Cortado até do banco de reservas, Alan Mineiro pode deixar o Corinthians

Marco Bello

Setorista do Corinthians desde 2009 pela Rádio Transamérica, Marco Bello acompanha o dia a dia do clube

ver detalhes

Cortado até do banco de reservas, Alan Mineiro pode deixar o Corinthians

Coluna do Marco Bello

Opinião de Marco Bello

139 mil visualizações 289 comentários Comunicar erro

Cortado até do banco de reservas, Alan Mineiro pode deixar o Corinthians

Alan Mineiro não estará sequer no banco de reservas na partida contra o Nacional

Foto: Daniel Augusto Jr - Agência Corinthians

O primeiro reforço contratado pelo Corinthians para a temporada 2016 pode já estar de saída do clube.

Após quatro meses, o jogador entrou em campo doze vezes e marcou dois gols.

Foi titular nas partidas contra o Audax na semifinal do Campeonato Paulista e no jogo de ida contra o Nacional, no Uruguai, pela Libertadores da América.

Cortado até do banco de reservas na partida desta quarta-feira contra o mesmo Nacional, Alan pode deixar o Corinthians.

O atual treinador do Santa Cruz, Milton Mendes, trabalhou com o meia na Ferroviária de Araraquara e indicou a contratação do atleta à diretoria do clube pernambucano.

Procurado pela coluna, Milton Mendes confirmou a informação:

- Eu gostaria de ter o Alan. É um jogador que tem características muito interessantes e já trabalhei com ele, sem contar que é uma excelente pessoa.

O empresário do jogador, Nilson Moura, também conversou com a coluna e confirmou o interesse do clube do Recife:

- No momento só existe a vontade do técnico do Santa Cruz e do Santa Cruz. No momento não tem possibilidade, mas a gente não sabe no futuro como estarão as coisas. Aí dá pra se falar melhor.

Aos 28 anos de idade, Alan Mineiro estava atuando no Bragantino na temporada passada, mas pertencia à Ferroviária de Araraquara e assinou contrato de três anos com o Corinthians.

Coluna do Marco Bello

Por Marco Bello

Marco Bello é jornalista, apresentador e repórter da Rede Transamérica de Rádio, setorista do Corinthians desde 2009

O que você achou do post do Marco Bello?