Corinthians proíbe entrevistas até partida contra o Vasco

Marco Bello

Setorista do Corinthians desde 2009 pela Rádio Transamérica, Marco Bello acompanha o dia a dia do clube

ver detalhes

Para evitar oba-oba, Corinthians proíbe entrevistas até partida contra o Vasco

Coluna do Marco Bello

Opinião de Marco Bello

5.2 mil visualizações 78 comentários Comunicar erro

Para evitar oba-oba, Corinthians proíbe entrevistas até partida contra o Vasco

Tite pediu concentração total na partida contra o Vasco

Foto: Daniel Augusto Jr / Agência Corinthians

O clima de já ganhou é inevitável neste final de Campeonato Brasileiro. Desde a vitória sobre o Atlético MG, na 33ª Rodada, a torcida do Timão já considera o hexacampeonato como algo certo.

No próprio Estádio Independência, em Minas Gerais, os cerca de mil e oitocentos fiéis torcedores gritaram 'É Campeão' após o terceiro gol sobre o Galo.

Antes da partida contra o Coritiba na rodada seguinte, quem passou pelos arredores da Arena Corinthians pode observar faixas e bandeiras já comemorando o título. Dentro do estádio, uma grande festa foi armada.

O time até venceu, mas não fez uma grande partida. E a vitória do Atlético adiou por mais dez dias a confirmação da conquista.

Na semana que antecedeu a partida contra o Coxa, o CT do Parque Ecológico virou um grande estúdio de televisão. As principais emissoras pintaram e bordaram com os jogadores do Timão, preparando matérias especiais e entrevistas exclusivas.

Embora diante dos microfones os atletas tenham pregado humildade, cautela e respeito, fora deles o clima de 'já ganhou' era evidente. Produtores, jornalistas e câmeras correndo pra baixo e pra cima com pautas especiais 'em caso de título conquistado'.

Tite, que não é bobo, percebeu que este clima extracampo contagiou o elenco. Ninguém admite mas, como diz o ditado, o carro foi colocado na frente dos bois.

E para que isso não se repita diante do Vasco, uma ordem foi dada: nesta semana, sem matérias especiais, sem entrevistas exclusivas. Concentração total.

Os jogadores até falarão com a imprensa, mas no tradicional esquema de um jogador por dia, em entrevista coletiva, como foi o caso de Lucca nesta quinta-feira.

Aliás, na quinta, um pedido especial feito por uma repórter de um portal de notícia: uma matéria especial sobre os pés dos jogadores campeões (?!) Pedido, lógico, vetado pela comunicação do clube.

Todos os cuidados estão sendo tomados para que na partida contra o Vasco, enfim, além da torcida, o time também possa finalmente gritar 'É Campeão'.

Coluna do Marco Bello

Por Marco Bello

Marco Bello é jornalista, apresentador e repórter da Rede Transamérica de Rádio, setorista do Corinthians desde 2009

O que você achou do post do Marco Bello?