Comentário de Abilio Rodrigues Dos Santos em "Fifa ignora cautela do Guinness e confirma..."