Chance de Davó contra o Inter começou com um golaço que a Fiel não viu, mas Mancini sim

Rodrigo Vessoni

Formado pela FIAM, trabalhou na Rádio Transamérica e, por 12 anos, no LANCE!. Neste momento, também é repórter da Rádio 9 de Julho, SP (AM 1600). Participa ainda, quando chamado, de programas na TV.

ver detalhes

Chance de Davó contra o Inter começou com um golaço que a Fiel não viu, mas Mancini sim

Coluna do Rodrigo Vessoni

Opinião de Rodrigo Vessoni

15 mil visualizações 84 comentários Comunicar erro

Chance de Davó contra o Inter começou com um golaço que a Fiel não viu, mas Mancini sim

Davó comemora o gol marcado diante do Inter, seu primeiro gol com a camisa do Corinthians

Foto: Rodrigo Coca / Agência Corinthians

Há situações no futebol que são difíceis de serem explicadas. Quando saiu a escalação do Corinthians para enfrentar o Inter, dez entre dez torcedores do Timão fizeram a seguinte indagação:

"Davó?".

Pois é. A escalação do jovem, de 21 anos, surpreendeu a todos. Uma surpresa até mesmo para o próprio jogador que, no intervalo do jogo, confessou que não esperava a chance contra o líder do Brasileirão.

Mas uma oportunidade que não foi 'do nada'. Longe disso. Ela começou há exato um mês. E com direito a um golaço que a Fiel nunca viu...

Era tarde de 1º de outubro, dia seguinte ao empate sem gols diante do Atlético-GO na Neo Química Arena.

As diretorias do Corinthians e do clube goiano combinaram a disputa de um jogo-treino no CT Joaquim Grava, com a intenção de colocar em movimento os jogadores dos dois elencos que não vinham atuando com frequência.

O jogo-treino, que ninguém assistiu, teve divulgação apenas de fotos por parte dos dois clubes. O personagem acabou sendo Janderson, que pertence ao Corinthians, está emprestado ao Atlético-GO e, por questões contratuais, não pôde atuar em Itaquera na noite anterior.

Xavier e Janderson durante jogo-treino no CT do Corinthians no dia 1º de outubro, dia seguinte ao empate sem gols diante do Atlético-GO na Neo Química Arena

Xavier e Janderson durante jogo-treino no CT do Corinthians no dia 1º de outubro, dia seguinte ao empate sem gols diante do Atlético-GO na Neo Química Arena

Rodrigo Coca / Agência Corinthians

Com dois tempos de 35 minutos, o jogo-treino terminou empatado, por 2 a 2. Os gols do Timão foram marcados por Gustavo Mantuan e... Davó. Segundo pessoas que acompanharam a atividade, um golaço do jovem ex-Guarani, que atuou bem aquele dia.

Quem estava na beira do campo? Vagner Mancini, então treinador do Atlético-GO, que acompanhou a atividade como convidado no CT.

Aquele desempenho de Davó, somado aos bons treinos que fez desde a chegada do treinador ao Corinthians, fizeram com que Mancini optasse por dar uma chance ao camisa 33 diante do Inter.

A inesperada chance veio. Exato um mês depois daquele jogo-treino que deixou Mancini muito bem impressionado.

Isso é o futebol. Há coisas que não se explicam...

Veja mais em: Campeonato Brasileiro, Matheus Davó e CT Joaquim Grava.

Este texto é de responsabilidade do autor e não reflete, necessariamente, a opinião do Meu Timão.

Coluna do Rodrigo Vessoni

Por Rodrigo Vessoni

Formado pela FIAM, trabalhou na Rádio Transamérica e, por 12 anos, no LANCE!. Neste momento, também é repórter da Rádio 9 de Julho, SP (AM 1600). Participa ainda, quando chamado, de programas na TV.

O que você achou do post do Rodrigo Vessoni?

x