... fiquei esperando, pra te ver, Corinthians! Pra te ver jogando...

Yule Bisetto

Não dou notícia, não sei de bastidores, não faço análise tática. Sou CORINTHIANS de coração e adoro escrever sobre isso. Qualquer coisa além disso, não vai encontrar aqui.

ver detalhes

... fiquei esperando, pra te ver, Corinthians! Pra te ver jogando...

Coluna da Yule Bisetto

Opinião de Yule Bisetto

4.3 mil visualizações 108 comentários Comunicar erro

... fiquei esperando, pra te ver, Corinthians! Pra te ver jogando...

Foto: Foto: Meu Timão

FAAAAAAALA, FIEEEEEEEELLLLLL!!!!!!!!!

Parece que faz uma eternidade.

E olha que eu não estou nem falando do tempo que eu não apareço ou escrevo um texto desse tipo pra vocês lerem. Poderia ser isso, é claro. Afinal, tem alguns anos já que eu não escrevo sobre o Coringão diariamente.

Mas, não é isso, não. Na verdade, a eternidade imensa que não acaba nunca é essa droga de "férias" forçadas que a gente tem do Corinthians todo ano.

Esses meses de dezembro e janeiro parecem ter 923047 dias. E os dias desses meses de dezembro e janeiro parecem ter 23748 horas. Acho que dá pra imaginar quantos minutos tem uma hora de um dia desses enormes meses de janeiro e fevereiro, né?

A verdade é que, se não tem Corinthians de quarta e domingo, a gente fica com um vazio desgramado, sem saber o que fazer. E sem os jogos e os campeonatos, a gente fica sem assunto com os brothers ou com o tiozin da portaria. Ou quase sem assunto.

Isso porque, para acompanhar as férias forçadas, vem a tal da janela de transferências e, com ela, todo o tipo de especulação com nosso time querido.

Existem os caras que curtem comentar e criticar as contratações, sugerir algum jogador para alguma posição, tentar montar a escalação ideal, chamar os camaradas de mercenários ou sei lá mais o que.

E existe quem deteste, DETESTE MUITO, muito mesmo, qualquer assunto relacionado a isso.

No caso, eu.

É claro que eu respeito quem tem opinião sobre tudo, quem manja de contratações ideais e multas rescisórias apropriadas. Mas, francamente, meu negócio é mais bola no pé, mão na massa, camisa no peito, voz na garganta.

No começo do ano, um colega me mandou uma mensagem: "pô, Yule, estão acabando com nosso time, os melhores estão indo embora".

- Bom, cara, na minha opinião, melhores mesmo são os que ficam, eu respondi.

Eu não sei se eu estou ficando velha demais ou cricri demais ou desacreditada demais ou simplesmente conformada demais. Mas eu já reclamei tanto de jogador que vai embora, já ofendi (mentalmente) tanta gente, já fiquei tão p... da vida... que concluí que não vale a pena.

Então eu espero (im)pacientemente esses quase dois meses, praticando muita meditação, evitando TUDO QUANTO É SITE DE NOTÍCIAS DE ESPORTE, repetindo o mantra sagrado: "já está acabando!" hummmmmmm "já está acabando!" hummmmmm.

E, pimba!

Parece que agora está acabando mesmo.

Então, me perdoe você que adora essa fase de contratações e desmanches. Me desculpe você que está interessado em quem vai ou foi ou ia ou iria estar indo para a China.

Me perdoem, de coração, mas eu quero saber é de quem ficou. Quem é que vai vestir o manto no domingo. Quem é que eu vou criticar quando errar e pedir em casamento quando acertar. Quero saber em quem o Tite vai apostar e quem vai ficar esquentando o banco.

Dá até um frio na barriga pensar que depois-de-amanhã tem jogo, tem Arena, tem amigos, tem torcida, tem CORINTHIANS. Fico mais ansiosa do que quando tinha que apresentar trabalho na frente da classe. Não por menos, já deixei o manto separado, ao lado do cartão do Fiel Torcedor e do passe do metrô.

Agora estou só contando os segundos pra, finalmente, poder gritar de novo:

VAAAAAAAAAAAAAAAAAAI, CORIIIIIIIINTHIIIIAAAAAAAAANSSSSS!!!!!

Coluna da Yule Bisetto

Por Yule Bisetto

Não dou notícia, não sei de bastidores, não faço análise tática. Sou CORINTHIANS de coração e adoro escrever sobre isso. Qualquer coisa além disso, não vai encontrar aqui.

O que você achou do post da Yule Bisetto?