Gil vai Enlouquecer!

Fórum do Corinthians
Tópico popular Entenda as regras

Tárik #3.158 @tarik em 18/12/2014 às 10:54

Perto do fim do mandato de Mario Gobbi, o Corinthians passa hoje por uma delicada situação financeira. Com um déficit de mais de quase R$ 50 milhões, o clube terá um começo de temporada complicado em 2015, sem poder repetir os mesmos gastos dos anos anteriores. O novo presidente, que será eleito em fevereiro, terá logo de cara uma despesa milionária: terá de pagar R$ 2,9 milhões para Anderson Martins.

E sabe de que são esses 2,9 milhões? --'

Quando acertou a contratação de Anderson Martins, Timão prometeu compensar salário mais baixo com dinheiro a mais, em abril de 2015.

Obrigado Diretoria Amadora!

1.100 visualizações e 22 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhor resposta

Alysson Nunes #221 @alyssonnunes em 18/12/2014 às 11:21

Depois o Gil aparece querendo um contrato milionário e vão querer chamar ele de mercenário.

Mas da raiva ver que valorizam o Anderson Martins mais que ele, um jogador que nem é do Clube. Por esses 2,9 milhões ai, dava pra ter comprado o Cléber e ele não teria saído, um zagueiro jovem e de futuro.

Últimas respostas

Oilson Amorim Dos Reis #2 @reyes em 18/12/2014 às 19:12

Enquanto isso SPFW fechando o ano com 100 milhões de déficit e ninguém fala nada. Não se esqueçam que o déficit do Timão é só metade e nem disputou Libertadores... Tragam o Conca e preparem os músculos para levantar as taças por uns 3 anos seguidos sem parar.

Publicidade

Biel Fiel #262 @biel.fiel em 18/12/2014 às 19:11

Melhor trazer outro zagueiro que pagar isso pra ele, agora si tá com divídas então tem que trazer Conca, Dudu, Cristian e etc porque muitos reforços vieram de graça e si com esses reforços ganhemos títulos vai ajudar a pagar!

Beto Sccp #17 @hebert.ribeiro.de.me em 18/12/2014 às 19:08

Olha coisa eu falo, o Antônio Carlos tá quase no mesmo nível desse aí!

Ronaldo Juniior #92 @ronaldoo em 18/12/2014 às 18:50

Pois é.

Alysson #221 @alyssonnunes em 18/12/2014 às 11:21

" "

Depois o Gil aparece querendo um contrato milionário e vão querer chamar ele de mercenário.

Mas da raiva ver que valorizam o Anderson Martins mais que ele, um jogador que nem é do Clube. Por esses 2,9 milhões ai, dava pra ter comprado o Cléber e ele não teria saído, um zagueiro jovem e de futuro.

Carlos Eduardo #1.307 @carlos81 em 18/12/2014 às 13:49

Qual a fonte dessa notícia? Uol? Gostam de plantar crise no Timão

Claudio Rissi #20 @migo.pr em 18/12/2014 às 12:31

Isso já foi noticiado desde a época da contratação dele.

De toda forma, precedente por precedente, é só o Gil - e qualquer outro jogador - pedir para recontratarem seu passe para renovar seu contrato, que é o que está sendo feito no caso do Guerrero -onde o jogador é nosso e nossa Diretoria já ofereceu uma oferta totalmente absurda de luvas, que para nossa sorte por ora foi rejeitada pelo mercenário do peruano.

Robson Jesus #424 @robson.jesus em 18/12/2014 às 12:12

Isso foi a coisa mais anta que já vi na vida, kkkkkkkkkk... Adiar um dinheiro pra pagar a vista!

Pagar mais de 500 mil pra um zagueiro... Kkk

Victor Brasil #1.223 @victordf em 18/12/2014 às 12:00

O Corinthians esta se sujeitando a cada contrato que chega a ser ridículo.

Valter Dias Ribeiro #281 @valterdias em 18/12/2014 às 11:48

É só antecipar a renovação de contrato do Gil. Eu não acredito que vão pagar esses 2,9mi do Anderson Martins. Com certeza o Tite vai ter que achar um novo Castan e fazer jogar em alto nível.

Bom, é o que eu faria.

Maria Das Graças #2 @gracinhado.timao em 18/12/2014 às 11:37

É verdade Alysson tem toda razão, como seria bom se utilizassem a cabeça para pensarem ao invés de só para separar as orelhas né.

Alysson #221 @alyssonnunes em 18/12/2014 às 11:21

" "

Depois o Gil aparece querendo um contrato milionário e vão querer chamar ele de mercenário.

Mas da raiva ver que valorizam o Anderson Martins mais que ele, um jogador que nem é do Clube. Por esses 2,9 milhões ai, dava pra ter comprado o Cléber e ele não teria saído, um zagueiro jovem e de futuro.