Comentário de Brunno em "Advogado palmeirense culpa procurador por..."

Deixando a rivalidade de lado, no caso do Petros mesmo que ele quisesse acertar pelo vídeo dava para ter dúvida sobre a intenção, já no lance do Dudu é completamente nítida a intenção de agredir, não dá para dizer que foi sem querer até porque a bola não estava mais rolando e ele tinha acabado de ser expulso.

em Notícia > Advogado palmeirense culpa procurador por ser corinthiano, na...

Responda o comentário do Brunno

  • 1000 caracteres restantes

Réplicas desse comentário

  • Foto do perfil de Théron

    Théron Zamboni 642 comentários

    4º. Théron Zamboni em 21/07/2015 às 13h41

    Verdade 100%. A Renata Fan e o Denilson fizeram essa comparação desonesta. Os casos são distintos. Nunca teremos certeza se o Petros quis atingir o juiz e o mesmo não pos na sumula. Já o Dudu, xingou, esperneou e o atingiu pelas costas. Sem comparação, portanto. Acho que o justo para o Dudu seria 2 meses pra aprender.

  • Foto do perfil de Jose

    Jose I 778 comentários

    3º. Jose I em 21/07/2015 às 13h33

    A diferença entre os casos é absurda. O Petros, num lance do jogo, vai e acerta um encontrão no árbitro. Intencional ou não, não sabemos pois nem o árbitro relatou em súmula. O caso do Dudu, ele executa a agressão com o jogo parado, após um cartão. E além da agressão, proferiu diversos palavrões ao árbitro tendo inclusive, que ser contido pelos outros jogadores. Não tem nem o que comparar.

  • Foto do perfil de Danilo

    Danilo Wagner 255 comentários

    2º. Danilo Wagner em 21/07/2015 às 13h29

    Fora que ele xingou muito o árbitro.

  • Foto do perfil de Rafael

    Rafael Marques 1497 comentários

    1º. Rafael Marques em 21/07/2015 às 12h10

    E além disso, ele tentou ir pra cima do juíz de novo, teve que ser contido por outros jogadores, e isso tudo foi após ele ser expulso já...

x