Comentário de Miguel Negreiro em "Corinthians de Carille chega a oito..."