Quem é o dono da OMNI?

Fórum do Corinthians
Tópico Épico Entenda as regras

Thi #8.605 @thiaguinhocps em 08/07/2015 às 17:48

Quem é o dono da OMNI (desconfio de quem seja)e quantos % o dcorinthians ganha com fiel torcedor? Essa é mais uma caixa preta no Corinthians que precisa ser aberta.

4.583 visualizações e 46 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhores respostas

Leury Cavalcante #275 @jacaa em 08/07/2015 às 18:41

Verdade mano, ganham 70% do valor será? So pode ser isso quando roberto diz que ano passado arrecadou um micharia de 2,5 milhões de reais, isso não existe

Paulo Jose De O Lopes #3.833 @paulo.ooooo9 em 08/07/2015 às 19:11

Tem muita gente metendo a mão no Corinthians. E a torcida alienada babando ovo.

Últimas respostas

Vladimir Cibulskis #4.440 @vladimir.cibulskis em 22/04/2018 às 16:25

Milhares de torcedores estão aguardando a saída da OMNI e um novo e bom contrato para o Corinthians. Quando isso acontecer, o Fiel Torcedor bem administrado pagará as parcelas do Estádio, mês a mês. Sozinho o Fiel Torcedor pagará o Estádio. Promoções, brindes, eventos... Falta muito ao Fiel Torcedor.

Publicidade

Rogerio Pavan #650 @rogerpavan em 16/03/2018 às 23:40

E ai amigo descobriu? Porque até hoje eu não sei.

Eduardo Ferreira #4.261 @eduh001 em 30/01/2018 às 18:14

Tem fonte?

alcides #1159 @cidao22 em 17/02/2017 às 22:09

" "

A OMNI, que possui capital social de apenas R$ 10 mil, estando localizada, em sede alugada, na Rua Brigadeiro Vilela, nº 114, em nome da Sra. Marta Alves de Souza Cruz, ingressou no Corinthians assim que Andrés Sanchez assumiu a presidência, em 2007, por indicação de Luis Alberto Bussab (então diretor), com o nome de OMNISYS, à época, sediada na própria residência de sua proprietária (no papel), Rua Fernando Pessoa, 462.

Sua função era controlar o acesso de associados no clube, além do banco de dados do Corinthians.

Pouco tempo depois, foi denunciada pela ex-controler alvinegra, Nilza Fiuza, que havia brigado, à época, com Andrés, de operar um esquema de 'Caixa 2' no Parque São Jorge, além de fraudar a lista de eleitores.

Anos depois, já com o nome de OMNIGROUP, com a anuência do Conselho Deliberativo alvinegro (que, com medo de Andrés Sanchez, não teve coragem de, mesmo com as provas em mãos, expulsar a empresa pelos desvios de conduta do passado), indicou o fornecedor das urnas eletrônicas das últimas eleições, absolutamente contestadas pela oposição.

A OMNI, mesmo com histórico complicado, acabou, antes, agraciada com a conta do 'Fiel Torcedor', pela qual é remunerada em expressivos 50% de comissão sobre a comercialização do plano, quando o praxe de mercado é pagar entre 10 e 30%.

Em 2015, por exemplo, recebeu R$ 6 milhões.

Esse pequeno histórico de favorecimentos à OMNI (que inclui, até, dar o nome da empresa a um teatro dentro do Parque São Jorge), serve como preambulo para revelar que, dentro do Corinthians, apesar da empresa estar em nome da Sra. Marta Alves (de posses e currículo modestos), todos sabem que o verdadeiro proprietário seria o deputado federal Andrés Sanchez (PT).

Razão pela qual, o dirigente alvinegro ofereceu a empresa ao Bradesco (não foi o banco que demonstrou interesse inicial), como forma de, se fechado o negócio, receber, por intermédio de terceiros (no caso, terceira), o valor da pretendida comissão, cerca de R$ 90 milhões (além do montante negociado com clube).

Alcides Araújo #1.159 @cidao22 em 17/02/2017 às 22:09

A OMNI, que possui capital social de apenas R$ 10 mil, estando localizada, em sede alugada, na Rua Brigadeiro Vilela, nº 114, em nome da Sra. Marta Alves de Souza Cruz, ingressou no Corinthians assim que Andrés Sanchez assumiu a presidência, em 2007, por indicação de Luis Alberto Bussab (então diretor), com o nome de OMNISYS, à época, sediada na própria residência de sua proprietária (no papel), Rua Fernando Pessoa, 462.

Sua função era controlar o acesso de associados no clube, além do banco de dados do Corinthians.

Pouco tempo depois, foi denunciada pela ex-controler alvinegra, Nilza Fiuza, que havia brigado, à época, com Andrés, de operar um esquema de 'Caixa 2' no Parque São Jorge, além de fraudar a lista de eleitores.

Anos depois, já com o nome de OMNIGROUP, com a anuência do Conselho Deliberativo alvinegro (que, com medo de Andrés Sanchez, não teve coragem de, mesmo com as provas em mãos, expulsar a empresa pelos desvios de conduta do passado), indicou o fornecedor das urnas eletrônicas das últimas eleições, absolutamente contestadas pela oposição.

A OMNI, mesmo com histórico complicado, acabou, antes, agraciada com a conta do 'Fiel Torcedor', pela qual é remunerada em expressivos 50% de comissão sobre a comercialização do plano, quando o praxe de mercado é pagar entre 10 e 30%.

Em 2015, por exemplo, recebeu R$ 6 milhões.

Esse pequeno histórico de favorecimentos à OMNI (que inclui, até, dar o nome da empresa a um teatro dentro do Parque São Jorge), serve como preambulo para revelar que, dentro do Corinthians, apesar da empresa estar em nome da Sra. Marta Alves (de posses e currículo modestos), todos sabem que o verdadeiro proprietário seria o deputado federal Andrés Sanchez (PT).

Razão pela qual, o dirigente alvinegro ofereceu a empresa ao Bradesco (não foi o banco que demonstrou interesse inicial), como forma de, se fechado o negócio, receber, por intermédio de terceiros (no caso, terceira), o valor da pretendida comissão, cerca de R$ 90 milhões (além do montante negociado com clube).

Diogo Timão Rj #989 @diogo.figueira em 13/01/2016 às 12:33

Infelizmente nada os caras parecem empresa fantasma não tem nada na internet

Everton #161 @everton.r.carlos em 27/12/2015 às 14:04

" "

E ai amigo conseguiu alguma pista desta empresa?

Juliano Ronze Silva #1.725 @jronze em 27/12/2015 às 19:38

George Junior @george.junior2 em 27/12/2015 às 16:39

Leury, pelo o que estava lendo numa reportagem da Folha, é repassado a empresa OMNI 50% do valor da receita do sócio torcedor. Este contrato foi alterado na gesto Roberto de Andrade.

leury #275 @jacaa em 08/07/2015 às 18:41

" "

Verdade mano, ganham 70% do valor será? So pode ser isso quando roberto diz que ano passado arrecadou um micharia de 2,5 milhões de reais, isso não existe

Everton R. Carlos #161 @everton.r.carlos em 27/12/2015 às 14:04

E ai amigo conseguiu alguma pista desta empresa?

Diogo #989 @diogo.figueira em 08/07/2015 às 19:07

" "

Dei uma olhada o nome é parecido mas o cnpj e de uma loja na zona norte de SP...

Tem alguma sujeira no meio, a empresa esta maqueada, não se tem informações dela na internet... Qual é a intenção de se esconder as informações?

Sou contador, faço várias consultas de empresas todos os dias tanto na Jucesp quanto na receita federal...

Se eu conseguir descobrir vou postar aqui.

Toninho Cata #353 @toninho.cata em 27/12/2015 às 12:48

Se for essa mesma, fiz uma pesquisa e eles tem 3 funcionários, que filão eles ganharam hein?

Marcelo Chiqueto Rodrigues #3.237 @marcelo.chiqueto.rod em 09/07/2015 às 17:58

Aí fica difícil. Pelos comentários que li nesse post, a pessoa se associa ao fiel torcedor e a maior parte da grana vai para terceiros? Fica complicado assim. Mais uma falta de transparência.