Jogador campeão do mundo vence processo milionário contra o Corinthians

Marco Bello

Setorista do Corinthians desde 2009 pela Rádio Transamérica, Marco Bello acompanha o dia a dia do clube

ver detalhes

Jogador campeão do mundo vence processo milionário contra o Corinthians

Coluna do Marco Bello

Opinião de Marco Bello

56 mil visualizações 186 comentários Comunicar erro

Jogador campeão do mundo vence processo milionário contra o Corinthians

Corinthians terá que pagar mais de R$1 milhão ao zagueiro

Foto: Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

A Justiça do Trabalho deu ganho de causa nesta quinta-feira ao processo que o zagueiro Chicão move contra o Corinthians. O jogador alega que parte dos direitos de arena não foram pagos integralmente em sua passagem pelo clube, de 2008 a 2013.

Chicão vestiu a camisa do Corinthians em 247 partidas, marcando ao todo 42 gols. É o segundo zagueiro com mais gols marcados na história do clube.

Além disso, Chicão ganhou sete títulos pelo Corinthians, sendo dois deles os mais importantes da história, a Libertadores e o Mundial de 2012.

O direito de arena corresponde ao montante que o clube recebe pelas transmissões de suas partidas, e que deve repassar aos atletas. No processo, Chicão alega uma diferença de 15% entre o que recebeu e o que teria direito a receber.

A decisão foi em segunda instância e cabe recurso ao Corinthians no Tribunal Superior do Trabalho, em Brasília. O valor é superior a R$ 1 milhão. O advogado João Henrique Chiminazzo, que representa o jogador, confirmou a decisão favorável.

Outros ex-atletas do Corinthians também receberam ou estão próximos de receber decisão favorável da justiça. Marcelo Mattos já teve a decisão final em julgado. Jucilei e o goleiro Julio Cesar esperam o resultado de suas ações.

Outro caso de jogador que venceu na justiça o processo contra seu ex-clube é o do atacante Zé Love, que pelo mesmo direito de arena deverá receber mais de R$ 1 milhão do Santos FC.

Chicão, que atualmente defende o Dehli Dynamos FC, da Índia, após passagem apagada pelo Bahia, não se pronunciou sobre a decisão da justiça. O Corinthians deve entrar com recurso no Tribunal em Brasília.

Coluna do Marco Bello

Por Marco Bello

Marco Bello é jornalista, apresentador e repórter da Rede Transamérica de Rádio, setorista do Corinthians desde 2009

O que você achou do post do Marco Bello?