Comentário de Antonio em "Corinthians é acionado na Justiça por..."

Réplicas desse comentário

  • Foto do perfil de Giullio

    Giullio Piettro 752 comentários

    8. 08/11/2017 às 16h56

    Na verdade ainda não deu tempo de cair em domínio público... Mas teria que ser uma questão de bom senso. Isso não lesa em nada o detentor dos direitos e não deveria caber ação judicial.

  • Foto do perfil de Rodriane

    Rodriane Dl 1423 comentários

    7. 07/11/2017 às 10h43

    A música só vira domínio público setenta anos depois da morte do autor. Mas na minha opinião não vai dar em nada, a não ser que o Corinthians tenha feito uma versão em estúdio para fins publicitários. Se filmou a torcida cantando ou se usou a frase em camisetas, é discutível.

  • Foto do perfil de Ana

    Ana Machado 322 comentários

    6. 07/11/2017 às 10h36

    Verdade. Pesquisei e vi que se o autor já falecido não deixou herdeiro pode virar dominio público ou se já tem mais de 70 anos falecimento. No caso, ele tem herdeiro que é o filho e se o mesmo não reclamou, quem é a gravadora pra reclamar.

  • Foto do perfil de Luizinho

    Luizinho Polegar 202 comentários

    5. 07/11/2017 às 09h27

    Só cai em domínio público 70 anos após a morte do autor, e o Tim Maia morreu em 1998. Então só vai virar domínio público em 2068.
    Não se pode criar um produto como uma camiseta ou usar a música em uma campanha publicitária sem pagar por isso. Isso é crime de violação de direitos autorais.
    Já as paródias no YouTube são outra história. Paródia se enquadra em outra categoria e não precisa pagar nada, conforme a Lei de Direitos Autorais.

  • Foto do perfil de FERNANDO

    Fernando Macário 1434 comentários

    4. 06/11/2017 às 21h29

    é uma paródia segundo a lei pode ser usada para qualquer fim, até financeiro, a não ser que a própria paródia ofenda a música original de alguma forma (essa é a única objeção pra ser usada)

  • Foto do perfil de Gustavo

    Gustavo Ramos 222 comentários

    3. 06/11/2017 às 21h14

    Ao que entendi, o problema não é a torcida cantar, e sim o clube ter usado em uma campanha publicitária e ter ganho dinheiro com isso... Espero também que não de em nada, mas não sei não hem... Acho que o marketing foi juvenil neste caso.

  • Foto do perfil de Daniel

    Daniel L 2146 comentários

    2. 06/11/2017 às 20h22

    Uma coisa é paródia...

    A outra é utilizar a música para ganhar dinheiro (vender camisetas por exemplo).

    E domínio público como você falou, só depois de 70 anos.

  • Foto do perfil de Felipe

    Felipe Amado 4283 comentários

    1. 06/11/2017 às 20h04

    Justo. Concordo!