Jogo contra Juventude mostrou uma urgência no elenco do Corinthians

Jorge Freitas

Colunista esportivo do portal 'No Ângulo', este internacionalista é mais um louco do bando e busca analisar o Timão com comprometimento com a realidade e as necessidades do maior clube do planeta.

ver detalhes

Jogo contra Juventude mostrou uma urgência no elenco do Corinthians

Coluna do Jorge Freitas

Opinião de Jorge Freitas

86 mil visualizações 287 comentários Comunicar erro

Jogo contra Juventude mostrou uma urgência no elenco do Corinthians

Fabio Santos está abaixo do que o elenco precisa para 2022

Foto: Rodrigo Coca / Agência Corinthians

Fabio Santos foi fundamental para que o clube fugisse do rebaixamento na temporada passada, mas agora que o objetivo se tornou maior, ele tem mais atrapalhado que ajudado.

Sem fôlego para subir e voltar várias vezes no mesmo jogo, o jogador não somente sobrecarrega Fagner e o lado direito do Corinthians, como deixa de potencializar as qualidades de Roger Guedes, que precisa vir buscar a bola recebendo-a de costas e muito longe do gol.

Mapa de calor de Fábio Santos até minutos antes do gol

Mapa de calor de Fábio Santos até minutos antes do gol

Sofascore

A jogada em que sofreu a falta para o golaço de RG123 só fortalece o argumento de que necessitamos de um lateral esquerdo. Foi essa, certamente, a primeira subida do jogador (ver mapa de calor imediatamente anterior ao lance da falta) e rendeu uma oportunidade de perigo clara. Numa outra subida rara, quando já estávamos no tudo ou nada, recebeu a bola da entrada da área e finalizou por cima.

Imagina, então, se tivéssemos um lateral com fôlego para acompanhar o ataque sempre que necessário?

Aliás, para quem defende que o jogador ainda precisa ser titular por suas características defensivas, foi ele quem não acompanhou o lateral-direito do Juventude, que tabelou e saiu livre para colocar a bola na cabeça de Ricardo Bueno.

Dentro das pretensões do clube para essa temporada (vaga na Libertadores), Fábio Santos ainda pode ser útil, mas não acompanhará o ritmo de uma temporada com jogos quarta e domingo desde sua primeira semana, ainda mais agora que o potencial do elenco subiu bastante com as novas contratações.

Já que Piton parece não ter a confiança do treinador e de parte da torcida (ontem precisei olhar novamente se o jogador estava no banco, pois não havia razões aparentes para não entrar no jogo), urge em Itaquera a contratação de um lateral esquerdo para a próxima temporada.

Este texto é de responsabilidade do autor e não reflete, necessariamente, a opinião do Meu Timão.

Coluna do Jorge Freitas

Por Jorge Freitas

Colunista esportivo do portal 'No Ângulo', este internacionalista é mais um louco do bando e busca analisar o Timão com comprometimento com a realidade e as necessidades do maior clube do planeta.

O que você achou do post do Jorge Freitas?

x