fluminense e pelo seu ex-companheiro de equipe, Charles Miller.

O time que chegou ao Brasil em 1910 era simplesmente magnífico. Eles vieram novamente em 1913 e mais uma vez em 1914. Embora em 1914 eles nunca tenham chutado uma bola - quando ainda estavam no mar, a caminho do Brasil, eles ouviram que a I Guerra Mundial havia sido declarada na Europa e decidiram voltar a Londres para se juntar ao exército. Devo dizer que eles escolheram fazer isso, dois anos antes dos atletas profissionais terem sido forçados a fazer o mesmo.

É uma história trágica que dos 11 jogadores daquele grupo que inspirou a fundação do Corinthians Paulista, mais da metade não tenha sobrevivido à guerra, morrendo como heróis nos campos de batalha da Europa. E com tudo isso, apenas 4 anos depois de 1910, o SC Corinthians Paulista celebrava a conquista do primeiro Campeonato Paulista. Uma verdadeira passagem de bastão para o nome Corinthians, quando um clube começava a se apagar e o outro começava a crescer…

Eu sinto que é importante exatamente nesse ano relembrarmos o mundo dessa história. E eu acredito que é ainda mais importante fazermos nossos esforços ao reunir a família Corinthians para celebrar essa história e quem sabe até jogar a partida que não jogamos 100 anos atrás. Eu sei que os dois clubes estão trabalhando duro todos os dia para fazer esse sonho compartilhado virar realidade…

No Reino Unido, toda a nação tem feito grandes planos este ano para lembrar o sacrifício dos soldados da guerra. E eu estou pessoalmente procurando os clubes maiores para um memorial no Museu Nacional do Futebol em Manchester, onde ele será exibido todo o ano de 2015 como parte das homenagens nacionais da Primeira Guerra Mundial.

Os 22 nomes no Memorial devem ser homenageados dessa maneira, uma vez que eles levaram o futebol pelo mundo, inspiraram o planeta e morreram lutando pela liberdade. Jogadores como Cuthbert Brisley, que esteve no Brasil em 1910 e que em 1914 foi considerado o melhor atacante da Europa, mas acabou morrendo muito jovem como um piloto da Força Aérea Britânica. E essa é só uma história de muitas…

Assim como inspiraram o SC Corinthians Paulista, esses homens inspiraram o Real Madrid a jogar de branco, eles inventaram o termo futebol (“soccer”), conquistaram a maior vitória da história sobre o Manchester United (11x3) e bateram as seleções da Holanda, Alemanha, África do Sul e mesmo uma seleção não oficial do Brasil no Rio, em 1910. Suas histórias merecem ser lembradas pelos amantes de futebol em todo o mundo.

E elas continuam moldando nossa vida cotidiana no Corinthian-Casuals. Assim como nós adoramos todas as visitas de nossos fãs brasileiros, nossa história também tocou cada canto do mundo, e nessa semana tivemos alguns jornalistas da Suécia nos visitando. Isso porque este mês marca o aniversário de 110 anos da fundação da Associação Sueca de Futebol pelo Corinthians! Nosso clube fez uma turnê na Escandinávia em 1904 e fazendo isso nós inspiramos todo o país. Naquela época doamos a eles um troféu pelo qual os suecos disputaram sua primeira competição nacional - por 15 anos, o torneio foi chamado Corinthian Bowl.

Então, como vocês podem ver, nossas vidas continuam sendo moldadas pelo nosso passado, nossas raízes e pelo Corinthian-Casuals, e o com o filme “Vai Corinthians!”nós esperamos construir um futuro ainda mais promissor para celebrar com o mundo todo. Para capturar a história, e talvez ainda mais importante, para promover uma grande festa corinthiana!

Vai Corinthians!

Coluna do Chris Watney

Por Chris Watney

Jogador do Corinthian-Casuals desde 1999, Chris esteve na passagem do clube aqui no Brasil em 2001. Hoje Chris também trabalha como diretor comercial e de marketing do Corinthian-Casuals.

O que você achou do post do Chris Watney?