Comentário de Luiz em "O que ainda te mantém em pé após mais um..."

Sou corintiano desde 2002, aprendi a torcer com 4 anos de idade, meu pai é São Paulino e a família toda por parte de pai é São Paulinos, minha mãe é Corintiana e minha irmã também, mas a minha família por parte de mãe a maioria é palmeirense e flamenguista, ninguém me pressionou a torcer pra ninguém, foi escolha minha mesmo me identifiquei com o clube, me lembro que em 2007 o time era um draga todo mundo me zuava e tentavam fazer minha cabeça para mudar de time eu mas mesmo assim batia no peito e falava sou corintiano e não vou mudar, e sou até hoje fanático o time estando ruim ou bom sempre estou acompanhando, esse é o diferencial dos Corinthianos mesmo perdendo usamos a camiseta do time no dia seguinte os outros torcedores de outros times somem, só quem é Corinthiano sabe o que é ser torcedor de verdade que nunca abandona o time, vivemos de Corinthians.

em Post > O que ainda te mantém em pé após mais um revés, corinthiano?

Responda o comentário do Luiz

  • 1000 caracteres restantes