Hoje estava conversando com um San7is7a no horário do almoço e o cara admitiu...

Fórum do Corinthians
Tópico popular Entenda as regras

Samu #1 @samu.zlsp em 04/05/2015 às 14:47

Que o Corinthians sempre teve todo o potencial para ser o maior clube do mundo porque seu torcedor é apaixonado de uma forma que não se vê em outras torcidas.

Nosso problema segundo ele é que na verdade o clube não tem ambição de ser o maior do mundo senão já teria conseguido há muito tempo, é só ver a questão do estádio, algo que deveria ter acontecido há muito tempo.

Até nossos rivais sabem do nosso potencial, mas nossas desastrosas administrações continuam tocando o clube aquém de sua grandeza. Também não vejo mudanças no cenário atual, Sheik, V. Love, Edu Dracena, quem quer ser campeão de tudo não pode apostar em velharias, jogadores que já são passado. O San7os juntou uma garotada ai com 2 tiozinhos e foi campeão Paulista sem muito esforço, só tinha um rival que poderia derrotá-los, o SCCP, que abdicou do título, não sei ainda por qual razão, se for para ser campeão da Libertadores, tá justificado, mas outras equipes já ganharam a Libertadores e o Estadual disputando paralelamente, uma questão de planejamento.

2.094 visualizações e 24 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhores respostas

Marcelo Franco #48 @marcelo.franco em 04/05/2015 às 15:50

O Corinthians não pode ser o maior do mundo jogando no Brasil. É simples assim.

Pode ser disparado o maior das américas e isso se abrir o olho logo ou a liga americana chegará pesado tomando não só nossos jogadores facilmente, como também disputarão contratação com os Europeus.

Alguns dias atrás, um jogo do Orlando City teve 40 mil pessoas a ticket médio de 100 dolares, para uma renda bruta de 13 milhões de reais em 1 partida.

Estimam o próximo contrato de TV na casa de 8 bilhões de dólares para a MSL.

Financeiramente já não é possível disputar com os clubes norte americanos embora estejam ainda apenas engatinhando.

Qual a saída?

CATEGORIAS DE BASE.

Temos pé de obra ainda. Precisamos criar centros de excelência na formação de atletas mais eficiente que essas escolinhas franqueadas. Precisamos que sejam administrados pelo Corinthians por gente honesta e competente em revelar talentos e não extorquir familiares na peneira.

É complicado, porque até a lei joga contra quando permite que o empresário assine contrato profissional com os garotos antes do clube.

Dias atrás perdemos uma revelação da base para um clube europeu que burlou a lei oferecendo emprego para o pai do garoto, aí a família toda viaja e o menino vai jogar no clube.

O cenário é muito ruim pra gente. Cada vez mais, no mundo globalizado, vamos sendo espremidos dentro da nossa mediocridade.

Filipe Fernandes Alves De Oliveira #258 @fizzinho em 05/05/2015 às 11:11

Maior do mundo? Só no coração dos Corinthianos mesmo, me desculpem a sinceridade!

Pra ser melhor do mundo não é nem questão de time, mas chega a ser questão de país.

Um time sul-americano nunca vai ser maior do mundo, o poder econômico dos Europeus é forte demais.

Últimas respostas

Filipe Fernandes Alves De Oliveira #258 @fizzinho em 05/05/2015 às 11:11

Maior do mundo? Só no coração dos Corinthianos mesmo, me desculpem a sinceridade!

Pra ser melhor do mundo não é nem questão de time, mas chega a ser questão de país.

Um time sul-americano nunca vai ser maior do mundo, o poder econômico dos Europeus é forte demais.

Publicidade

Genival Crisostomo De Souza #604 @sccpf em 05/05/2015 às 10:59

O que faz o sujeito não se desprender é a falta de senso, ele quer sempre uma massagem no ego e por isso ta sempre se achando, é o caso desses indivíduos que pensam que só ele é capaz, e o clube ora o clube.

Menezes #21 @fiel.menezes em 04/05/2015 às 23:52

" "

Concordo! Pena que as administrações que passaram pelo Corinthians nunca se deram conta da grandeza desse clube, talvez na gestão do Andres Sanchez, houve uma gota de lucidez de boa administração, e ganhamos tudo o que ganhamos, imagina se isso tivesse continuidade, com certeza estariamos no nível de clubes europeus, mesmo sendo um Sulamericano.

Fernando Barros #661 @fernando.barros2 em 05/05/2015 às 10:35

No Brasil, nunca vamos ser respeitado pela mídia, se jogar o Corinthians fora do Brasil a mídia nos arrebenta de elogio ai sim poderemos ter um potencial maior ainda.

Genival Crisostomo De Souza #604 @sccpf em 05/05/2015 às 10:30

Se comprarmos um pato a cada gestão ou tivermos presidentes feito Mario Gobbi ai estaremos sempre na dependência de credores seja; jogador, empresario, banco ou TV então nunca seremos o gigante que podemos ser.

Ígor Pietro #2.056 @igorpietro em 05/05/2015 às 07:31

Além disso, ainda temos Confederação e Federações envolvidas com política até o pescoço, que colocam suas prioridades na frente das necessidades do futebol brasileiro.

Marcelo #48 @marcelo.franco em 04/05/2015 às 15:50

" "

O Corinthians não pode ser o maior do mundo jogando no Brasil. É simples assim.

Pode ser disparado o maior das américas e isso se abrir o olho logo ou a liga americana chegará pesado tomando não só nossos jogadores facilmente, como também disputarão contratação com os Europeus.

Alguns dias atrás, um jogo do Orlando City teve 40 mil pessoas a ticket médio de 100 dolares, para uma renda bruta de 13 milhões de reais em 1 partida.

Estimam o próximo contrato de TV na casa de 8 bilhões de dólares para a MSL.

Financeiramente já não é possível disputar com os clubes norte americanos embora estejam ainda apenas engatinhando.

Qual a saída?

CATEGORIAS DE BASE.

Temos pé de obra ainda. Precisamos criar centros de excelência na formação de atletas mais eficiente que essas escolinhas franqueadas. Precisamos que sejam administrados pelo Corinthians por gente honesta e competente em revelar talentos e não extorquir familiares na peneira.

É complicado, porque até a lei joga contra quando permite que o empresário assine contrato profissional com os garotos antes do clube.

Dias atrás perdemos uma revelação da base para um clube europeu que burlou a lei oferecendo emprego para o pai do garoto, aí a família toda viaja e o menino vai jogar no clube.

O cenário é muito ruim pra gente. Cada vez mais, no mundo globalizado, vamos sendo espremidos dentro da nossa mediocridade.

Corneta . #43 @cesinha77 em 05/05/2015 às 01:09

Sinceramente esse lance de ser melhor do mundo ou estar entres os melhores do mundo é fábula. É impossível. No Brasil não dá. Com esse comando não dá. Com os jogadores que temos, triste isso, mas também não dá.

Então que tal sermos o maiores do Brasil e da América Latina durante alguns anos e não com lampejos ano sim ano não?

Tem que consolidar isso. Ganha uma Libertadores. Perde outra. Na outra nem vai. Pega mal isso aí.

Ganha um brasileiro e depois fica 3 anos sem vencer. Chato também.

Tem que trabalhar e muito para isso. E pagar as contas.

Menezes Sol #21 @fiel.menezes em 04/05/2015 às 23:52

Concordo! Pena que as administrações que passaram pelo Corinthians nunca se deram conta da grandeza desse clube, talvez na gestão do Andres Sanchez, houve uma gota de lucidez de boa administração, e ganhamos tudo o que ganhamos, imagina se isso tivesse continuidade, com certeza estariamos no nível de clubes europeus, mesmo sendo um Sulamericano.

Nilson Matheus Kawakami #178 @nilsonjp em 04/05/2015 às 23:44

Não [e o clube que não tem ambição, a verdade [e que somos igual na politica do pais, arrecadamos muito para os poucos que roubam, se houvesse mais transparencia, um presidente pago e responsável por atos e negocia;oes, teríamos um exemplo, não apenas de clube, mas de uma sociedade rica, prospera e justa!

Leandro Valentim #226 @leandrocvsccp em 04/05/2015 às 21:58

Sim bem isso kkk

Manoel #137 @cassanti em 04/05/2015 às 19:02

" "

Parece que a fonte da juventude fica na Vila Belmijo, jogadores do San7os com quase 40 anos de idade são chamados de meninos.

Carlos Alexandre Bortoloti #2.332 @alexbortoloti em 04/05/2015 às 21:53

Economicamente falando é impossível ser o maior do mundo, mais que hoje era pra já ter o estádio a muito tempo, com dinheiro sobrando, isso era sim.estamos que nem louco pra arrumar o Naming rights para nossa arena e o bayer ta pra oferecer uma quantia maior pelo passe do bale, aí já da pra ver a diferença.somos um país 3º mundo.ainda acho que depende só de nós e da nossa diretoria, (ser mais transparente), tinha que ter pelo menos 300mil sócios.