Elenko Sports, o descaso de Duílio e a tentativa de fazer a torcida do Corinthians de idiota

Mayara Munhoz

Jornalista, 30 anos. Editora do Meu Timão e vivendo Corinthians 24 horas por dia há cinco anos.

ver detalhes

Elenko Sports, o descaso de Duílio e a tentativa de fazer a torcida do Corinthians de idiota

Coluna da Mayara Munhoz

Opinião de Mayara Munhoz

14 mil visualizações 245 comentários Comunicar erro

Elenko Sports, o descaso de Duílio e a tentativa de fazer a torcida do Corinthians de idiota

Duílio demonstrou desrespeito com os torcedores do Corinthians ao tratar caso Elenko com tanta banalidade

Foto: Danilo Fernandes / Meu Timão

Na segunda-feira passada, o diretor de futebol do Corinthians Duílio Monteiro Alves concedeu uma longa entrevista em uma live com o jornalista Jorge Nicola. Acompanhei ela para pegar conteúdos para reproduzirmos aqui no site e um trecho me chamou bastante atenção. De imediato quis fazer uma coluna, mas achei melhor esperar um pouco para refletir sobre o assunto e não escrever algo baseado na minha irritação.

Uma semana depois, porém, o sentimento de indignação ainda segue. Então, resolvi dividir com vocês o meu pensamento sobre o assunto.

Como alguns sabem, no começo de março eu e o Rodrigo Vessoni publicamos um levantamento com os jogadores que estão ou já estiveram no Corinthians e que possuem ou já possuíram alguma ligação com a Elenko Sports, agência do Fernando Garcia. A lista tinha 52 nomes (depois ganhou mais um que tínhamos deixado passar e a própria Elenko nos lembrou).

Duílio, então, falou sobre o assunto na live. Transcrevo exatamente a resposta dele abaixo:

"Esses dias aí teve uma matéria no site que o Garcia tinha muito jogador no Corinthians. Ele realmente teve muitos jogadores no Corinthians porque é um empresário muito bem sucedido no futebol, grandes jogadores trabalham com ele. Não temos nenhuma preferência ou nada para fazer negócio com nenhum empresário. A gente pensa nos jogadores e hoje eles estão sempre ligados a algum empresário. Nessa matéria saíram muitos nomes que não são ligados e nunca foram a ele, não era uma matéria que retratava a verdade. Outros que estavam nessa relação, ele passou a representar depois que estavam no Corinthians. Por isso, esses nomes apareceram. Existem alguns sim por ele ser um grande empresário do mercado do futebol assim como tem vários outros".

O que me deixou tão indignada não foi ele dizer que a matéria que leva o meu nome não retrata a verdade. Isso é normal na vida de jornalistas. O que realmente me incomodou foi a justificativa usada pelo diretor de futebol para o número alto de negociações com Fernando Garcia: "é um empresário muito bem sucedido no futebol, grandes jogadores trabalham com ele".

Sim, Fernando Garcia realmente tem um extenso currículo na área e muitos jogadores são agenciados por ele. Mas não quer dizer que por ele ter esse "sucesso" o Corinthians tem que fazer tanta negociações com ele. Aliás, essa justificativa, ao meu ver, deixa de fazer sentido quando vemos alguns dos nomes agenciados pelo grande empresário de sucesso que foram contratados pelo Corinthians: Matheus Davó, Gustavo Mosquito, Bruno Xavier e por aí vai... Nomes que quando chegaram ao clube foram contestados, não conseguiram se firmar depois ou ainda, nomes que não justificam em nada as contratações. E eu só citei três.

Ao usar essa justificativa, Duílio me passou a impressão que acha que os torcedores do Corinthians são idiotas. Primeiro que o diretor desmentiu algo que nem a própria Elenko e Fernando Garcia fizeram. Eles soltaram uma nota oficial dias depois justificando alguns casos, explicando outros e até acrescentaram um jogador que tínhamos esquecido. Mas não negaram o envolvimento da empresa com os atletas listados. Duílio, que não é o dono da empresa, fez.

Além disso, existem inúmeras histórias em diversos clubes, não apenas no Corinthians, sobre favorecimento a empresários, a jogadores e etc. Não dá para tratar a informação com tanto descaso como Duílio fez como se fosse uma total loucura apontar isso da nossa parte. E esse fato nem sou eu que estou falando apenas, já tivemos relatos de pessoas envolvidas nesses casos, como o ex-zagueiro Chicão. Ele contou em recente entrevista aqui no Meu Timão (clica aqui pra ler) que pediram para ele sair do clube por causa da chegada de Cleber. Adivinha quem era o empresário de Cleber? Fernando Garcia.

Entenderam, então, a minha indignação? Não dá para tratar essa questão com tanta banalidade como Duílio fez. Quer desmentir os dados? Tudo bem. Mas não diga que os negócios acontecem apenas por que determinado empresário é de sucesso e pronto.

Não brinque com a cara do torcedor corinthiano, que dia após dia tem que ver o seu clube gastar dinheiro com jogadores questionáveis que, por vezes, nem jogam no time.

O Corinthians merece mais respeito por parte daqueles que o dirigem.

A torcida do Corinthians, então, merece muito mais respeito e transparência por parte daqueles que dirigem o clube.

Veja mais em: Duílio Monteiro Alves, Diretoria do Corinthians e Mercado da bola.

Este texto é de responsabilidade do autor e não reflete, necessariamente, a opinião do Meu Timão.

Coluna da Mayara Munhoz

Por Mayara Munhoz

Jornalista, 30 anos. Editora do Meu Timão e vivendo Corinthians 24 horas por dia há cinco anos.

O que você achou do post da Mayara Munhoz?