Comentário de Palmiro em "Comentário de Cleverton no Meu Timão"

Eu entendo, meo! Mas pode ser de outra forma, como por exemplo: adquirir os produtos licenciados do clube, ser sócio torcedor, dentre outras formas já existentes, mesmo porque, o torcedor sempre foi o que mais ajudou e ajuda o clube. Mas a nossa principal parte e cobrar desses irresponsáveis que botaram o clube nesta situação.

Sou do tempo em que a camisa era lisa, sem patrocinador e o clube só vivia de renda com estádios lotados e não tínhamos esse problema financeiro que hoje nos faz ficar imobilizados. Quanto mais dizem que o futebol é profissional, mais e mais gatunos e aproveitadores ficam mais ricos, porém os clubes nadam e dividas e problemas com a justiça trabalhista.

Enfim, essa dívida eu não pago, porque sei que não é do Corinthians e muito menos da torcida.

em Notícia > Comentário de Cleverton no Meu Timão

Em resposta ao comentário:

É que existe um diferencia entre torcer e ser torcedor. Você torce eu sou torcedor. Que mesmo longe não deixo de fazer minha parte e se o time vive um momento financeiro ruim, podemos sim ajudar o clube e ter no seu quarda roupa uma lembrança inesquecível. Mas respeito sua opinião. Para mim tanto faz abará ou não quero vê meu time sempre brigando por título

Responda o comentário do Palmiro

  • 1000 caracteres restantes