Por que essas quatro contratações de 2019 sumiram no Corinthians?

Lucas Faraldo

Escrevendo sobre o Corinthians desde 2014

ver detalhes

Por que essas quatro contratações de 2019 sumiram no Corinthians?

Coluna do Lucas Faraldo Knopf

Opinião de Lucas Faraldo

21 mil visualizações 190 comentários Comunicar erro

Por que essas quatro contratações de 2019 sumiram no Corinthians?

Régis e Matheus Jesus são dois dos reforços encostados no Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Aqui vai um compilado de reflexões (e um convite para os leitores prosseguirem nos comentários da publicação) sobre quatro contratações do Corinthians para 2019 que praticamente sumiram depois de chegar ao CT Joaquim Grava. De forma geral, todos eram peças importantes em seus ex-clubes e não entram mais em campo agora pelo Timão.

Em tempo: citá-los aqui não significa que eu os escalaria hoje como titulares do Corinthians. Trata-se mais de um questionamento sobre a subutilização por parte da comissão técnica, eventuais deslizes nas contratações e até a atuação do departamento médico em uma delas.

Bruno Méndez

  • Chegou em: fevereiro
  • Jogou 6 vezes (5 como titular)

Creio ter sido uma das melhores contratações do Corinthians na temporada. Com 20 anos de idade recém-comemorados, é capitão do Sub-20 do Uruguai e já soma também atuações (inclusive como titular) na seleção principal de seu país. No Montevideo Wanderers, era titular absoluto. No Timão, fez cinco jogos improvisado na lateral e apenas um como zagueiro.

Se Henrique acumulava falhas a ponto de ter sido liberado de graça assim que Gil chegou, por que Bruno Méndez não foi testado uma vez sequer no primeiro semestre?

Se Manoel é caro e dificilmente seguirá para 2020, não teria sido o caso de ao menos testar Bruno Méndez como parceiro de Gil lá no período sem jogos oficiais da intertemporada?

Méndez jogou uma vez em sua posição de origem desde que chegou ao Corinthians

No Corinthians, Bruno Méndez jogou uma vez em sua posição de origem

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Matheus Jesus

  • Chegou em: maio
  • Jogou 11 vezes (3 como titular)

Difícil achar um jornalista que tenha frequentado o CT Joaquim Grava nos últimos meses e não se impressionou com o "grandalhão velocista e driblador". Mesmo assim, Matheus Jesus, que havia feito seis gols em 17 jogos pelo Oeste no Paulistão e na Copa do Brasil, jamais recebeu de Carille qualquer perspectiva de se tornar titular no Corinthians.

Se Júnior Urso vinha de atuações tão ruins nos últimos meses, por que não promover uma saudável concorrência entre os segundos volantes a exemplo do que tem acontecido com Ralf e Gabriel ao longo de praticamente toda a temporada?

Por que, mais recentemente quando Júnior Urso teve de cumprir suspensão contra o Bahia, Ramiro foi o escolhido para engatar sequência como titular se este jamais havia sido escalado como segundo volante desde a integração de Matheus Jesus ao elenco?

Régis

  • Chegou em: março
  • Jogou 7 vezes (2 como titular)

Régis era titular no Bahia havia dois anos e meio, com boas médias de jogos e gols por temporada, quando Fábio Carille o indicou (e contratou) para o Al Wehda, da Arábia Saudita. Três meses após ser resgatado do Oriente Médio pelo Corinthians, o treinador fez com que a diretoria alvinegra fizesse o mesmo com o meia. No Timão, porém, ele não joga desde julho.

Se comissão técnica e diretoria já sabiam, em março, como estava o elenco corinthiano, por que buscar no mercado estrangeiro um jogador que não teria espaço nesse mesmo elenco?

O Corinthians exercerá ao fim de 2019 a compra com valor fixado de 50% de direitos econômicos da qual tem prioridade no contrato vigente de empréstimo firmado com o Bahia?

Everaldo

Chegou em: maio
Jogou 9 vezes (3 como titular)

Everaldo era o principal jogador do Fluminense no Campeonato Carioca, na Copa do Brasil e na Copa Sul-Americana nos primeiros meses de 2019. Só não seguiu no clube carioca, onde jogava por empréstimo, porque o Corinthians fez melhor proposta. Ao chegar no Timão, porém, pouco jogou e já sofreu por duas vezes com diagnósticos de lesão no púbis. Na última dessas ocasiões, passou um mês em tratamento clínico até os médicos do clube optarem pela cirurgia, que acontecerá nesta quarta e pode tirá-lo de combate até o ano que vem.

Por que um jogador que aparentava estar saudável no Fluminense passa a sofrer tanto com lesões quando chega ao Corinthians? Esses diagnósticos não poderiam ter sido obtidos na ocasião dos exames médicos de praxe pré-assinatura de contrato?

Por que, quando Fábio Carille teve as oportunidades de testar sua "dupla dos sonhos" com Everaldo e Clayson, os dois atacantes não foram escalados juntos uma vez sequer?

Everaldo fazia nas últimas semanas atividades de fisioterapia no campo

Everaldo fazia nas últimas semanas atividades de fisioterapia no campo

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Conclusão que tiro

A impressão que fica é a de que nada mudou no Corinthians com a tal parada do calendário nacional para a disputa da Copa América – tão mencionada por comissão técnica e elenco no primeiro semestre. Em junho, ainda durante o período de folga de dez dias dado pelo clube ao departamento de futebol profissional, o Meu Timão já havia alertado para a situação de "encostados" entre aqueles reforços contratados na atual temporada. Os nomes que mencionamos na ocasião? Bruno Méndez, Matheus Jesus, Régis e Everaldo.

Olhando por esse lado, não é tão difícil entender por que o roteiro da eliminação para o Flamengo na Copa do Brasil, no começo de junho, se repetiu de forma tão similar na queda da Copa Sul-Americana para o Independiente del Valle, nas duas últimas semanas.

Veja mais em: Régis, Everaldo, Matheus Jesus, Bruno Méndez, Mercado da bola, Contratações do Corinthians, Fábio Carille, Departamento Médico e Diretoria do Corinthians.

Coluna do Lucas Faraldo Knopf

Por Lucas Faraldo Knopf

Jornalista pela ECA-USP e ex-Esporte Interativo, Jovem Pan e Lance!. Hoje trabalha no Meu Timão. Autor do livro 'Impedimento - Machismo, racismo, homofobia e elitização como opressões no futebol'.

O que você achou do post do Lucas Faraldo?

  • Comentários mais curtidos

    Foto do perfil de Denis

    Ranking: 4397º

    Denis 267 comentários

    por @denis.ravanini

    Panela já esta formada.. Vou explicar..
    Se Jr. Urso não pode jogar, joga Ramiro.. Onde deveria ser do M.Jesus
    Se Pedrinho não pode jogar, joga o mesmo Ramiro.. Onde deveria ser o Janderson
    Clayson não pode jogar, Vagner Love é deslocado para o lado, ai ele sem critério nenhum escala Boselli ou Gustavo..
    Sai Vital, entra um dia Jadson, ou Sornoza, ai no outro jogo você não sabe quem ele vão colocar.. Não tem coerência..
    Se ele quer colocar o time pra frente, ele tira o Ralf ou Gabriel.. Ele coloca Jr. Urso ali.. (pra não tirar ele do time)
    Enfim, essas são as variáveis do Carille.. Não foge nunca disso

  • Foto do perfil de Daniel

    Ranking: 1428º

    Daniel 847 comentários

    por @djy121

    O Carille sempre treinou a defesa quando era auxiliar do Mano e Tite, e isso é nítido, sua competência em postar um esquema defensivo, porém o setor ofensivo deixa a desejar, depois de 8 meses acompanhando os jogos e sem ver nenhuma evolução ofensiva, pra mim está claro que ele não sabe jogar ofensivamente, na verdade ele não tem nem noção como se treinar, afinal o time não consegue se impor nem contra times bem inferiores, o time não tem a arma da bola parada, mesmo tendo excelentes cabeceadores no time. Mas o que incomoda mais é sua prepotência, achando que sabe tudo, sua cegueira em achar que seus preferidos nunca joga mal, nunca pode ser criticado e os jogadores que a torcida pede não pode errar nunca, porque senão ele vai na coletiva e queima o filme do cara publicamente. Era fã do Carille de 2017, cara humilde, fazia o básico, mas com perfeição, tanto é que foi campeão, mas as conquistas o tornou um tremendo arrogante e teimoso, infelizmente hoje já não tem mais o meu apoio. Espero algo novo para próxima temporada.

  • Últimos comentários

    Foto do perfil de Mauricio

    Ranking: 1373º

    Mauricio 871 comentários

    231º. por @mauricio1603

    Por quê Everton Ribeiro e Willian Arão passaram praticamente desapercebido no Corinthians e estão arrebentando no líder do brasileiro?

  • Foto do perfil de Edgard

    Ranking: 2054º

    Edgard 620 comentários

    230º. por @edgard.cruz.coelho

    Caro Lucas, não deram certo por esse tal de Centro de Inteligência do Futebol não entende nada de futebol. Exemplo: contrataram quatro jogadores do Fluminense Douglas, Richard, Sornoza e Everaldo e deixaram de contratar quem seria o melhor deles o Caio Henrique... Agora o negócio que fizeram para trazer o Juninho Capixaba foi de arrepiar: 6 milhões mais o goleiro Douglas, hoje no Bahia em grande forma disputando o prêmio da Bola de Prata. Depois disso, deram o Juninho em troca com o medíocre Ramiro... Só para citar alguns casos...Sem falar da dispensa do Moysés que tem sido os dos melhores do Bahia...

  • Foto do perfil de Fabricio

    Ranking: 13º

    Fabricio 25883 comentários

    229º. por @alemaoocz

    Uma pena

  • Foto do perfil de Daniel

    Ranking: 4824º

    Daniel 238 comentários

    228º. por @daniel.santana2

    É ridículo. Uma pena o Carille entrar nessa de panela. Pegou o pior defeito do Tite, defeito que ainda o tirou uma vez do Corinthians.

  • Foto do perfil de Guii

    Ranking: 2326º

    Guii 546 comentários

    227º. por @guii.rodrigues

    Mas conhecido como a panela Carille. Temos boas peças que poderia fazer esse time render mais do que está jogando mas ele acha que esse grupinho dele vai fazer nós ganharmos o campeonato

  • Foto do perfil de Fernando

    Ranking: 22º

    Fernando 18694 comentários

    226º. por @fernando.zemetek

    Tenho a resposta na ponta da língua, resumida em um único nome::
    Carille!

  • Foto do perfil de Luiz

    Ranking: 433º

    Luiz 2162 comentários

    225º. por @luiz.timao.fiel

    Bom, eu vejo de outra forma. O Urso não vinha bem é verdade, porém o Jesus joga pela esquerda (pra mim o ideal era Urso e Jesus de volantes, isto se o Urso voltar a jogar novamente), nosso melhor lado pra atacar é o direito, una vez que o Avelar dificilmente apoia, então libera um volante do lado direito pra sair mais enquanto o outro faz a cobertura por este lado, aí fazia a trinca Urso, Fagner e Pedrinho, com a entrada Ramiro fica a tentativa de continuar com esse lado forte ofensivamente. A entrada do Sornoza é pra tentar dá um pouco de qualidade no passe, uma vez que tanto o Pedrinho quanto o Vital são jogsdores de conduzem a bola (pra mim o ideal seria Urso, Jesus, Jadson, Pedrinho, Vital e Gustavo, com Vital aberto pela esquerda e Pedrinho pela direita, mas infelizmenteente o Jadson não consegue jogar). A mudança do Vital pelo Sornoza, muda a característica do time em campo. (Ah, não gosto do futebol apresentado pelo Sornoza, nem pelo Ramiro, mas "taticamente" são importantes). Quanto ao Régis (poderia ser titular, já que o treinador pediu sua contratação, pra mim aí fica claro que esse negócio de panela não existe), este precisa querer jogar, ter mais raça, mais vontade, é muito bom jogador, mas é muito acomodado. O Everaldo não jogou porque não podia jogar Copa do Brasil, sul-americana ou estava bichado. O Bruno, vira e mexe e estava servindo sua seleção, seja em amistosos, ou no mundial, acabou dando brecha ao Manoel que conseguiu fazer bons jogos (infelizmente falhou em horas decisivas). O grande problema do Corinthians, além da parte física é que os jogadores estão muito acomodados (não quero dizer que tem que ir pra imprensa expor insatisfação, e sim trabalhar forte e entrar no jogo com raça pra conquistar sua posição). Bom, só meu ponto de vista!

  • Foto do perfil de Walace

    Ranking: 12156º

    Walace 61 comentários

    224º. por @walace.vieira.lima

    Resumindo esse ótimo texto, TAMO F.U.D.I.D.O. Sem mais...

  • Foto do perfil de Renan

    Ranking: 12523º

    Renan 58 comentários

    223º. por @clayson.x.bola

    A desculpa era a sulamericana que eles não poderiam jogar.

  • Foto do perfil de Ericson

    Ranking: 8491º

    Ericson 108 comentários

    222º. por @ericson.pereira1

    As contratações que foram feitas foram feitas sem análise ao elenco, fora que devem ter taxas para empresários e o time é mais do mesmo, joga por uma bola, não consegue criar tabelar. Pra mim tinha que trocar para o ano que vem, trazer algo novo.