Comentário de Antonio Laecio em "Corinthians volta a produzir pouco e amarga..."