Corinthians x Cruzeiro

Pelo Campeonato Brasileiro, o Corinthians vai perdendo do Cruzeiro

Acompanhe ao vivo
Afinal, por que tanta marcação sobre o nosso Ángel Romero?!

Walter Falceta

Walter Falceta Jr. é paulistano, jornalista, neto de Michelle Antonio Falcetta, pintor e músico do Bom Retiro que aderiu ao Time do Povo em 1910. É membro do Núcleo de Estudos do Corinthians (NECO).

ver detalhes

Afinal, por que tanta marcação sobre o nosso Ángel Romero?!

Coluna do Walter Falceta

Opinião de Walter Falceta

3.7 mil visualizações 79 comentários Comunicar erro

Afinal, por que tanta marcação sobre o nosso Ángel Romero?!

Romero: confiança construída com persistência

Foto: Agência Corinthians

Nós o aplaudimos, com frequência... Mas, fale a verdade: não é de hoje que vemos, aqui e ali, escorrer veneno das letras que tratam do nosso laborioso atacante paraguaio.

Façamos, portanto, uma comparação histórica... Não é de hoje que desfilam com o manto sagrado perebas das mais variadas estirpes.

Vimos cá atletas de conhecida reputação "perebística", como Iran, Perdigão, Bóvio e Cocito.

Outros, passaram aqui para cumprir tabela e embolsar gordo salário, como André Balada, Pato, Adriano e Guilherme Gusmão.

Entre esses, toleramos INÚMEROS jogadores medianos ou medíocres, que passaram incólumes, ou pelo menos à distância do ódio popular.

Podemos citar, correndo risco, atletas como Guilherme Andrade, Dentinho, Fabrício e Bruno Octávio, até contestados em determinadas fases da carreira, mas protegidos pela neblina do desinteresse.

Aí, nos aparece, ainda jovem de tudo, Romero, um dos gêmeos. E inicia-se, dentre os impacientes, um curioso autobullying corinthiano.

Mal joga e já gritam que o Timão contratou o irmão errado. O termo "artilheiro paraguaio" até hoje aparece com frequência nos comentários, em tom, sim, de tola xenofobia.

O mesmo torcedor que o compara a um uísque falsificado, no entanto, recorrendo à definição da nacionalidade, considera Gamarra um dos maiores zagueiros da história do Timão.

Não por acaso, houve comparações semelhantes, em tom depreciativo, à figura do destemido Índio (descendente de fato dos donos de Pindorama), fundamental às conquistas mosqueteiras do período entre-séculos.

Romero não é craque? Provavelmente, não, se a definição de craque estiver associada aos talentos de um Sócrates, Messi, Rivellino, Puskas ou Zidane.

No futebol atual, no entanto, mais físico que técnico, mais tático que apaixonado, Romero apresenta-se acima da média, talvez consideravelmente acima dela. Ou seja, não se trata de um mero "esforçado".

Peça que gira na engrenagem, frequentemente designado como ponteiro, assessor de lateral, Romero tem cumprido as missões que lhe delegam.

Se, aqui e ali, mata um contra-ataque, também é correto dizer que tem sido um dos homens encarregados de desarmar o adversário.

Neste quesito era, até recentemente, o atleta mais efetivo, perdendo apenas para o lateral-direito Fagner.

Romero joga pelos dois lados do campo. E, sim, marca gols. É o artilheiro de Itaquera, sem alarde. Mais próximo da grande área, revela-se ainda mais perigoso para os adversários.

Neste jogo de domingo contra o freguês histórico, pelo primeiro turno do Brasileirão, anotou um gol que os perebas... perdem.

Intuiu o vazio na retaguarda tricolor, empreendeu o movimento, afinou-se no toque que inabilitou o porteiro inimigo e, pronto, abriu o placar.

Quem já assistiu a muito futebol e quem já praticou o esporte bretão, mesmo na várzea, sabe que os dois toques na jogada do pênalti sobre Jô não são obra de um perneta.

Mas ainda sobra resistência quando se trata de Romero. Então, o rapaz, como para sublinhar algum mérito não reconhecido, mata a bola complexa, deita-a ao gramado e inclina-se em parêntese, para exibi-la limpa, sob seu domínio.

Romero é jogador de equipe, parceiro, colaborativo, representante do senso de responsabilidade coletiva que marca o sofrido e guerreiro povo guarani.

É daqueles que fazem história em nosso Corinthians, melhor quando raçudo, gregário, empenhado, comunitário e solidariamente popular.

É daqueles que entram para a história em times como os de 1914, 1977 e 1990.

Romero tem, portanto, o DNA do Corinthians, do campeão dos campeões! Que seja visto e respeitado como um de nós!

Veja mais em: Romero.

Coluna do Walter Falceta

Por Walter Falceta

Walter Falceta Jr. é paulistano, jornalista, neto de Michelle Antonio Falcetta, pintor e músico do Bom Retiro que aderiu ao Time do Povo em 1910. É membro do Núcleo de Estudos do Corinthians (NECO).

O que você achou do post do Walter Falceta?

  • Comentários mais curtidos

    Foto do perfil de Diogo

    Ranking: 956º

    Diogo 1181 comentários

    por @diogo.figueira

    Excelente texto, eu concordo plenamente com tudo, fiz alguns tópicos falando coisa parecida e muitas vezes fui xingado, negativado e por ai vai... Romero não é craque mas quem acompanhou a história do Corinthians vê nitidamente que ele representa como poucos o que é ser corintiano, torço muito por esse rapaz que realizou seu sonho de criança que era jogar no Timão, espero que ele escreva seu nome na história sendo campeão pelo Corinthians!

  • Foto do perfil de Wildson

    Ranking: 577º

    Wildson 1740 comentários

    por @wildson.gomes.pinto

    Admito que não gostava muito dele no começo, mais de um ano pra cá parei de critica-lo e passei a apoia-lo, pelo simples fato de ele possuir mais entrega ao time do que qualquer outro jogador, e pelo DNA do time e do Torcedor conrinthiano isso e o que mais importa... Ao menos era assim quando me tornei corinthiano.

  • Últimos comentários

    Foto do perfil de Cyntia

    Ranking: 9ª

    Cyntia 3798 comentários

    79º. por @cyncy

    Romerito merece ser respeitado! É a mídia que fica envenenando todo mundo contra ele!

  • Foto do perfil de Roberto

    Ranking: 1471º

    Roberto 825 comentários

    78º. por @roberto.isao

    Fala-se tanto no Jorge Henrique mas o Romero neste ano já se mostrou muito mais eficiente, mas ainda existem corneteiros que falam mal

  • Foto do perfil de Rubens

    Ranking: 12521º

    Rubens 58 comentários

    77º. por @rubensrr

    Gostei muito do comentário. Várias vezes eu já postei aqui que estavam tendo muito má vontade com o Romero. Na história do futebol mundial, tem muita gente famosa que não jogou ou joga nem metade do que joga Ángel Romero.

  • Foto do perfil de cleber

    Ranking: 2814º

    Cleber 448 comentários

    76º. por @cleber.z

    A imprensa esportiva do nosso País tem como pratica a ridicularização do Corinthians, quando não tem notícia negativa do Clube, eles inventam uma!
    Todo mundo fala mal de Eurico Miranda, mas o que falta ao Corinthians é alguém como ele para barrar a entrada de jornalista no Clube, comprar briga com a Globo e proibir jogadores de dar entrevista aos mesmos veículos que acusam o Clube de todos os crimes possíveis!
    Se todo jornalista ou pessoa pública que divulgasse notícias tendenciosas contra o Corinthians fosse devidamente processado para provar em juízo, acabaria essa moda de usar o Clube de escudo para esconder as coisas erradas dos outros!
    Porque até agora nenhum jornalista sequer mencionou qual a verdadeira origem do dinheiro da Crefisa? Pois tenho a absoluta certeza, se essa mesma patrocinadora estivesse no Corinthians, as finanças do Clube já estariam bloqueadas pelo MP!
    Mas isso não vende jornal e não da IBOPE não é mesmo!

  • Foto do perfil de Ramon

    Ranking: 17º

    Ramon 22771 comentários

    75º. por @ramon.felipe1

    Problema só para quem acompanha e engole o que a imprensa fala.

  • Foto do perfil de páme

    Ranking: 683º

    Páme 1515 comentários

    74º. por @oi.korinthioi

    "Por que tanta marcação sobre o nosso angel romero"? Fácil ué: se ele faz o que faz com essa marcação, se deixar ele livre a gente faz 10 no vasco.

  • Foto do perfil de Carlos

    Ranking: 2061º

    Carlos 619 comentários

    73º. por @carlos.roberto.dos.1

    Pode se dizer de tudo mas a única coisa que o favorece neste time é o modo retranqueiro que se usa se fôssemos um time mais ofensivo seria reserva

  • Foto do perfil de Walter

    Ranking: 1382º

    Walter 869 comentários

    72º. por @jucastanho

    A vontade dele me fascina! Tenho orgulho de ver ele vestindo o manto, talvez em um sonho eu seria ele, não sou bom em futebol, mas jogando no Clube que eu amo daria tudo de mim e isso me tornaria bom..

  • Foto do perfil de Ciro

    Ranking: 3º

    Ciro 39344 comentários

    71º. por @ciro.hey

    Minha teoria sempre foi que esperavam mais dele pelo marketing que fizeram em cima e por primeiras boa sorte partidas do que ele realmente produziu. Algo parecido que ocorreu com Defederico.. Com a diferença que o PAraguaio não baixou a cabeça e continuou lutando.
    Esse aí é o futebol dele que pode nos ajudar muito.. E vai nos ajudar!
    Pegaram como referencia números dele no PAraguai e jogaram um pressão de Corinthians em cima dele.
    Agora quando não se esperava tanto dele, ele começa a produzir e com confiança a tendência é só crescer o futebol dele e cada dia mais arriscar mais jogadas e errar menos.

  • Foto do perfil de Rodrigo

    Ranking: 2259º

    Rodrigo 564 comentários

    70º. por @rodrigo.dos.santos.s

    Walter Falceta? Foi um monstro no post, sem palavras exatamente isso. Em diversas vezes a própria torcida é covarde com ele, estão mudando, uns nunca criticaram mas descreveu com perfeição parabéns, foi de excelência.