Carille, seus '25 jogadores novos' e o tão aguardado período livre para treinos

Vitor Chicarolli

Jornalista formado pela Universidade Anhembi Morumbi, tem 22 anos e trabalhou no Diário Lance!. Atualmente, setorista do clube de coração. Com o Corinthians em qualquer lugar.

ver detalhes

Carille, seus '25 jogadores novos' e o tão aguardado período livre para treinos

Coluna do Vitor Chicarolli

Opinião de Vitor Chicarolli

5.6 mil visualizações 92 comentários Comunicar erro

Carille, seus '25 jogadores novos' e o tão aguardado período livre para treinos

Elenco do Corinthians se reapresenta na tarde desta segunda-feira no CT Joaquim Grava

Foto: Agência Corinthians

"Vou falar o que já falei várias vezes, são 25 jogadores novos. Sem tempo de treinar, vocês (imprensa) têm acompanhado. Em muitas rodadas foi na base da conversa e entendimento".

A frase citada acima foi uma das mais utilizadas por Fábio Carille ao longo do primeiro semestre desta temporada.

Em entrevistas concedidas após as partidas, o treinador frequentemente se queixava do pouco tempo de treino e da sequência desgastante de jogos. Além disso, havia também a situação de uma série de jogadores recém-chegados ao clube, que ainda precisavam se adaptar ao seu estilo de jogo.

Carille, então, terá tempo suficiente para aprimorar tudo que precisa no elenco corinthiano e orientar os "novos" jogadores. O plantel se reapresenta na tarde desta segunda-feira no CT Joaquim Grava e terá aproximadamente três semanas livres para trabalhar.

Apesar do tricampeonato paulista, o Corinthians ainda não conseguiu engrenar e as atuações apáticas preocupam a Fiel para o segundo semestre.

Com uma boa solidez no sistema defensivo, o técnico segue em busca de encontrar a solução para o ataque. Mesmo com atletas mais qualificados na frente, a evolução ainda não aconteceu e o Timão sofre na hora da criação.

Carille, com tudo isso, aguardava a tão esperada pausa para a Copa América para ajustar todos os detalhes pendentes em sua equipe. O comandante nunca escondeu que crê em uma evolução do Timão durante esse período sem confrontos e esse momento chegou!

A expectativa é que o time alvinegro consiga melhorar esses aspectos e que também se torne mais agressivo, assim como já aconteceu neste ano.

O primeiro duelo oficial pós-Copa América será apenas no dia 14 de julho, contra o CSA, na Arena, pelo Campeonato Brasileiro. Antes disso, porém, o Timão tem amistosos contra Botafogo-SP e Vila Nova, ambos longe da capital paulista.

Até dezembro, o Corinthians entra em campo apenas em duas competições: no Brasileiro, a equipe amarga a décima colocação, com 12 pontos; já na Sul-Americana, a situação é um pouco mais favorável e os paulistas enfrentam o Montevideo Wanderers, do Uruguai, nas oitavas de final.

Veja mais em: Fábio Carille e Elenco do Corinthians.

Coluna do Vitor Chicarolli

Por Vitor Chicarolli

Jornalista formado pela Universidade Anhembi Morumbi, tem 22 anos e trabalhou no Diário Lance!. Atualmente, setorista do clube de coração. Com o Corinthians em qualquer lugar.

O que você achou do post do Vitor Chicarolli?