Comentário de Danilo em "Mano Menezes fala sobre o encontro com o..."

Parece que você parou de acompanhar futebol depois que o MM saiu do Timão. O Mano foi se reciclar, assim como o Tite para conhecer outras culturas e outras escolas do futebol. Veja o trabalho que ele fez no Cruzeiro no final do ano passado, pois tornou o Cruzeiro muito mais agressivo, competitivo e ofensivo, que era coisa que ele tinha dificuldades de colocar em prática até o final dos jogos, assim como o Tite em sua primeira passagem. Esse seu papo parace mais com o choro das viúvas do Guerrero. O Corinthians é o time da democracia, e todos podem demonstrar o seu trabalho, e com isso crescer, como Tite cresceu, como o mano cresceu, e como muitos outros que representaram de verdade o manto teve a sua oportunidade. Vamos sim apoiar quem representa o nosso Corinthians, mas temos que valorizar os bons trabalhos feitos.

em Notícia > Mano Menezes fala sobre o encontro com o Corinthians no Pacaembu

Em resposta ao comentário:

Começamos o ano sem classificar pras quartas do Paulista e tomando goleada do Santos;
Fomos pra Copa do Brasil e perdemos de uma maneira RIDÍCULA para o Mineiro com aquela dancinha;
Foi carregado no colo no fim do brasileiro por um Guerrero que estava fazendo gol todo jogo mesmo com o time mal;
Foi o autor da célebre frase "Jadson e Renato Augusto não podem jogar no mesmo time";
TODO, TODO SANTO JOGO era um tal de faz um gol e recua. Era um gol aos 30 min do primeiro tempo e 60 de retranca.
Sou grato ao Mano, um dos técnicos com mais jogos da história do Corinthians, tem uma história legal aqui. Mas não é bom o suficiente para o Corinthians. E essa não é uma defesa do Cristóvão.

Responda o comentário do Danilo

  • 1000 caracteres restantes