Corinthians prestes a mudar os rumos do Campeonato Brasileiro

Fórum do Corinthians
Tópico Épico Entenda as regras

Mosqueteiro #2.633 @mosqueteiro1910 em 12/04/2015 às 10:54

Se, pelo terceiro ano consecutivo, um time disparar no Campeonato Brasileiro e “esfriar'' a competição com algumas rodadas de antecedência, a discussão sobre a volta do sistema mata-mata deve ganhar força. A opinião é do presidente da Federação Baiana de Futebol, Ednaldo Rodrigues, que apresentou no final de 2014 uma proposta à CBF e à TV Globo. “Pode anotar: um time vai disparar e o interesse dos torcedores vai cair outra vez. A ideia do mata mata vai ganhar força'', previu o dirigente.

“Eu lancei a ideia (proposta de mata-mata) para que ela seja discutida, mexida para melhor. A CBF está estudando no Departamento de Competições. O Marcelo Campos Pinto, da TV Globo, enviou e-mail dizendo que tinha lido e que achava a discussão importante. Ele não rechaçou minha proposta, também não aprovou. Foi muito simpático'', afirmou o dirigente baiano.

Ednaldo Rodrigues vai mais longe e aposta na equipe que vai ter este desempenho: “Pelo que estou vendo no momento, o clube com receita grande de televisão, de patrocínio e da arrecadação do estádio, é o Corinthians''.

Será que o Timão vai ser o protagonista da implosão do sistema de pontos corridos no brasileirão? Só o tempo dirá... Mas pelo sim ou pelo não, que essa arrancada realmente aconteça!

Vai Corinthians!

4.773 visualizações e 122 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhores respostas

Gabriel Martins #105 @gabriel.martins6 em 12/04/2015 às 12:01

Realmente o 7 a 1 não é a atoa

A volta do mata mata é retrogrado caminha para trás 10anos o futebol pífio brasileiro

Esdras Santos #594 @esdras.santos1 em 12/04/2015 às 20:23

Eu prefiro o mata mata. Copa do mundo, olimpíadas, champions league, Libertadores, todos os maiores e mais emocionantes campeonatos de futebol do planeta são nesse formato. Ponto corrido é muito chato.

Últimas respostas

Bira Deodato #293 @deodato em 15/04/2015 às 01:15

Cara já que seu argumento é esse, apresente os números, mas não parte deles, todos. Só falou, não mostrou comparativo. A economia na época que fala da cerva e do mata mata era pífia, o nível de escolaridade e poder aquisitivo do brasileiro era bem inferior. Completamente descabida a comparação.

Gabriel #105 @gabriel.martins6 em 14/04/2015 às 18:38

" "

Antes só tinha gente nos estádio nas finais resto estádio vazio não tem ocmo brigar com números matematica é exata

Publicidade

Gabriel Martins #105 @gabriel.martins6 em 14/04/2015 às 18:38

Antes só tinha gente nos estádio nas finais resto estádio vazio não tem ocmo brigar com números matematica é exata

Bira #293 @deodato em 14/04/2015 às 15:06

" "

Quando se calcula o valor do ingresso nunca se compara só o valor dele, se calcula o quanto se ganhava antes, o custo de vida mais barato. Não tem comparação, duas épocas diferentes

Bira Deodato #293 @deodato em 14/04/2015 às 15:06

Quando se calcula o valor do ingresso nunca se compara só o valor dele, se calcula o quanto se ganhava antes, o custo de vida mais barato. Não tem comparação, duas épocas diferentes

Gabriel #105 @gabriel.martins6 em 14/04/2015 às 08:41

" "

Mas os ingressos era mais baratos.. Podia beber cerveja.. N tinha premmier n tinha bar em cada esquina passando o jogo

Gabriel Martins #105 @gabriel.martins6 em 14/04/2015 às 08:41

Mas os ingressos era mais baratos.. Podia beber cerveja.. N tinha premmier n tinha bar em cada esquina passando o jogo

Bira #293 @deodato em 13/04/2015 às 21:54

" "

Muitas variáveis fora dessa comparação, a época do mata mata era de uma economia com crescimento baixo e bem menos desenvolvida em termos de marketing. Pontos corridos economia aquecida, com crescimento alto, poder aquisitivo alto e marketing melhor. Pra se ter um comparativo justo, tenque ter mata mata com a economia com melhor fôlego.

Gabriel Martins #105 @gabriel.martins6 em 14/04/2015 às 08:40

Uai mata mata seria o mesmo muito jogo fraco que n vale nada esperando as finais.. Acho que você não entendeu o mata mata tinha menossss publico que pontos corridos.. Ou seja pontos corridos enche mas estádio que mata mata.. Sim concordo os 7 a 1 não é pelo fato de mata mata foi expressão é o futebol braisleiro como todo FALIDO dirigentes mal preparados.. Arbitragem que não é profssional.. N pode cerveja.. N pode bandera.. N pode sinalizador.. N pode comemorar gol indo para o alambrado n pode mais nada.. Só dívdas só cagadas federecoes lucrando mais que clubes etc esta tuuudo errado

Newton #3188 @newton em 13/04/2015 às 22:48

" "

O público é menor porque o campeonato é mal estruturado. Especialmente esse modelo do Paulista. Muito jogo que não vale nada pra chegar em quartas de finais já esperadas.

O problema nesse caso não é o formato do campeonato (mata-mata ou pontos corridos). Os níveis de público e futebol estão caindo pelo amadorismo nos clubes e federações. As pessoas, por mais apaixonadas que sejam acabam percebendo que o bandido passa impune enquanto ferra com o time...

Se você quer saber o porque do 7x1, vá ver o caso da portuguesa que foi afundada por dirigentes ladrões e agora pede para os outros ajudarem. Vá ver quantas pessoas brigaram em estádios e suas voltas e não foram presos... Vá ver o quanto essas federações lucram e não acrescentam nada ao futebol.

O clube não investir em resultado por não briga por mais nada não é exclusivo de um ou de outro. Esses últimos anos todos, tivemos rebaixados e campeões sendo decididos contra times que não lutavam por mais nada...
Vemos grandes campeonatos em questão de público nos dois tipos de competições ao redor do mundo.

Sobre entregadas, o time entregar o jogo para o rival cair ou não se classificar para algo acontece nos dois. Mais uma vez não é exclusividade de um ou de outro modelo, apenas da falta de decência de nossos jogadores e clubes... Por outro lado no mata-mata ninguém poderia entregar nada para mudar o resultado da final. Ambos os times iriam querer ser campeões. Bem diferente do que poderia acontecer no pontos corridos...

O meu ponto mais básico é que o futebol tem que ser uma diversão, uma fuga depois de uma semana ruim. A emoção e felicidade ao ver um jogo, conquistar um título tem que ser o mais importante.

Horroroso é justificar as coisas falando que a média de público aumentou, e que a renda subiu, sendo que praticamente não há mais jogos lotados e é raro ver o nível do nosso futebol crescer.

Eu não posso falar por todos, mas sempre fui fanático por futebol. Tenho a tatuagem do Corinthians no meu braço. Paro pra ver finais e semifinais de vários campeonatos ao redor do mundo, simplesmente porque é lindo e empolgante ver um time dar tudo de si por um jogo que vale tudo. Por outro lado é extremamente raro eu parar pra ver um jogo de pontos corridos de outro time... Só mente quando é um clássico de grandes clubes europeus.

Futebol deveria ser emoção e paixão. A função das ligas e federações deveria ser instigar isso em nós para que a cada jogo ficássemos mais empolgados para Assistir.

Infelizmente o que vemos, é a cada dia mais pessoas interessadas somente nos valores e resultados e não no espetáculo e diversão...

Fernando ... #18 @fernando.cortezzi em 14/04/2015 às 08:18

Opa, ai fica perfeito... Rsrsrsrsrs

Gabriel #105 @gabriel.martins6 em 13/04/2015 às 19:09

" "

Tem que ter um debate desses tomando uma cervejinha

Newton Thisted De Andrade E Silva #3.188 @newton em 13/04/2015 às 22:48

O público é menor porque o campeonato é mal estruturado. Especialmente esse modelo do Paulista. Muito jogo que não vale nada pra chegar em quartas de finais já esperadas.

O problema nesse caso não é o formato do campeonato (mata-mata ou pontos corridos). Os níveis de público e futebol estão caindo pelo amadorismo nos clubes e federações. As pessoas, por mais apaixonadas que sejam acabam percebendo que o bandido passa impune enquanto ferra com o time...

Se você quer saber o porque do 7x1, vá ver o caso da portuguesa que foi afundada por dirigentes ladrões e agora pede para os outros ajudarem. Vá ver quantas pessoas brigaram em estádios e suas voltas e não foram presos... Vá ver o quanto essas federações lucram e não acrescentam nada ao futebol.

O clube não investir em resultado por não briga por mais nada não é exclusivo de um ou de outro. Esses últimos anos todos, tivemos rebaixados e campeões sendo decididos contra times que não lutavam por mais nada...
Vemos grandes campeonatos em questão de público nos dois tipos de competições ao redor do mundo.

Sobre entregadas, o time entregar o jogo para o rival cair ou não se classificar para algo acontece nos dois. Mais uma vez não é exclusividade de um ou de outro modelo, apenas da falta de decência de nossos jogadores e clubes... Por outro lado no mata-mata ninguém poderia entregar nada para mudar o resultado da final. Ambos os times iriam querer ser campeões. Bem diferente do que poderia acontecer no pontos corridos...

O meu ponto mais básico é que o futebol tem que ser uma diversão, uma fuga depois de uma semana ruim. A emoção e felicidade ao ver um jogo, conquistar um título tem que ser o mais importante.

Horroroso é justificar as coisas falando que a média de público aumentou, e que a renda subiu, sendo que praticamente não há mais jogos lotados e é raro ver o nível do nosso futebol crescer.

Eu não posso falar por todos, mas sempre fui fanático por futebol. Tenho a tatuagem do Corinthians no meu braço. Paro pra ver finais e semifinais de vários campeonatos ao redor do mundo, simplesmente porque é lindo e empolgante ver um time dar tudo de si por um jogo que vale tudo. Por outro lado é extremamente raro eu parar pra ver um jogo de pontos corridos de outro time... Só mente quando é um clássico de grandes clubes europeus.

Futebol deveria ser emoção e paixão. A função das ligas e federações deveria ser instigar isso em nós para que a cada jogo ficássemos mais empolgados para Assistir.

Infelizmente o que vemos, é a cada dia mais pessoas interessadas somente nos valores e resultados e não no espetáculo e diversão...

Gabriel #105 @gabriel.martins6 em 13/04/2015 às 19:08

" "

O público mata mata é menor olhe a estatistico povo só se interessa nas finais o que vale são as finais só resto uma bosta.. Tem entregada também se time não esta lutando por nada e vai jogar com algum que pode entrar entre os 8 ou rebaixar.. Time no meio da tabela não vai ninguemmm no estádio.. Menos investimento dos clubes.. Mata mata conta muita sorte e não competancia etc

Newton Thisted De Andrade E Silva #3.188 @newton em 13/04/2015 às 22:17

Cara, chegar em segundo, terceiro ou quarto em alguns campeonatos não é o fim do mundo. O Barça não ganha todos os campeonatos espanhóis e nem por isso o planejamento do ano deles está desperdiçado.

Quer dizer que a menos que ganhemos algo todo ano o planejamento falhou?

Sobre ter perdido em 93 com uma campanha melhor, infelizmente faz parte do jogo. Perder nunca é bom, mas as vezes acontece. Se o jogo fosse só planejamento e números não seria necessário jogar... Seria como ver xadrez.

O futebol é especial, pois o time não joga sozinho. Como nós do Corinthians já mostramos para o Brasil e para o mundo tantas vezes, a torcida, pressão e raça para ganhar de um adversário que dizem ser melhor é, ao lado do planejamento e trabalho, muito importante para a vitória em um jogo.

E mais que tudo isso, quando você fala de emoções baratas, fica claro para mim que temos interesses diferentes no futebol... Não estou tentando definir um certo e um errado, mas para mim o futebol é uma diversão. Uma mostra de superação, talento e inspiração para fazer o impossível. Tenho como ídolos Ronaldo, Marcelinho, Tevez, Romário, Edílson entre tantos outros pois eles sempre fizeram o impossível, o que não se esperava deles. Não aquilo que foi ensaiado metodicamente treino a treino.

A felicidade de jogos como o contra o Chelsea no mundial, quando ganhamos enquanto o mundo todo achava muito mais provável que eles fossem os campeões, não há como ser explicada. Acho que se fosse um torneio de pontos corridos teríamos grandes chances de perder...

E por fim como tantos loucos deste maravilhoso hospício que me orgulho de fazer parte, disseram tantas vezes: 'Eu vivo de Corinthians e não de títulos' Embora sempre buscando os mesmos hehe.

Eduardo #1233 @edutakata em 13/04/2015 às 20:38

" " Se não me engano foi em 93, o técnico era o Mario Sérgio, no brasileirão daquele ano o Corinthians perdeu apenas um jogo, só um, e foi eliminado. Não tinha nenhuma estrela no time, não era nenhuma seleção, mas era um time bem montado e bem treinado, com uma filosofia de marcação por pressão que era novo na época. Caiu por apenas uma derrota. Para mim, querer a volta do mata-mata, é simplesmente querer emoções baratas, onde o planejamento de um ano pode ir abaixo por um jogo em que o time não jogue bem. O Corinthians está a caminho de se tornar o maior time do Brasil em vários sentidos, não precisa de emoções baratas, precisa de planejamento e vitórias em campeonatos. O mata-mata pode acabar com o planejamento de um ano, por isso apenas serve para atrapalhar o caminho do Timão.

Bira Deodato #293 @deodato em 13/04/2015 às 21:54

Muitas variáveis fora dessa comparação, a época do mata mata era de uma economia com crescimento baixo e bem menos desenvolvida em termos de marketing. Pontos corridos economia aquecida, com crescimento alto, poder aquisitivo alto e marketing melhor. Pra se ter um comparativo justo, tenque ter mata mata com a economia com melhor fôlego.

Gabriel #105 @gabriel.martins6 em 13/04/2015 às 21:37

" "

Não lota mais a media dos pontos corridos é maior que mata mata..pode ver

Gabriel Martins #105 @gabriel.martins6 em 13/04/2015 às 21:37

Não lota mais a media dos pontos corridos é maior que mata mata..pode ver

Bira #293 @deodato em 13/04/2015 às 21:35

" "

Uma pequisa no Google se nota que o auge foi em 2012, mercado aquecido. Pegue uma pesquisa do ano passado pra cá, o povo tem menos poder e consumo e culturalmente não lota estádios.