Comentário de Alexandre em "Comentário de Daniel no Meu Timão"

Bom dia Daniel. Primeiro eu o parabenizo por saber responder em alto nível e com educação a minha mensagem. Lendo com atenção as suas explicações ficou mais fácil eu entender os seus motivos e as suas reais intenções ao escrever o seu texto e que tomou tamanha repercussão e peso que você entenda também porque, talvez de maneira errada, acabei colocando a minha impressão que os seus motivos seriam de querer ganhar visibilidade "usando" o Corinthians e não os motivos que eu também tenho que é querer o bem do nosso time. Nesse momento de alegria que estamos passando pela volta do Tite e de mais uma conquista de título brasileiro de maneira fantástica começou novamente por parte da mídia esportiva a caça as bruxas em cima do Corinthians e o mínimo que devemos esperar de jornalistas profissionais e de renome é que façam o seu trabalho e busquem as explicações. Veja só os escândalos de corrupção e saída de presidente no São Paulo e quase nada falam disso (continua...)

em Notícia > Comentário de Daniel no Meu Timão

Em resposta ao comentário:

Boa noite Alexandre. Me permita responder, com todo o respeito. Quem começa a estudar jornalismo aprende a ficar curioso, e esse foi o caso aqui. Participei de um longo debate sobre esse negócio e decidi pesquisar. Não gostei do que pesquisei e decidi publicar. Até aquele momento, minha média de acessos no blog não era maior que 900 por dia, a ideia nunca foi "ficar famoso às custas do clube". MESMO PORQUE não ganhei UM REAL que seja com esse texto.

Se ela repercutiu foi porque muita gente viu que as desconfianças faziam sentido. Enquanto parte da torcida ficava sonhando com quem seria o craque que a Klar traria, eu fiquei sim preocupado com o modo que isso aconteceria, já que a empresa simplesmente não consegue mostrar onde opera no mercado, nem consegue provar que sua holding existe! E já se passaram 4 dias desde a publicação do texto.

Vou além. A nota do clube, desmentindo a Klar, é uma espécie de prova de que alguma coisa muito estranha estava acontecendo. Ou não?

Responda o comentário do Alexandre

  • 1000 caracteres restantes