Derrota justíssima, exatamente do jeito que dói

Fórum do Corinthians
Tópico Lendário Entenda as regras

Márcio #946 @marcio.rodrigo.costa em 15/09/2019 às 18:04

Eu tenho dificuldades de entender tanto da parte dos jogadores, como da comissão técnica, porque é preciso tomar um gol para o time ter a atitude de quem quer vencer uma partida.

Porque eu passo a apertar a saída de bola, imprimo mais velocidade, enfim, busco o gol.

O Corinthians estábulo estágio da temporada e, principalmente, no Campeonato Brasileiro, de franco atirador. O Fluminense não, precisava desesperadamente da vitória. Em tese, poderíamos jogar mais soltos, buscando mais o jogo.

Em algum momento no primeiro tempo, o time teve postura clara de só deixar passar os minutos. Como se pudesse vencer quando quisesse. Justamente nesta hora o time teve de sair da zona de conforto, e aí, com alguns jogadores fazendo uma apresentação do posto de vista técnica bem abaixo, vimos um time que empurrou os cariocas, mas não foi contundente.

Não é acaso que o melhor do time hoje, foi justamente aquele mais interessado em mostrar serviço, que foi o Janderson. O resto, não estava muito aí pra partida.

Portanto, foi bem feito o resultado. Agora não possuem mais a muleta da invencibilidade para defendê-los de tantas partidas irregulares.

Quarta estarei na Arena apoiando, espero que este time tenha um pouco mais de alma, concentração, entrega e responsabilidade.

2.990 visualizações e 58 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhores respostas

Mr. Poderoso Timão #369 @s.r.constantine em 15/09/2019 às 18:18

Bom tópico.

Sobre correr, atacar e jogar após levar o gol não é exclusividade do Corinthians, os técnicos brasileiros pensam e passam isso aos jogadores.

Veja que os técnicos estrangeiros de times brasileiros jogam diferente, tentam abafar logo no início e fazer um gol, se conseguir ótimo, descansa atacando numa boa, caso não faça o gol da uma segurada e em seguida solta o time novamente.

Infelizmente, o Corinthians não terá treinador estrangeiro com mentalidade diferente porque a gestão pensa futebol de forma arcaica, então sobram os Cristóvãos, Dungas e coelhos.

Vinicius Rebouças #797 @vinicius.reboucas1 em 15/09/2019 às 21:35

O Corinthians de Carille sempre jogou de forma fria, como se pudesse vencer uma partida a qualquer momento. Nunca foi um time vibrante, mas resultadista. Faz o necessário pelo resultado. Considera empates relevantes. Vitórias pelo placar simples como excelentes.

Não há nada que se possa ser feito além de torcer pelo título da Sul-Americana, por um fim de temporada digno, por uma boa proposta do mercado chinês pelo técnico e pela chegada de um novo profissional que mantenha o ritmo de títulos, mas que mude esse perfil de futebol apresentado hoje.

Últimas respostas

Caio Vilela #612 @caio.vilela3 em 16/09/2019 às 19:31

Você acha que ele não treina? é logico que treina.. Mas não pra começar como time titular

Colocou o time pra frente povoou o meio e o ataque e mesmo assim os JOGADORES não conseguiram nem oferecer perigo ao adversário

Mas o problema é o Carille como sempre né kkkk

Gustavo #467 @gustavo10timao em 15/09/2019 às 20:41

" "

Encher o time de atacante não é colocar o time pra frente, o que adianta colocar atacantes e meias se quando passa do meio campo o time não o mínimo de organização pra atacar? Organização do time é trabalho do treinador resolver, sempre joga com o time cheio de volantes e quando está perdendo entra em desespero e começa a colocar atacante sem nunca treinar ou jogar dessa forma, pode colocar 5 atacantes que sem organização não resolve, o time é completamente bagunçado e o treinador não consegue mais resolver porque só vai pra frente quando está no desespero.

Publicidade

Caio Vilela #612 @caio.vilela3 em 16/09/2019 às 19:27

Problema é os jogadores que parece não estar entrosados

Mesmo com o time todo pra frente nem na área chegava, gustavo em campo davam cruzamento rasteiros, Fagner e pedrinhos perdendo sintonia...

Vital apagado

Márcio #946 @marcio.rodrigo.costa em 15/09/2019 às 19:55

" "

Eu não estou colocando a culpa só nele, os jogadores também tem postura conformada. Só que a postura de querer buscar o gol só veio com a desvantagem. Antes, o time envolveu o adversário em alguns momentos, mas não marcou sequer pressão. Deixava o Fluminense trocar passes numa boa.

Por que espera tomar o gol pra apertar a saída de bola?

Didherot El #2.702 @didherot em 16/09/2019 às 09:40

O duro é que mesmo diante dos olhos de todos, o Carille insiste no Júnior Urso, ele é o motivo do time não render no meio campo. Precisa tentar outra coisa. Mas não é o Jadson.

Rogerio Savio #105 @rsavio em 16/09/2019 às 09:00

Antes desse Corinthians X Fluminense assisti o time feminino do Corinthians contra o Flamengo e os marmanjos deviam se espelhar nelas quando falamos de vontade de vencer, elas não desistem e mesmo jogando sob um calor absurdo das 2 da tarde lutaram e venceram e estão na final.

Antonio Godoy Junior #2.986 @antonio.godoy.junior em 16/09/2019 às 08:48

Márcio #989 concordo plenamente o time entra condicionado a não perder se ganhar é lucro, muito acomodado tirando o frango de CÁSSIO seria outro empate contra o timeco do Flu e pior foi assistir GANSO E NENÊ mandando em campo, passeando sem serem molestado, falta um líder para dar um chacoalhão no time muito disperso, sem tesão ou ambição de querer ganhar, se temos um placar a favor o Carille enche o time de volantes para segurar o resultado, se esta empatado leva o jogo no banho maria só se preocupa em tentar atacar quando o placar esta adverso é muita burrice, quantos chutes ao gol o time deu, são muitos passes laterais, para que se recua a bola para zaga quando a mesma esta no meio campo é outra burrice, URSO péssimo mais uma vez, Jadson porque insiste com jogador fora de forma a 8 meses, o ataque não treina pois as imagens que sempre são mostrada é Carille separado com jogadores da defesa e os atacantes chutando ao gol com bolas paradas essa #[email protected]% de treino que ele PARDAL faz com o ataque é ridículo

Sandro Rogerio Amadio #8.663 @sandro.rogerio.amadi em 16/09/2019 às 08:34

É triste mas podemos começar a se conformar, veja as entrevistas dos jogadores, parece que falta só três jogos para terminar a temporada, e os três são da Sul-americana, meu se ganharem acabou a temporada infelizmente a verdade é essa, só vão jogar no brasileirão quando o jogo for em casa, já vimos esse filme antes...paciência...

André Bertapeli #2.853 @andre.bertapeli2 em 16/09/2019 às 08:27

O problema não é esquema de jogo e sim falta de qualidade dos atletas, desde 2008 jogamos dessa forma e levantamos muitos títulos, porque tínhamos jogadores de qualidade e no alge da forma, Renato Augusto, Paulinho, Ronaldo (exceção), Sheik, Elias, Maycon, Malcon, Balbuena etc...Hoje temos poucos bons jogadores e a maioria já cansados! Os demais são comuns, assim fica difícil!

Ailton Maschio Gomes #5.777 @ailton.maschio.gomes em 16/09/2019 às 06:28

Excelente tópico. Acho que o Carille tem que ser mantido e se ao final da temporada sair, que tragam um treinador de nível diferenciado. Eu traria o Mourinho, já que Guardiola é impossível.

Fábio Chamusca De Carvalho #519 @fabiomcbaltz em 16/09/2019 às 02:49

Exatamente.

Já deu. O treinador não tem mais nada pra mostrar. Saturou completamente. Daí não sai mais nada não. E se trouxer um monte de estrela (não vai acontecer), ele perde o vestiário facilmente. Ou seja, o limite é bem claro.

Outros torcedores argumentam cinicamente que saindo Carille, as únicas opções que chegariam seriam do nível de Ventura ou Borges. Tá aí o Flamengo com Jesus fazendo bom trabalho. Sampaoli tirando leite de pedra do time do Santos. Existem nomes. Basta buscar.

Vinicius #797 @vinicius.reboucas1 em 15/09/2019 às 21:35

" "

O Corinthians de Carille sempre jogou de forma fria, como se pudesse vencer uma partida a qualquer momento. Nunca foi um time vibrante, mas resultadista. Faz o necessário pelo resultado. Considera empates relevantes. Vitórias pelo placar simples como excelentes.

Não há nada que se possa ser feito além de torcer pelo título da Sul-Americana, por um fim de temporada digno, por uma boa proposta do mercado chinês pelo técnico e pela chegada de um novo profissional que mantenha o ritmo de títulos, mas que mude esse perfil de futebol apresentado hoje.

Tim #5.664 @sieht em 16/09/2019 às 00:11

Pontuacao e posição enganosa no Brasileirao. Time não merece estar onde esta na tabela. Nesse ano de 2019, ainda não JOGOU BOLA. Em 9 meses, o time fez 3,4 bons jogos e só. O resto, jogou para empatar e empatou ou perdeu merecidamente ou ganhou NO RABO.