Comentário de max em "Estudo aponta Corinthians como líder de..."

Sei que não tem a intenção de me calar, apenas defender o seu ponto de vista. Meu caro, Não estou contra você, mas contra esse roubo constante ao qual somos submetidos, mas em vez de ficarmos chocados, ficamos é felizes quando vemos o nosso time ficar bilionário em um país com um dos menores indices de crescimento da América latina e um dos menores salários mínimos. Sub-emprego sim, pois um pais cresce com profissionais e não com telefonistas, vendedores de loja, balconista ou cambista. Se a pessoa não tiver uma qualificação profissional ela terá sim sub-emprego.

em Notícia > Estudo aponta Corinthians como líder de renda e Fla maior devedor

Em resposta ao comentário:

Em primeiro lugar eu não estou te calando. Nunca faria isso. Se tem esse efeito, só posso lamentar. Estou apenas te questionando. Em segundo lugar, essas informações que te passei, sevem pra você focar sua revolta (que eu compartilho). Desenvolver o esporte passa pela estrutura, construir estádios por exemplo.
Sub-emprego? Você nunca deve ter tido um subemprego pra falar isso. Subemprego é aquele com condições de insalubridade, com desrespeito a pessoa física. Trabalhar em uma loja é subemprego? Seu problema é o carnaval, a copa ou o estádio do Corinthians? O meu é a educação. O meu é uma reforma pedágógica. É uma reforma política. Uma reforma tributária.
E não gá problema de ter no futebol a sua alegria. A alegria de cada um é problema pessoal dele. Chico Buarque é fanático por futebol. Assim como Nelsom Rodrigues. Era a alegria deles. Além de outra. Futebol é uma delas e não há problema nenhum nisso.
Vai pra Alemanha.média de 50 mil por jogo.aproveita e veja quanto o professor ganha

Responda o comentário do max

  • 1000 caracteres restantes

Réplicas desse comentário

  • Foto do perfil de Matheus

    Matheus 330 comentários

    2.

    O problema é a falta de oportunidade e a situação caótica do ensino. Ao fazerem você se voltar contra o futebol é mais uma maneira de te manipular, porque ai você fica brigando contra o futebol e se esquece de lutar pelo que realmente importa, que é a micro corrupção que acontece nas zilhões de cidadesinhas brasileiras. Corrupção de cartório, de desvio de verba federal que os municípios recebem pra construir escolas e hospitais. Fica tudo a deriva. Aí dizem que a culpa é do futebol, a gente acredita, e deixa eles em paz.

  • Foto do perfil de Matheus

    Matheus 330 comentários

    1.

    Olha só o debate é importante, porque cozinha o pensamento e apura as conclusões (desculpe a metáfora gastronômica, é que estou fazendo o almoço - hahaha). Mas o erro é ter o Estádio do Corinthians como símbolo de maracutaia. Como se ele rebocasse toda a corrupção do Brasil. Não tem nada a ver. O estádio terá um uso, vai circular economia. Errado é estádio em Brasília e em Manaus. O Corinthians está fazendo um financimento. E cá entre nós, os 400 milhões de isenção da prefeitura é dinheiro de pinga perto do que arrecada em impostos e perto do que a cidade vai lucrar com a abertura da Copa. A prefeitura está ganhando 10X mais do que está dando. Ela sim está ganhando dinheiro as custas do Corinthians e não o contrário. Quanto ao sub emprego, um país cresce com todo (ou quase todo) tipo de empregados. Um balconista, telefonista, vendedor não é menor que ninguém. Trabalhar com isso não coloca ninguém abaixo de sua condição social. Eu já fui balconista, office boy, hoje sou vendedor.