Arena x Pacaembu: de uma vez por todas

Rodrigo Vessoni

Formado pela FIAM, trabalhou na Rádio Transamérica e por 12 anos foi repórter e editor no Diário Lance!. Participa, quando convidado, de programas esportivos no SporTV e na Band.

ver detalhes

Arena x Pacaembu: de uma vez por todas

Arena x Pacaembu: de uma vez por todas

Não há motivos para preterir a Arena Corinthians

Foto: Divulgação/Corinthians

6.9 mil visualizações 119 comentários Comunicar erro

Recebi o convite e participei do BB Bom Dia, da ESPN Brasil, na manhã desta segunda (dia 7).

Em determinado momento, o jornalista Gustavo Hofman perguntou o tamanho do impacto do pagamento da Arena na atual situação financeira do Corinthians. Minha reposta está sendo viralizada por alguns torcedores. Para quem não viu o programa, o que eu falei foi o seguinte.

Esse negócio de "volte ao Pacaembu que é melhor" é uma grande falácia.

No Pacaembu, o Corinthians tem direito apenas à bilheteria. Nada mais! Vai até lá, paga aluguel, joga e volta pra casa com o dinheiro líquido da bilheteria.

No Pacaembu não se explora nada: cativas, camarotes, estacionamentos, publicidade estática interna e externa, lojas, restaurantes, lanchonetes... nada. Nada se pode fazer lá dentro. NADA!

Pois bem.

A maior renda líquida anual do Corinthians no Pacaembu foi de cerca de R$ 22 milhões. Isso paga apenas duas folhas salariais do elenco (ou nem isso até). Ai eu pergunto:

Muda o que 22 pra um clube que arrecada 380, 400, 500 milhões?

Não caiam nessa bobagem. Nem de ouvir nem de dizer a frase "volte ao Pacaembu que é melhor". É uma grande falácia.

O Corinthians está suando sangue pra pagar seu estádio. A dificuldade é tão grande que até a brincadeira nas redes "ganhou um estádio" morreu. Até quem brincava está com vergonha de falar isso diante do noticiário sempre quente dos pagamentos com dificuldades.

Mas se trata de um patrimônio que o clube está adquirindo. Vai sofrer? Vai. Vai demorar 10, 15 anos pra pagar? Vai. Mas é como seu carro ou sua casa financiada. Você não sofre e sua sangue pra tê-los por que sabe que está aumentando seu patrimônio? Pois é exatamente isso que seu time está fazendo em Itaquera. Igualzinho.

Obviamente que o ideal era não estar tirando nada do clube pra pagar a Arena. O ideal era cobrir as despesas do estádio com o estádio. Em 2017, tirou-se do caixa do clube R$ 25 milhões. Em 2018, tirou-se do caixa R$ 9 milhões. A provisão para este ano é que ajude com R$ 6 milhões.

Está correto isso acima? Não. Deveria ter tirado esse dinheiro para ajudar o estádio? Não. Mas aconteceu. Faz parte. Não se tira todos os meses para pagar o social e tudo que envolve o Parque São Jorge? Então, o estádio, é apenas mais um braço do gigantesco clube que precisou ser socorrido pela máquina de fazer dinheiro que sempre é um departamento de futebol profissional de clube grande.

Percebam que eu nem toquei no ganho técnico do estádio, considerado numa pesquisa recente do GloboEsporte.com como o mais temido entre os jogadores - votação foi em off, sem ninguém precisar dar nomes nos 20 clubes da Série A.

São quatro anos e meio de Arena Corinthians. Foram quatro títulos do clube no período: Paulistas 2017 e 2018; e Brasileiros 2015 e 2017. Dois deles por pontos corridos, na qual o fator casa sempre é fundamental.

A cada dez jogos em Itaquera, o Corinthians ganha sete, empata dois e perde um. Quem está dizendo isso é o retrospecto, a planilha do Excel, não sou eu. É nesse estádio que o adversário já viaja de sua cidade achando que o empate, se vier após 90 minutos, é ótimo resultado.

Ai está o que penso. Quer continuar acreditando na falácia que "volta ao Pacaembu que é melhor", acredite. Esteja enganado como sempre e siga sua vida. Mas você, como corinthiano, precisava saber os detalhes e números acima. É seu direito.

Veja mais em: Arena Corinthians.

Coluna do Rodrigo Vessoni

Por Rodrigo Vessoni

Formado pela FIAM, trabalhou na Rádio Transamérica e por 12 anos foi repórter e editor no Diário Lance!. Participa, quando convidado, de programas esportivos no SporTV e na Band.

O que você achou do post do Rodrigo Vessoni?

  • 1000 caracteres restantes
  • Melhores comentários

    Foto do perfil de leonardo

    Leonardo 1 comentário

    por @sccp1973

    Post corretíssimo. O Estádio será em breve o maior patrimônio do clube depois obviamente da Fiel Torcida. Precisamos passar um pente fino no financiamento (e não vejo auditoria melhor do que uma operação como a Lava Jato), custos de obras e afins.
    Superado estas dúvidas e pessoalmente acho que deveria ter um posicionamento incisivo da Lava Jato sobre o tema, muito em breve os sponsors atentarão para o potencial do estádio (mobiliário), do seu entorno (imobiliário) e de uma presença de mais de 1MM de pessoas/ano.Quando derrubarem o absurdo que é a proibição do consumo de bebida alcoólica dentro do estádio(pessoas bebem do lado de fora sem saber a procedência do que consomem, sem pagar impostos e gerando lixo sem descarte adequado) e as pessoas passarem mais tempo nos dias de jogos, o potencial é muito grande. O Estádio já virou a "Meca"para a Fiel Torcida. E quando a Fiel compra uma ideia... @arenacorinthians vai @corinthians

  • Foto do perfil de MAX

    Max 4 comentários

    por @massu

    Essa arena é nossa, paga ou não, ninguém tira ela da gente.

  • Últimos comentários

    Foto do perfil de Paulo

    Ranking: 526º

    Paulo 1615 comentários

    119º. por @pc.olimpia

    Tanto discussão e esquecemos de cobrar os verdadeiros culpados de ainda não termos uma condição financeira melhor. PERGUNTO: um estádio novo em plena Copa do Mundo, depois Olimpíada. Não se consegue vender o Namings RIGHTS, os caras são muito ruim de negócio.

  • Foto do perfil de Jorge Luiz

    Ranking: 1006º

    Jorge 975 comentários

    118º. por @jorge.luiz.inacio

    A nossa Arena é linda, maravilhosa tal qual merece um clube como o Corinthians.

    Mas acho que poderia ser mais barata se fosse menos suntuosa.

    Agora já está aí e ninguém tira, vamos pagar.

  • Foto do perfil de kayke

    Ranking: 5014º

    Kayke 184 comentários

    117º. por @kayke.lima

    Eu disse que o Corinthians deixa de arrecadar 80 mi em bilheteria, 30 mi em patrocínio e ainda tem que injetar dinheiro no fundo que admistra a arena em 2017 por exemplo foram 25 mi, só aí já são 135 mi de prejuízo

    Eu disse que era um prejuízo de 130 mi mais ou menos, eu falei mais ou menos por que o dinheiro injetado no fundo vem variando, já foi 17 mi, 25 mi, 9 mi, ou seja não é um número exato e sim um arredondamento já que o número pode variar

    Outra coisa eu não quero que o Corinthians se desfaça da arena, muito pelo contrário fazer um estádio era exatamente o que faltava para o Corinthians a minha crítica é na maneira em que foi pensada a forma de pagamento, contando com o ovo no fiofo da galinha sem se quer cogitar uma segunda forma de pagamento, e isso vai atrazar em anos o pagamento do estádio além de causar prejuizos financeiros ao clube

    Espero que agora você tenha entendido, se não entendeu pede para alguém mais espero ler para você e te explicar direitinho, valeu abç.

    Foto do perfil de Johnny

    Johnny 2 comentários

    17/01/2019 às 14h26 por @johnny.barbosa3

    Aprende a fazer contas, para comentar

  • Foto do perfil de Johnny

    Johnny 2 comentários

    116º. por @johnny.barbosa3

    Apresenta esses números, falar aleatoriamente dados que "ouviu" por aí é fácil, antes de mais nada, busque os números concretos e aí sim, faça suas análises, senão será só mais um fazendo "projeções "

    Foto do perfil de Guilherme

    Guilherme 1 comentário

    08/01/2019 às 13h18 por @guilherme.guilherme2

    Quanta besteira... A sua tese não se sustenta e o estádio é impagável e consome as finanças do clube.
    Assumidamente, falamos em divida de R$1,2 bi, que deve gerar cerca de R$ 100 Milhões de juros por ano. Não temos naming rights e os tais CIDs saem a contagotas... Portanto, resta ao clube arcar com os encargos anuais da dívida, bilheteria, eventos, visitações, camarotes etc. Pode somar tudo isso. Quanto gera por ano? Se gerar muito, talvez a gente consiga o suficiente para pagar juros, sem amortizar 1 real da dívida. E assim vamos... Vendendo o almoço para pagar o jantar. Paga 1 real hoje para dever 2 amanhã. Repito: a dívida é impagável. Não sou contra o sonho da casa própria, mas o clube foi megalomaníaco e comprou algo que não tem como pagar. Nem em 50 anos...

  • Foto do perfil de Johnny

    Johnny 2 comentários

    115º. por @johnny.barbosa3

    Aprende a fazer contas, para comentar

    Foto do perfil de kayke

    kayke 184 comentários

    08/01/2019 às 13h03 por @kayke.lima

    O plano inicial do clube era vender o NR e receber o dinheiro dos cids, se isso ocorrese como o esperado, a arena já estaria praticamente paga

    O Andrés achou que seria tudo perfeito ele nem cogitou a possibilidade de não vender o NR e os cids, o clube nunca teve um plano b pra pagar a arena, ou seja por pura inconpetência é que o clube está tendo que pagar uma arena que deveria se pagar sozinha

    Aí vem a explicação para a saúde financeira do clube está tão ruim
    Não temos mais 80 milhões em bilheteria, não temos mais 30 milhões em patrocínio master e ainda temos que dar alguns milhões para pagar a arena, só por aí já se vão um prejuíso de quase 130 milhões mais ou menos, aí não tem como fechar o ano sem deficit

    Ressumindo o clube está na mão de um bando de inconpetêntes

  • Foto do perfil de Ricardo

    Ranking: 913º

    Ricardo 1043 comentários

    114º. por @ricardo.amaral5

    Excelente

  • Foto do perfil de Alexandre

    Ranking: 2630º

    Alexandre 402 comentários

    113º. por @alexandre.barreto6

    Excelente!

  • Foto do perfil de Cledeval

    Ranking: 722º

    Cledeval 1254 comentários

    112º. por @cledejj

    Boa... Apesar de superfaturamento, que pode existir, ainda considero desnecessário todo esse mármore, granito, fachada de LED (LED? Nem funciona) vitral curvo... Isso encareceu demais, e não tem lava jato que consiga baixar esses custos, entende o que digo?

  • Foto do perfil de Cledeval

    Ranking: 722º

    Cledeval 1254 comentários

    111º. por @cledejj

    Bom texto. Excelente resposta aos a tia que ficam de cotovelo na janela, mas nós sabemos o tamanho da 'cagada' que envolve essa arena. Não questiono a ideia de ter a NOSSA arena, mas a forma que foi feita, ridículo se construir esse estádio com granito, marmore, LED na fachada, vidraça curvada, prédio de shopping, isso que apresenta questiono, aumentar e muito o custo pra se ter abertura de copa? A ideia inicial era estádio de 400mi, foi pra 1.2bi, aí que me refiro. Cadê o governo, os incentivos, o NR por causa da abertura, a prefeitura, a FIFA? O pepino ficou para o clube! O melhor então seria o estádio proposto pelo Banif, 56 mil lugares todo custeado, sem dúvida para o clube. Outra coisa que deveria ser melhor, na minha opinião e referenteá à capacidade e arquitetura. Falta lugar e ingressos fora da realidade da torcida. Mais ingressos vendidos=mais consumo nas lojas e lanchonetes, isso e ganho de escopo, nosso marketing perdeu essa aula?

  • Foto do perfil de Renato

    Ranking: 98º

    Renato 5183 comentários

    110º. por @renato.de.oliveira1

    O dia em que essa Arena tiver paga não vai ter para ninguém, o Corinthians será o Clube mais rico do Brasil.