Fórum do Corinthians

Téo José, falou toda a verdade sobre o futebol brasileiro

Tópico Épico Entenda as regras
Foto do perfil de Yure

Ranking: 876º

Yure 2655 posts

Publicado no Fórum do Meu Timão em 02/07/2015 às 00:11
Por Yure Passos (@yurecena)

Nos últimos minutos do jogo Atlético Paranaense 2 x 1 São Paulo, o narrador Téo José deu sua contundente opinião sobre a formação de jovens jogadores no Brasil, depois de ver um lance em que um lateral esquerdo do São Paulo, formado na base, foi engolido por um jogador do Atlético, que aplicou um lençol no jovem.

O Narrador argumentou que apesar de o jovem estar em desvantagem no lance, o biotipo dele não ajudaria a se dar bem como lateral. Com isso, ele prosseguiu afirmando que no Brasil, os treinadores de base não estão nem aí e pouco conversam com os jovens da base. Disse que um bom treinador chegaria no atleta e sugeriria que trocasse de posição e fosse pra zaga, pela sua altura e pouca técnica.

Além disso, ele disse que depois do famoso 7 x 1 ele ficou mais atento a esses detalhes, como por exemplo, quando o time está ganhando e o técnico tira um meia e põe um volante, abrindo mão da técnica para priorizar a garantia de um resultado que muitas vezes não se mantém. Citou também que com esse estilo de jogar, o Brasil acaba perdendo para times como o Paraguai e Colômbia e tomando sufoco da Venezuela e do Peru, enquanto a Argentina simplesmente tritura esses times com um esquema ofensivo e substituições corretas, justamente porque o time Argentino é muito bom e foi feito pra vencer.

Considerações : Eu não esperava essa crítica por parte do Téo José, mas fico feliz por ainda termos narradores que criticam os problemas do futebol brasileiro e tentam abrir os olhos do público. Muitos consideram o futebol como parte do ' Pão e Circo ' que ocorre no Brasil, mas se nem o futebol está agradando, então a coisa está ficando muito feia pra gente.

1.461 visualizações e 36 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Foto do perfil de Nilson Matheus Kawakami

Ranking: 287º

Nilson 6328 posts

@nilsonjp em 02/07/2015 às 06:33

O que há de se fazer? Os times brasileiros, já adotaram os técnicos gauchos, que na maioria ou totalidade, jogam por uma bola, gostam de jogo pegado, cada um marcando um, atacantes que não voltarem para ajudar a defesa, vae pra reserva, Dunga, Mano, Tite...etc!

Publicidade

@joaquim em 02/07/2015 às 05:47

Realmente. Poucas vezes alguém comenta ou sabe taticamente o futebol. Na verdade só sabem fazer circo e inventar noticias.

Agora, falando do Corinthians, no outro a direção do Corinthians acertou que agora a cada 2 meses farão uma reunião a da base com o profissional. Isso explica a organização do Corinthians atualmente e o aproveitamento da base que nem de 2 em 2 meses esse pessoal estava preocupado.

Na verdade isso tem que ser feito na medida do possível todos os dias já que o Corinthians é um cabide de emprego com diretores para todos os lados e o que parece é que não vão diariamente no clube.

Foto do perfil de Corinthianudo Da Silva

Ranking: 1.921º

Corinthianudo 1307 posts

@corinthianudo em 02/07/2015 às 02:56

Algum jornalista ou ex jogador disse(não me lembro quem), só não sei se é mesmo verdade, que os técnicos da base recusam um menino franzino que trata bem a bola e aceitam um jogador mais forte e com menos técnica, porque não tem paciência de 'lapidar', segundo o jornalista ou ex jogador, o franzino habilidoso. Porque, segundo ele, o sistema brasileiro de Futebol hoje quer sair vendendo jogadores de forma mais rápida, em cima da fama que craques jovens, como Ronaldo e outros, fizeram fora do Brasil.

Acho que vi isto no Bem Amigos de segunda feira passada. E quero aproveitar pra dizer como o pessoal de lá é confuso, na minha opinião. Incluindo Ronaldo e Roberto Carlos que estavam lá, apesar de eu ter achado os comentários deles os menos piores ali. Ouvi cada coisa, digamos, estranhas sobre reforma do Futebol brasileiro, segundo a opinião deles.

Legais algumas coisas que o Teo disse, mas quero salientar que muitos pelo fórum já disseram coisas ainda melhores doq isso, como o Yure e muitos devem saber. Mas isso não tira o valor do tópico, que quer enfatizar, eu acho, a importância de alguém em rede nacional falar certas coisas. Esperamos que mais gente comece a falar coisas interessantes na TV sobre Futebol, apesar de não ser fácil isso acontecer.

Valeu, Yure! Por nos contar esta parada aí.

Foto do perfil de Mhiro Fiel

Ranking: 125º

Mhiro 10373 posts

@psiquiatra em 02/07/2015 às 01:53

Tudo começou quando principalmente depois da copa de 82 quando a mídia começou a bater que o Brasil devia copiar o estilo euroupeu de jogar bola, mas se esqueceram que lá os caras não tem a habilidade que os sul-americanos em geral tem naturalmente, mas que no caso do Brasil, de tanta escolinha funcionando no esquema lavagem cerebral pra criar jogadores tipo europeu, acabaram exterminando com o que era natural do jogador, a criatividade que geralmente surgia nos campinhos de varzeas e mesmo nas escolinhas que não eram obrigados a copiar europeus.

Vejam o Corinthians, com o Tite reciclado na Europa, faz 1 gol e voltam os 11 para trás da linha da bola, retranca mesmo, e aí poucas vezes dá certo, a maioria da fezes se ferra, empata e perde pontos importantes, sem falar no futebol jogado que fica horrível, tipo coisa de timeco pequeno, retranqueiro, etc.

Foto do perfil de Thiago G

Ranking: 18º

Thiago 31319 posts

@thiago000 em 02/07/2015 às 01:51

O problema ou o buraco é bem mais embaixo sugiro uma reportagem do roberto cabrine sobre as categorias de base do futebol brasileiro onde um empresario revela os esquemas e coloca um produtor dele que nunca deu um chute na bola como jogador de uma time de serie b pr a começar e quanto mais investir pode chegar até na seleção brasileira

Foto do perfil de Lincoln Garcia Silva

Ranking: 2.488º

Lincoln 990 posts

@liencoln em 02/07/2015 às 01:45

Se fossem dar moral a biotipo Messi não chegaria nos profissionais. Marquinhos teria que parar de jogar ao invés de ir pra Roma. O que acontece é que a maioria dos guris entram já com a pressão pra resolver os problemas dos times, e os que vingam não ficam por mais de um ano jogando no clube que revelou.

No Brasil não tem trabalho a longo prazo, técnicos tem que entrar já resolvendo e quando aparece algum treinador com uma postura diferente ele não tem tempo para fazer um bom trabalho. Cristóvão Borges é um exemplo de treinador novo e interessante que não tem oportunidade de fazer um trabalho completo, como o Tite fez no Corinthians até chegar ao mundial e como espero que faça com seu contrato de 3 anos e que alguns por aqui já querem a cabeça...

Outro problema dos guris é sem nem jogar no profissional já ser considerado craque, ter empresários pressionando pra jogar ou vender e o caráleo a 4...

E se formos falar da estrutura do futebol por aqui... Já escrevi muito

Foto do perfil de Flavio A Ferreira

Ranking: 3.994º

Flavio 548 posts

@flavioferreira em 02/07/2015 às 01:18

Estaria o futebol brasileiro ultrapassado?

Só a Europa evolouiu?

A nossa fabrica de criar craques esta parada?

Foto do perfil de Caique De Oliveira

Ranking: 4.100º

Caique 530 posts

@caique.de.oliveira1 em 02/07/2015 às 01:16

Vi o jogo na globo hoje, mas até o Cleber Machado tem dado seus pitacos nesse sentido, falando de futebol de aproximação e tudo mais, quando o futebol é mal jogado como tem sido, afeta muito a globo, a audiência cai e o produto futebol não valoriza... E se o futebol não é bem jogado os times todos vão mal e a seleção nem se fala... O problema tudo é base... Não se investe certo

Foto do perfil de Christian Do Valle

Ranking: 8.985º

Christian 143 posts

@christiandafiel em 02/07/2015 às 00:55

Não sei se todos vão entender o que vou dizer, mas vamos lá, vou me arriscar:

No filme Crepúsculo, tem uma cena em que o vampiro fala mais ou menos isso para a mocinha, a Bella: 'Eu sou uma máquina perfeita para matar, sou o maior predador do mundo, tudo em mim é feito para matar.'

Isso é também o DNA de um time vencedor, não apenas de um personagem de ficção! O Santos de Pelé tinha essa vocação, tomava 3 gols mas fazia 4 ou 5. A Seleção de 70 era assim... Mas o Corinthians não! O nosso time, com esse treinador retranqueiro e covarde, jamais será o predador do campeonato. Se fizer um gol, já se posta na retranca para garantir a vitória. Não existe a vontade de atacar, de aumentar o placar. Como disse o Parreira uma vez: 'o gol é só um detalhe'.

x