O Anticorinthianismo e o Papel da Imprensa: Um Caso Paradigmático

Fórum do Corinthians
Tópico popular Entenda as regras

Paulo #58 @paulo.52 em 07/08/2015 às 23:06

Dia 26/04/1998 – Segundo jogo da semifinal do Campeonato Paulista, lá Bambinera, Corinthians x Portuguesa, árbitro Javier Castrilli (Argentina).

O placar foi inaugurado pela Lusinha, em lance originado de claro impedimento do centroavante Evair, que recebeu adiantado e fez o cruzamento que resultaria, na sequência, no primeiro gol da partida (nota: o próprio Evair, vendo depois o lance na TV, reconheceu um impedimento de um metro, pasmem).

O mesmo jogador, em lance na área do seu time, já no segundo tempo, deu uma gravata no zagueiro Cris, do Corinthians, que resultou na assinalação de pênalti claríssimo para o Time do Povo, convertido por Marcelinho Carioca.

Quase no final da partida, o jogador luso Da Silva recebe assistência pra gol, em impedimento (pasmem todos, reconhecido pela imprensa), e põe a APD em vantagem, novamente.

Aos 46 minutos, porém, o zagueiro luso César intercepta escanteio cobrado em sua área com a mão, segundo o árbitro, que aponta pênalti, convertido por Rincón, dando números finais à partida, terminada em 2×2. O empate beneficia o Corinthians, que, por ter melhor campanha, se classifica para a final do Campeonato.

César sai chorando copiosamente de campo, e é logo cercado por repórteres, que registram sua contrariedade e revolta.

Milton Fezes, que na época apresentava um programa pós jogo, na Rádio Jovem Pan (se não me falha a memória, mas pouco importa), sequioso por polêmica, fez um escândalo, daqueles a que poucos vezes tive a oportunidade de ver ou ouvir, compartilhando, repercutindo e ampliando, por horas a fio e nos dias seguintes, a indignação de César e acusando o árbitro de “desonesto” (acusação que temperou, naturalmente, ao seu estilo evasivo e covarde), o que se espraiou pela imprensa da época.

Até hoje esse jogo é citado, pela imprensa anticorinthiana e pelos antis, de um modo geral, como modelo paradigmático de arbitragem facciosa pró-Corinthians.

Agora, eu indago: Numa partida em que o adversário faz dois gols irregulares, e sofre um SUPOSTAMENTE nessa mesma condição, sem falar na expulsão de nosso principal jogador, Marcelinho Carioca, num momento crucial da partida, pode-se dizer, com um mínimo de honestidade intelectual e vergonha na cara, que fomos ajudados?

O fato é que essa partida ainda povoa o imaginário anticorinthiano (e revolta a todo fiel que assistiu àquela partida), sendo utilizado por muitos como prova de existência do malfadado 'apito amigo' corinthiano (expressão que, salvo engano, foi cunhada naquela tarde, e que viria a nos causar imensos prejuízos de arbitragem, doravante), constituindo-se na maior mentira da história do jornalismo esportivo brasileiro de todos os tempos, só comparável, nos anais da imprensa em geral, ao caso da Escola Base, em que uma família que administrava uma pequena escola infantil, em São Paulo, sofreu todo tipo de execração pública, catalisada pela imprensa, por uma acusação de pedofilia, que, depois, se mostrou falsa. Essa família foi destruída e jamais se recuperou desse duro golpe.

Nós, corinthianos, sobrevivemos, ainda que a um preço elevadíssimo, em matéria de danos a nossa imagem e integridade moral. Sobrevivemos para contar essa história e condenar aqueles que deturparam - e inverteram - os fatos então ocorridos, com intenções inconfessáveis, e cujos efeitos se propagaram no tempo, produzindo reflexos até hoje.

825 visualizações e 23 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhor resposta

José Pereira #36 @altaneiro em 08/08/2015 às 07:46

É meu camarada, essa é a imprensa brasileira, capaz de transformar um ladrão safado 'caçador de marajás' em presidente da república, eles manipulam a opinião pública ao bel prazer, e infelizmente como o Brasil tem uma imensa maioria de sua população beirando a ignorância, se torna preza fácil desse safados, que se dizem jornalistas. Esse é um episódio que deveria ser passado a limpo, alguém do Corinthians, o assessor de imprensa, por exemplo, deveria convocar algum jornalista isento, que fizesse uma matéria retratando tudo isso que você escreveu, e mostrasse que o grande prejudicado daquele dia foi o Corinthians, e que até hoje tem suas vitórias contestadas e o pior é prejudicado sumariamente pelas arbitragem e a imprensa não repercute dá mesma forma que faz com o contrário! Outro episódio lamentável da imprensa é daquele fatídico jogo contra os Chorolados em 2005, até hoje não engulo tudo o que tripudiaram em cima do Corinthians, num lance que o próprio Tinga levantou dizendo ao árbitro, não foi pênalti, mas não me expulsa por favor, e ninguém levou isso em consideração, nojo, essa é a palavra!

Últimas respostas

José Pereira #36 @altaneiro em 09/08/2015 às 20:55

Esse foi apenas um de muitos gols impedidos do bambys esse ano, mas ninguém comenta, dá nojo isso!

Celso #68 @celso.1.primeiro em 09/08/2015 às 11:55

" "

O pior É que eles fazem muita pressão e os árbitros tendem a errar contra nós.

Esse lance do tinha É no vento, não foi nada. É mesmo se fosse, qual time foi campeão nos pontos corridos sem ter algum lance polêmico A favor em algum jogo?

Esta mesma mídia é abque se calou diante do gol impedido se Borges que deu o TÍTULO aos bambis em 2008

Publicidade

Karine Duarte #171 @karine.duarte em 09/08/2015 às 13:46

Os antis são todos frustrados, sem mais

Celso #68 @celso.1.primeiro em 09/08/2015 às 11:49

" "

A mídia anti sempre nos detonando. Somos quase sempre vítimas e eles distorcem e nos fazem de vilões.

Igor Machado Serra #2.331 @igorserra em 09/08/2015 às 13:08

O Corinthians foi prejudicado em 2007 com a entregada do Inter para o Goais culminando em nosso rebaixamento, 2008 contra o Sport na Copa do Brasil, em 2010 com ajudas intermináveis ao Fluminense as entregas de Bambis e Porcas, em 2011 durante 5 jogos seguidos na reta final e mesmo assim fomos campeões

Em 2012 contra o Boca, 2012 fomos os mais prejudicados segundo o site placar real por erros sucessivos que ajudaram o Fluminense, lutaríamos pelo título nas rodadas finais mesmo com o trabalho de preparação para o mundial,

Essas são somente algumas das mais recentes que eu lembro, mas o que quero dizer que esses vagabundos que falam o contrario são é despeitados pelo amor que veem no Corinthians e jamais verão em suas equipes, Esses tem que pagar pelo que acusam e não tem como provar

Leonardo #521 @leoclausi em 09/08/2015 às 12:50

" "

Amigo em 2010 na reta final do brasileiro, roubaram o Corinthians 2x, principalmente contra o Guarani em campinas (anularam 2 gols legais)e contra o Vitória no barradao na 36a rodada, o simon inventou um pênalti para o Vitória e perdemos o título, E por causa de um pênalti contra o Cruzeiro que foi, a mídia fez um chororô sem fim. Outro exemplo. O amarilla nos Tirou descaradamente da Libertadores 2006 e 2013, e ninguém falou nada. Essa mídia é ridícula

Igor Machado Serra #2.331 @igorserra em 09/08/2015 às 12:57

Num país que qualquer um acusa impunemente qualquer outro que não faça parte da elite e nada acontece, pelo contrário, ainda é aclamado como defensor dos bons costumes, o que podemos esperar?

Temos que nos unir e meter processos e protestos contra esses criminosos que povoam a imprensa, meter na cadeia, encher de dívidas e etc, acusaram, tem que provar, por favor que estejamos unidos.

Uni-vos Corintianos, Vamos à forra!

Leonardo Clausi #521 @leoclausi em 09/08/2015 às 12:50

Amigo em 2010 na reta final do brasileiro, roubaram o Corinthians 2x, principalmente contra o Guarani em campinas (anularam 2 gols legais)e contra o Vitória no barradao na 36a rodada, o simon inventou um pênalti para o Vitória e perdemos o título, E por causa de um pênalti contra o Cruzeiro que foi, a mídia fez um chororô sem fim. Outro exemplo. O amarilla nos Tirou descaradamente da Libertadores 2006 e 2013, e ninguém falou nada. Essa mídia é ridícula

Baltazar Oswaldo Silva #5 @baltazar.1954 em 09/08/2015 às 12:30

Pior que a população vai nessa.

E quando nós respondemos aos ataques dos antis que têm um time de coração mostrando a prova, vêm os antis ateus em termos futebolísticos falar que ficamos esquentando a cabeça com futebol enquanto os caras ganham muita grana.

Celso #68 @celso.1.primeiro em 09/08/2015 às 11:49

" "

A mídia anti sempre nos detonando. Somos quase sempre vítimas e eles distorcem e nos fazem de vilões.

Baltazar Oswaldo Silva #5 @baltazar.1954 em 09/08/2015 às 12:28

E o gol do Túlio impedido em 95 só virou todo esse mafuá porque foi contra o San7os, se fosse contra nós teriam esquecido.

Celso #68 @celso.1.primeiro em 09/08/2015 às 11:55

" "

O pior É que eles fazem muita pressão e os árbitros tendem a errar contra nós.

Esse lance do tinha É no vento, não foi nada. É mesmo se fosse, qual time foi campeão nos pontos corridos sem ter algum lance polêmico A favor em algum jogo?

Esta mesma mídia é abque se calou diante do gol impedido se Borges que deu o TÍTULO aos bambis em 2008

Leonardo M #1.483 @leo84 em 09/08/2015 às 12:19

Só pra constar, o primeiro gol da lusa o Evair não estava impedido.

Celso Jadiel #68 @celso.1.primeiro em 09/08/2015 às 11:55

O pior É que eles fazem muita pressão e os árbitros tendem a errar contra nós.

Esse lance do tinha É no vento, não foi nada. É mesmo se fosse, qual time foi campeão nos pontos corridos sem ter algum lance polêmico A favor em algum jogo?

Esta mesma mídia é abque se calou diante do gol impedido se Borges que deu o TÍTULO aos bambis em 2008

José #36 @altaneiro em 08/08/2015 às 07:46

" "

É meu camarada, essa é a imprensa brasileira, capaz de transformar um ladrão safado 'caçador de marajás' em presidente da república, eles manipulam a opinião pública ao bel prazer, e infelizmente como o Brasil tem uma imensa maioria de sua população beirando a ignorância, se torna preza fácil desse safados, que se dizem jornalistas. Esse é um episódio que deveria ser passado a limpo, alguém do Corinthians, o assessor de imprensa, por exemplo, deveria convocar algum jornalista isento, que fizesse uma matéria retratando tudo isso que você escreveu, e mostrasse que o grande prejudicado daquele dia foi o Corinthians, e que até hoje tem suas vitórias contestadas e o pior é prejudicado sumariamente pelas arbitragem e a imprensa não repercute dá mesma forma que faz com o contrário! Outro episódio lamentável da imprensa é daquele fatídico jogo contra os Chorolados em 2005, até hoje não engulo tudo o que tripudiaram em cima do Corinthians, num lance que o próprio Tinga levantou dizendo ao árbitro, não foi pênalti, mas não me expulsa por favor, e ninguém levou isso em consideração, nojo, essa é a palavra!

Celso Jadiel #68 @celso.1.primeiro em 09/08/2015 às 11:49

A mídia anti sempre nos detonando. Somos quase sempre vítimas e eles distorcem e nos fazem de vilões.