Citadini quer voto dos FIÉIS TORCEDORES como solução para a corrupção no Corinthians

Fórum do Corinthians
Tópico Épico Entenda as regras

Jorge #4.867 @jorginho.corinthians em 25/06/2015 às 10:23

Uma Nação de 40 milhões de torcedores e 4 mil eleitores.

Na reforma dos Estatutos do Corinthians, prometida para os próximos meses, um problema agudo do clube deve ser enfrentado. Embora possua milhões de fanáticos torcedores, espalhados por todo Brasil e que garantem uma grande audiência na TV, os destinos do clube no período das eleições fica nas mãos de poucos milhares de sócios eleitores. Nas últimas eleições -mesmo com todo esforço de mobilização- menos de 4 mil pessoas escolheram os dirigentes desta nação.

Trata-se de situação deplorável que precisa ser mudada. Exemplos não faltam em vários países, e até no Brasil.

O colégio eleitoral do Corinthians deve ser radicalmente alterado de forma a termos uma eleição que -verdadeiramente- represente os corinthianos.

No último pleito propusemos, em várias oportunidades, que fosse criado um sistema de integração entre os associados do clube e os membros do programa de Fiel Torcedor.

Inegavelmente o sistema do FT é um passo positivo para o Timão. E seus resultados mostram que foi um bom caminho.

Neste momento, parece adequado que os membros deste programa tenham direito de votar nas eleições para Diretoria e Conselho do Corinthians. Com isso, um importante contingente de corinthianos passariam a viver os problemas e soluções para as questões alvinegras.

Sei que há resistência por parte de sócios do clube. Dizem que com uma mudança desta o futebol tomaria toda a importância no Corinthians.

Mas afinal, o que é o Corinthians? É primeiro futebol, segundo futebol, terceiro futebol, quarto…

Ainda que seja relevante o clube social com seus departamentos (peteca, bocha, tamboréu, tênis, canindé etc) não podemos priorizá-lo em detrimento do futebol. No presente quadro, os interesses desses Departamentos é -na maioria das vezes- superior ao do torcedor do clube. Tanto é verdade que as diretorias investem até em exageros para manter os redutos eleitorais. É exemplo disso a distribuição de carterinhas de “assessores” dos muitos departamentos (segundo a própria diretoria por volta de 400) que cria uma casta com privilégios que vão de estacionamentos até cota de ingressos dos jogos.

Por outro lado, muitos dos sócios reclamam que os membros do Fiel Torcedor entrariam sem “comprar” o título. Não é bem assim. Primeiro porque os membros do FT pagam anuidades e segundo porque parte dos sócios do clube receberam o título por herança ou compraram em campanhas por preços reduzidíssimos.

Os membros do Fiel Torcedor seriam admitidos para votar e não para fazer parte do clube social. Seriam verdadeiros sócios do Futebol. E para votar teriam que ter o mesmo tempo de contribuição que têm os sócios patrimoniais. E estes poderiam migrar, também, para o sistema FT.

A hora dessa mudança é agora. O clube precisa de um colégio eleitoral que mobilize os corinthianos e não fique restrito aos Departamentos do clube social.

Uma mudança como essa seria uma revolução no futebol e -também- nos esportes olímpicos (natação, basquete, vôlei etc) que vivem esquecidos.

Uma alteração estatutária assim daria uma nova posição de destaque ao nosso Corinthians no mundo do futebol e dos esportes olímpicos.

Fonte: http://blogdocitadini.com.br/?p=5774

Curta a página do Movimento Fiel Torcedor com direito a voto no Facebook.

796 visualizações e 76 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhores respostas

Edgard Alan Souza #1.019 @edgard.alan em 25/06/2015 às 10:30

Associado Fiel Torcedor com 3 ou 5 anos de contribuição ininterrupta, deveria ter direito a voto

Paulo Silva #3.894 @pc.silva em 25/06/2015 às 13:13

Não sabia da alteração do estatuto. É bom nos organizar para, quem sabe, fazer valer a vontade da maioria.

Reforço a sugestão que já vi por aqui que é: jogador da base tem que ser 80% a 100% Corinthians. Os que não se enquadram nestes números, deverão ser dispensados.

Últimas respostas

Jorge Luiz De Souza #4.867 @jorginho.corinthians em 26/06/2015 às 11:11

Concordo com você nos ajude.

Movimento Fiel Torcedor com Direito a voto.

alcides #1162 @cidao22 em 25/06/2015 às 18:09

" "

Vamos nos mobilizar para podermos indicar o presidente e acho que quem leva o Corinthians nas costas são os torcedores e não os associados, pois muitos deles nem corinthianos são, apenas usufruem do clube social, pouco estão se 'lixando' para o futebol.

Publicidade

Jorge Luiz De Souza #4.867 @jorginho.corinthians em 26/06/2015 às 11:11

Concordo que todos os lados são corrompíveis, mas a missão é tornar cada vez mais difícil, lá dentro do PSJ a coisa está escancarada, estão trocando votos por ingressos de jogos, sem contar que fingem ter opisição, e o mesmo opisicionista financia a campanha do Andrés, e fica com vários jogadores da base que são patrimônio do Corinthians.

Jorge Luiz De Souza #4.867 @jorginho.corinthians em 26/06/2015 às 11:08

Não tem corrupção?

A corrupção começa nos votos para presidente, passa pelos favores a eleitores que vão desde isenção de pagamento através de remissão de títulos de sócio do Corinthians até distribuição gratuita de ingressos para jogos, é isso mesmo, você paga seu fiel e seu ingresso o sócio vai de graça pela troca do seu voto. Sem contar as falcatruas com comissões, venda de jogadores, fatias de promessas da base para falsos opositores, você nunca ouviu falar disso não? Falar isso é a mesma coisa de acreditar que o governo do PT não tem corrupção.

Cesar #22 @caesar1977 em 25/06/2015 às 22:07

" "

Que corrupção. A dele com Dualib?

Parem de bobagem. Nós estamos bem e não há nada de corrupção.

A um erro de gestão de Gobbi, não compactuada por Roberto Andrés Duílio etc.

Mas ele era presidente e fez a sua gestão. Acertou em umas e errou em outras.

O resto é papo furado porque deixamos de ser campeões 2014 e este ano.

Aqui é assim enquanto estiver ganhando pode roubar a vontade?

Citadini é bom dirigente, mas fala muita bobagem.

Não faria nada melhor que Roberto vem tentando reduzir a folha que deveria ter sido feita em 2013.

Jorge Luiz De Souza #4.867 @jorginho.corinthians em 26/06/2015 às 11:02

Verdade Paulo, começamos o movimento sozinhos e na raça, mas esse assunto era um fantasma dentro da diretoria e agora que começou a ser citado, mesmo por um político do clube, mas começou a ganhar corpo, e isso temos que divulgar também, porque a batalha é árdua, mas pode ter sucesso simmm...

Só não concordo com o seu item 4, porque fica impossível identificar e cadastrar pessoas pelo simples fato de ser corintiano, porque outros torcedores poderiam fazer bagunça com isso e se cadastrarem para atrapalhar, mas o restante foi muito bem explorado por você.

Paulo #61 @paulo.52 em 25/06/2015 às 23:13

" "

1) O pleito pelo direito de voto ao fiel-torcedor não deve ser usado como bandeira de situação ou oposição. É uma necessidade imperiosa a fim de dar representatividade ao dirigente eleito para gerir o time de futebol, exclusivamente;

2) Nesse sentido, duas devem ser as diretorias, uma para o futebol e outra para o Clube Social, com voto separado, pois os associados deste último não devem ficar sujeitos à direção do futebol, nem devem votar para elegê-la, e os candidatos a dirigentes do futebol não terão, também, que ser hauridos do Clube, necessariamente, sendo o voto restrito ao sócio-torcedor;

3) A fim de tranquilizar os sócios do Clube Social, deve haver um canal de financiamento do Clube, pelo futebol, através de um compromisso permanente, pois aquele primeiro não é autossuficiente, em suas finanças, e, ainda que, idealmente, deva perseguir essa autossuficiência financeira, e andar com suas próprias pernas, a direção de futebol não deve relegar o Clube e os sócios, pela acervo histórico que carregam e sentido de identificação da Instituição Corinthians;

4) Com o tempo, o direito de voto para eleger a direção do futebol deve ser estendido a todo corinthiano cadastrado, independentemente de fazer parte, ou não, do Programa Sócio-Torcedor (esse é um princípio de universalização do voto que deve ser perseguido em qualquer processo democrático, como ideal).

Jorge Luiz De Souza #4.867 @jorginho.corinthians em 26/06/2015 às 10:59

Na nossa ideia o voto teria o mesmo peso, só que o Fiel torcedor não teria direito a ingresso na parte social do clube... O social seria usado pelos sócios do clube, ou teriam que ter duas diretorias distintas, social e futebol.

Corneta #24 @cesinha77 em 25/06/2015 às 23:26

" "

Isso. O voto poderia até ter um 'peso' menor. Mas deveríamos ter direto ao voto sim. Claro que, comparecendo no clube durante o pleito votando na urna. Nada de internet nisso...

Jorge Luiz De Souza #4.867 @jorginho.corinthians em 26/06/2015 às 10:57

Essa de responsabilização deveria ser com uma Lei Federal, ou mudança de estatuto também... Muito boa a ideia.

Manoel #201 @cassanti em 25/06/2015 às 23:43

" "

Todos querem o nosso voto, até aí tudo bem, mas não vejo ninguém falar em se responsabilizar com os próprios bens, no caso de vir a causar danos às finanças do Clube por ato de improbidade!

Ercio Alendre #4.038 @juninhocps em 26/06/2015 às 05:39

Nesse caso eu concordo!

Edgard #1019 @edgard.alan em 25/06/2015 às 10:30

" "

Associado Fiel Torcedor com 3 ou 5 anos de contribuição ininterrupta, deveria ter direito a voto

Manoel Messias Vieira Ramos #201 @cassanti em 25/06/2015 às 23:43

Todos querem o nosso voto, até aí tudo bem, mas não vejo ninguém falar em se responsabilizar com os próprios bens, no caso de vir a causar danos às finanças do Clube por ato de improbidade!

Corneta . #24 @cesinha77 em 25/06/2015 às 23:26

Isso. O voto poderia até ter um 'peso' menor. Mas deveríamos ter direto ao voto sim. Claro que, comparecendo no clube durante o pleito votando na urna. Nada de internet nisso...

Edgard #1019 @edgard.alan em 25/06/2015 às 10:30

" "

Associado Fiel Torcedor com 3 ou 5 anos de contribuição ininterrupta, deveria ter direito a voto

Matheus Theodoro #3.624 @matheus2011 em 25/06/2015 às 23:22

Tenho batido nessa tecla. Da mesma forma que não faz sentido ter uma fazenda para criar gado para os seus vizinhos. Se não for do Timão tem que ser desligado. Eu estava apostando no Matheus Pereira, mas agora que eu sei que o Corinthians não tem nem 5% eu não quero nem saber se ele será melhor que o Messi. Quero que vá para outro lugar ou que o Corinhtians compre de volta, pelo mesmo valor que foi vendido, a sua porcentagem devida.

Paulo #3894 @pc.silva em 25/06/2015 às 13:13

" "

Não sabia da alteração do estatuto. É bom nos organizar para, quem sabe, fazer valer a vontade da maioria.

Reforço a sugestão que já vi por aqui que é: jogador da base tem que ser 80% a 100% Corinthians. Os que não se enquadram nestes números, deverão ser dispensados.