Jogadores do Corinthians treinam quatro vezes em 14 dias por conta de viagens

Marco Bello

Setorista do Corinthians desde 2009 pela Rádio Transamérica, Marco Bello acompanha o dia a dia do clube

ver detalhes

Jogadores do Corinthians treinam quatro vezes em 14 dias por conta de viagens

Coluna do Marco Bello

Opinião de Marco Bello

1.1 mil visualizações 44 comentários Comunicar erro

Jogadores do Corinthians treinam quatro vezes em 14 dias por conta de viagens

Um dos poucos treinos da equipe, no estádio J. Malucelli em Curitiba

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O desgaste dos jogadores do Corinthians ficou evidente na partida contra o Atlético Mineiro no último domingo no estádio Independência.

Fora quatro jogos. Mas, mais do que isso, foram quatro viagens, ida e volta. Pouquíssimos treinos.

Às vezes o torcedor não tem as informações necessárias ou não entende o que representam quatro viagens consecutivas para um elenco de futebol. Poucos treinos, poucos dias em casa, com a família, muita concentração, muita viagem.

Vamos explicar detalhadamente para que o torcedor tenha uma melhor ideia:

O Corinthians enfrentou o Fluminense em casa na estreia da equipe no Campeonato Brasileiro, dia 15 de abril, um domingo. Vitória por 2 a 1.

Os jogadores trabalharam no CT Joaquim Grava no dia 16, segunda-feira, às 9h30. Os titulares fizeram o tradicional trabalho de recuperação muscular. Não foram ao campo.

No próprio dia 16, segunda-feira, ao meio-dia, viajaram para Buenos Aires, na Argentina.

Chegaram às 17h30 e foram para o hotel.

No dia 17, terça-feira, treinaram no campo do Racing. Único treino portanto entre as duas partidas.

No dia 18, quarta-feira, enfrentaram o Independiente. Vitória por 1 a 0.

Dia 19, quinta-feira, saída do hotel para o aeroporto às 13h30, viagem às 15h45 para o Brasil, chegada às 18h45 em Guarulhos. Sem treino.

Dia 20, sexta-feira, reapresentação no CT às 14 horas, sem treino com bola, e viagem para Curitiba em seguida.

No dia 21, sábado, treino pela manhã em Curitiba, no estádio J. Malucelli. Segundo treino da maratona, o segundo fora do CT.

Dia 22, domingo, 11 da manhã, vitória 4 a 0 contra o Paraná.

No mesmo dia 22 de abril, domingo, viagem de volta para São Paulo.

Dia 23, segunda-feira, reapresentação no CT, 15h30, titulares na recuperação física, sem treino no campo.

Dia 24, terça-feira, treino no CT às 15h30. Terceiro treino da maratona, primeiro no CT.

No mesmo dia, viagem para Salvador.

Dia 25, quarta-feira, jogo contra o Vitória pela Copa do Brasil, empate por 0 a 0.

Dia 26, quinta-feira, viagem para São Paulo, desembarque às 13h45 em Congonhas, sem treino.

Dia 27, sexta-feira, reapresentação no CT. Recuperação física, sem treino para os titulares.

Dia 28, sábado, treino pela manhã, 10h30, no CT. Quarto treino da maratona, o segundo no CT.

No mesmo dia, viagem para Belo Horizonte.

Dia 29 de abril, domingo, jogo contra o Atlético Mineiro, derrota por 1 a 0.

Quatorze dias. Oito viagens. Quatro jogos. Quatro treinos no campo para os titulares. Duas vitórias, um empate, uma derrota.

Saldo, a meu ver, positivo para o período. E que venham agora quatro jogos em casa e muitos treinos físicos e táticos para o elenco corinthiano.

Veja mais em: Elenco do Corinthians e Treino do Corinthians.

Coluna do Marco Bello

Por Marco Bello

Marco Bello é jornalista, apresentador e repórter da Rede Transamérica de Rádio, setorista do Corinthians desde 2009

O que você achou do post do Marco Bello?