Venha fazer parte da KTO
x
A principal lição que o Corinthians tem que tirar desse Brasileirão
Victor Godoy

Estudante de Jornalismo na Faculdade Cásper Líbero e no Meu Timão desde 2022. Corinthiano e, consequentemente, fã de futebol desde pequeno. Vivendo um sonho ao trabalhar com os dois ao mesmo tempo.

ver detalhes

A principal lição que o Corinthians tem que tirar desse Brasileirão

Coluna do Victor Godoy

Opinião de Victor Godoy

3.0 mil visualizações 37 comentários Comunicar erro

A principal lição que o Corinthians tem que tirar desse Brasileirão

Mano Menezes, assim como alguns jogadores, mostraram o quanto se importam com o Corinthians nesta reta final de Brasileiro

Foto: Jhony Inácio/Meu Timão

Praticamente sacramentada a permanência do Corinthians na Série A do Brasileirão, já é possível definir a principal lição que o Timão precisa tirar da competição e da temporada como um todo: valorize quem te valoriza.

Em meio a tantas desilusões na temporada, as figuras de Romero, Mano Menezes e, surpreendentemente, Giuliano ressurgem e se firmam como principais destaques do Timão nessa reta final de 2023. Tanto pela dignidade em chamar a responsabilidade nesse momento quanto pela humildade em não desistir da equipe alvinegra antes.

Enquanto um ídolo do clube negou quatro pedidos de socorro do Corinthians em um ano, Mano Menezes não titubeou em assumir a equipe à beira da zona de rebaixamento. Mais que isso: se propôs a fazer um trabalho mirando o longo prazo. Esse começo, aliás, mostra o empenho que tem tido para cumprir a missão e o voto de confiança que merece para os próximos anos.

Em relação aos jogadores, a figura de Romero é a mais louvável. O paraguaio foi de última opção a titular inquestionável. Enquanto sofria para ter espaço, não gerou nenhuma polêmica e seguiu treinando para se destacar. Conseguiu!

Não só o paraguaio, mas Giuliano é outro que merece ser valorizado após tantas críticas. Foi o primeiro a vestir o manto alvinegro em 2021 e mesmo na má fase nunca se escondeu, tanto em campo quanto em zonas mistas para se comunicar com a torcida, feito raro nos dias atuais. Outros jogadores que viveram e vivem a mesma situação não pensaram duas vezes antes de postar indireta no Instagram.

Sem contar o candidato a ídolo que trocou o Corinthians para viver o sonho de jogar no Catar...

Por fim, os jogadores da base são muito destacáveis. Moscardo, Wesley e Murillo chamaram a responsabilidade no decorrer de 2023 e corresponderam. Nesses últimos jogos, Matheus Araújo ressurgiu e passou a ser uma opção viável no meio-campo. Giovane, com o gol contra o Vasco, é outro precisa receber mais chances - inclusive, escalaria como titular na ausência de Yuri Alberto contra o Internacional.

Com a reformulação eminente, esses nomes precisam ser lembrados em 2024 e nas temporadas seguintes. O Corinthians não pode esquecer que precisa valorizar quem o valoriza.

Veja mais em: Mano Menezes, Elenco do Corinthians, Base do Corinthians, Romero, Giuliano e Diretoria do Corinthians.

Este texto é de responsabilidade do autor e não reflete, necessariamente, a opinião do Meu Timão.

Avalie esta coluna
Coluna do Victor Godoy

Por Victor Godoy

Estudante de Jornalismo na Faculdade Cásper Líbero e no Meu Timão desde 2022. Corinthiano e, consequentemente, fã de futebol desde pequeno. Vivendo um sonho ao trabalhar com os dois ao mesmo tempo.

O que você achou do post do Victor Godoy?