Comentário de Caio em "Um problema óbvio - e velho - com o Fiel..."

Não é tão simples assim. Liberando os vínculos para qualquer amigo, iria ficar muito fácil para cambistas cadastrarem uma série de dependentes falsos e começar a voltar aos tempos de cambistas do Pacaembu (o que já acontece em certo nível). O ideal seria ter uma entrada com um cartão de crédito (que você não iria querer emprestar) ou impressão digital para parar com isso e depois ter uma função no site para comprar com outros sócios para uma região específica do estádio. Infelizmente a liberação completa poderia prejudicar o torcedor que quer ingresso.

em Post > Um problema óbvio - e velho - com o Fiel Torcedor

Responda o comentário do Caio

  • 1000 caracteres restantes

Réplicas desse comentário

  • Foto do perfil de João

    João 10 comentários

    2.

    Nada impede o cambista de fazer isso com familiares e familiares de conhecidos.
    Nada impede de criar um monte de contas.
    De qualquer forma ele consegue fazer isso.
    Todavia os cambistas que existem trabalham mais com os ingressos que não foram comercializados no fiel torcedor.
    A ideia do cartão de crédito é excelente, mas dependeria da vontade dos torcedores terem ou não o produto vinculado, meu filho de 4 anos não precisa de um.
    Já a impressão digital demora muito pra ser confirmada, geraria muita fila.
    A solução é fiscalizar por amostragem.
    Coisa que eu nunca vi acontecer.