Quando fui obrigado a escolher o Barcelona ao invés do Corinthians

Danilo Augusto

Corinthiano e programador dedicado que tem um orgulho imenso de ter criado essa comunidade chamada Meu Timão.

ver detalhes

Quando fui obrigado a escolher o Barcelona ao invés do Corinthians

Coluna do Danilo Augusto

Opinião de Danilo Augusto

10 mil visualizações 81 comentários Comunicar erro

Quando fui obrigado a escolher o Barcelona ao invés do Corinthians

Barcelona no FIFA 17

Como profissão, sou programador e desenvolvo o Meu Timão, mas passo o dia sentado em frente uma tela desde que ganhei meu um Atari (para os mais novos, é um videogame com processamento 10.000 vezes pior que seu celular). Jogava de Enduro a Decathlon, mas futebol, meu esporte preferido, não tinha nenhuma opção razoável ainda.

Anos (e alguns videogames) depois, já no Playstation, eu jogava Winning Eleven (que mais tarde virou o P.E.S.). Era o melhor jogo de futebol, mas não havia clubes brasileiros. Durante várias temporadas, eu jogava com o Milan. Por conta disso, sei a escalação deles de 2002 a 2006 até hoje. Joguei tanto com o Milan que virei fã do Seedorf e do Shevchenko. E quando o Neto cravou o Seedorf no Corinthians em 2011, eu chorei feito criança. Neto maldito!

De um ano pro outro, o Fifa foi ganhando relevância e acabou superando a franquia do PES. O bom era que tinha clubes brasileiros. Em 2013, quem jogava online com o Corinthians, vez ou outra enfrentava alguém, do outro lado do mundo, jogando com um Chelsea da vida, reeditando por acaso a final do nosso segundo mundial.

Por decisão do Corinthians (e de uma oferta financeira mais em conta da Konami), hoje o nosso time está fora da série FIFA, sendo exclusividade do PES.

Ontem fui jogar FIFA 17 com meu cunhado.

Não tinha o Corinthians.

Escolhi o Barcelona, ele o Real Madrid e jogamos melhor de três.

Tenho 33 anos, vou continuar torcendo para o Corinthians, independente de qualquer videogame. Mas e uma criança de 10 ou 11 anos?

Coluna do Danilo Augusto

Por Danilo Augusto

Corinthiano e programador dedicado que tem um orgulho imenso de ter criado essa comunidade chamada Meu Timão.

O que você achou do post do Danilo Augusto?