Já que o Andrés falou em valor do metro quadrado da Arena Corinthians, vou requentar um tópico

Fórum do Corinthians
Tópico Lendário Entenda as regras

Celso #68 @celso.1.primeiro em 15/08/2015 às 17:07

http://www.meutimao.com.br/forum-do-corinthians/bate-papo-da-torcida/182048/arena_corinthians_valor_da_obra_em_si_x_valor_da_operacao_total_comparativo_com_outras_arenas

ARENA CORINTHIANS: VALOR DA OBRA EM SI X VALOR DA OPERAÇÃO TOTAL. COMPARATIVO COM OUTRAS ARENAS

Muito se discute sobre o valor da construção da Arena Corinthians. Alguns torcedores corinthianos que passaram anos e anos ouvindo que não tínhamos estádio, e, de certa forma, até estavam acostumados com o Pacaembu, agora, resolveram gritar e reclamar sem parar, sem analisar nada, absorvendo tudo que dizem por aí sobre nossa arena.

A imprensa joga no ar o valor de 1,15 bilhão e falam em superfaturamento, que foi absurdo, etc. Apurar os detalhes, eles não fazem, pelo contrário, aumentam tudo e insinuam covardemente.

Nossa obra é a de melhor custo benefício, sendo que foi a que menos “mentiu” quanto a os números e a qualidade.

O SCCP tem um estádio de 190 mil metros quadrados de pura qualidade, pois temos acabamento de ponta luxuoso, grandes espaços de circulação, grandes áreas para eventos (50 mil metros quadrados em mais de 6 tipos diferentes de espaços), 90% das áreas climatizadas, 100% das áreas internas com forro (não se tem notícia de um estádio no mundo 100% forrado), banheiros espetaculares com tecnologia de ponta, hall monumental, amplo espaço externo etc. É importante observar que as obras continuam o que deixará nossa casa melhor ainda. Os setores norte e sul, os “populares”, ganharão retoques finais em suas áreas de circulação, que representam menos de 10% da área total da obra. E mesmo estes 10% já tem acabamento e qualidade superior ao das outras arenas. Quando colocarem o piso externo e fizerem o acabamento das escadas e alguns outros retoques, ficará tudo bonito nestes setores.

A Arena Corinthians foi orçada em 820 milhões e custou 890 milhões, ou seja, teve aumento de cerca de 10%, um percentual normal quando se envolve uma grande obra. No Brasil a média foi as arenas dobrarem de valor.

Nossa arena tem muitos itens que só se comparam com a AT& Stadium (Dallas Cowboy dos EUA) e Wembley, obras que custaram mais de 2 bilhões, ou seja, fizemos milagre com este valor. Ela vale seu preço, teve preço de Ferrari e é, na prática, uma Ferrari. E tem mais, ela é a que tem maior potencial de arrecadação, a que tem mais espaços e estrutura para eventos extra jogos.

Muitos dizem: “ há mas e o valor total de 1,15 bi?”

Este valor acima dos 890 milhões não vem da obra, isto se deve a toda a operação financeira que foi prejudicada pelos seguintes fatos alheio ao clube:

- O valor do BNDES demorou cerca de 2 anos para ser liberado. Criaram empecilhos em tudo para a nossa obra, enquanto outros clubes e arenas receberam tudo rapidamente;

- O gasto da estrutura temporárias da abertura (equipamentos e instalações para abrigar a comitiva da fifa e os patrocinadores, bem como para os jornalistas) foi pago pela arena. Ocorre que quem bancaria tudo isso era o poder público, mas, devido à pressão da mídia anti, cedeu e empurrou a conta para a Arena Corinthians. O Corinthians não pôde se negar a pagar, já que estava na mão do poder público, pois os cids e o empréstimo do BNDES estavam atrelados à abertura da copa;

- Os cids demoraram para serem expedidos, e, mesmo assim, quando foram liberados, um promotor, com declarações clubísticas, resolveu mover uma ação que já nasce “morta”, ou seja ele sabe que perderá, mas também sabe que com isso atrapalha o planejamento da arena, já que o processo pode se arrastar por anos. Isenção fiscal existe no Brasil há décadas, para a Zona Leste de SP a lei é antiga, serve para todos, ou seja, não há ilegalidade nos cids;

A arena, para bancar todos estes contra tempos, teve que pegar empréstimos pontes no mercado a juros altos, pois a obra não poderia parar esperando tudo isso. O resultado foi um aumento da operação total da arena em cerca de 250 milhões, ou seja o que aumentou não foi o preço da obra em si, mas o valor da operação.

Agora eu pergunto, será que se fosse um outro clube a operação sofreria estes entraves, estas “facadas”? Claro que não!

Nada para o Corinthians é fácil amigos, a arena Corinthians é uma “guerreira” . Ela vem sofrendo ataques desde quando estava no papel.

Se não fosse esta perseguição dos antis, a encurralada para que bancássemos a festa da fifa e seus patrocinadores, se o empréstimo do BNDES saísse logo, bem como os CIDS fossem liberados rapidamente, a obra tinha ficado nos 890 milhões.

E as outras arenas?

As outras arenas estouraram e muito o orçamento. A arena do Grêmio estourou e 50%. A da porcada e do Atlético PR quase dobraram de valor.

A arena do Grêmio(a 2ª melhor do país, pois é grande e tem acabamento pelo menos razoável) tem área construída próxima da nossa, mas em tecnologia, conforto e acabamento, dentre outros itens, não chega perto da nossa. Ou seja, saiu mais caro o custo benefício, sem falar que estourou o orçamento em quase 70%, motivo para a mídia criticar, mas eles se calam.

O Allianz Parque e o a arena da baixada são bem inferiores, a maioria dos setores nem reboco tem, fios a mostra, canos, piso de cimento em 80% da áreas, iluminação comum, dentre outras precariedades.

Não vou falar em gramado porque é covardia!

Num calculo simples sobre os custo do Allianz Parque (dividindo o valor da arena pela área construída de cerca de 90 mil metros quadrados) chega-se a um valor de cerca de R$ 7.100,00 o valor do metro quadrado.

Já nossa arena, que tem cerca de 190 mil metros quadrados, o dobro daquela, área parecida com a do maraca e a do Grêmio, teve um custo de cerca de R$ 4.650,00 o metro quadrado.

Ou seja, um custo bem menor. Ou seja, temos uma arena padrão Dubai custando R$ 4.650,00 o metro quadrado e outras arenas (dentre elas a Allianz padrão viaduto) custando muito mais.

O cálculo da arena do Grêmio fica parecido com o nosso, mas, como afirmei, a obra é bem inferior.

E tem torcedor que pergunta: “há mas estádio tal cabe mais gente e nossa cabe menos e custou mais” .

Essa lógica não serve para calcular valor de arena. O que vale é área construída. Só nosso prédio oeste é quase do tamanho do Allianz parque e fonte nova. A arena poderia, se quisesse, rapidamente ter 2 rampas simples com 50 degraus atrás dos gols (como o tobogã do Pacaembu), com área de circulação minúscula, com banheiros simples embaixo, sem acabamento, tudo de terceira qualidade, como nas outras arenas. Isto custaria no máximo 50 milhões. Ou seja, capacidade total não pode ser atrelado ao valor final.

O atlético PR, que obteve benefícios diretos do governo, colocou uma espécie de teto solar (comum, quadrado) em seu fusquinha e acha que tem uma Ferrari . Vejam como é o acabamento da maior parte daquele fusca:

E a nossa

O detalhe é que nosso teto grandioso, forrado, curvado, com destaque no formato, custou mais do que este teto comum quadrado da arena da baixada. Entre os arquitetos nossa cobertura tem destaque, a deles quadrada comum, não.

Agora, será quanto ficaria o valor destas arenas se fossem colocar piso de mármore (pigue, importado, custando cerca de 250,00 o metro) e climatizar 90% das áreas, forrar 100% da cobertura e 100% das áreas internas, ter uma painel de LED de 120m X 30m, 4 telões de 225m2 (os maiores do mundo em árenas de futebol), cinturões de LED, gramado climatizado, fachadas de vidro curvado importado, melhor iluminação de campo do mundo (dentre outros itens)?

Quanto custaria dobrar a área construída do Allianz?

A mídia acha que porque o Allianz tem 2 telões de 125m2 ela é super moderna, já a nossa com todo o amparato tecnológico é tida como comum, palhaçada isso!

E porque eles não divulgam que a obra do Allianz dobrou de preço? Porque não insinuam superfaturamento?

A nossa pode até ter tido desvios, como qualquer negócio do mundo. Mas pelo que foi entregue não existe muita margem para desvios, como falei, ela tem nível de Wembley e Dallas que custaram mais de 2...

2.049 visualizações e 76 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhores respostas

Celso Jadiel #68 @celso.1.primeiro em 15/08/2015 às 17:23

Continuando

Uma obras dessas por 890 milhões é até um espanto, em se tratando de Brasil. A diferença entre a nossa e as outras é abismal, você sai do mármore para o cimento bruto, do ar condicionado para o calor, do forro lindo para os canos e fios à mostra, do acabamento em madeira ou reboco com massa corrida pintada para tijolos pitados, do telão de 225 ara telões de 80 a 125 m2 e por...

Bombaxini, Ronaldo #111 @bombaxini em 15/08/2015 às 19:22

Nada se compara a nossa Mansão!

Pelo menos não no Brasil!

Vale a pena cada centavo! Ela já é nossa principal arma!

Últimas respostas

Marcelo Guedes Gonçalves #357 @polemikonoar em 24/08/2015 às 09:09

Só otário para acreditar nesses politicos #[email protected]%.

Ancelmo #2571 @aguiaumdois em 22/08/2015 às 15:41

" "

Quem tiver provas. Apresente. E vamos cobrar de quem quer que seja;

Publicidade

Celso Jadiel #68 @celso.1.primeiro em 22/08/2015 às 18:43

A mídia distorce tudo para nós atacar. O melhor contrato é o nosso.

ODaniL #907 @daniellima em 17/08/2015 às 16:16

" "

Ah sim. Nessa parte ficou claro. Na verdade o que fiquei curioso era no fato dos 2 clubes citados (Grêmio e Palmeiras) terem entrado na justiça para poder receber o dinheiro de forma antecipada. Não me recordo de ter lido em nenhum lugar sobre isso. É como se esse fato estivesse sendo omitido pela imprensa esportiva. E durante a entrevista me deu a entender que isso pode dar problema para esses clubes já que ao fazer isso eles estão infringindo o contrato com as gestoras do estádio. Mas de qualquer foram valeu pelo esclarecimento.

Celso Jadiel #68 @celso.1.primeiro em 22/08/2015 às 18:40

Muitos falam por falar só vêem defeitos

Ancelmo #2571 @aguiaumdois em 22/08/2015 às 15:41

" "

Quem tiver provas. Apresente. E vamos cobrar de quem quer que seja;

Ancelmo Lopes Da Silva #2.571 @aguiaumdois em 22/08/2015 às 15:41

Quem tiver provas. Apresente. E vamos cobrar de quem quer que seja;

Marcelo #357 @polemikonoar em 17/08/2015 às 15:54

" "

E a comissão do Andrés?

Celso Jadiel #68 @celso.1.primeiro em 17/08/2015 às 18:00

Não é bem assim não.

Os outros torcedores bajulam a casa do Palmeiras para nos atingir, por ex.

Bajulam os bambis para nos atingir, dentre outras coisas.

Veja que esta perseguição dos cids tá fazendo a arena ter um prejuízo de mais de 100milhões com empréstimos pontes.

Esta perseguição fez a prefeitura ceder a pressão e deixar de pagar os gastos das instalações da fifa na abertura (fan fest), deixaram a bomba na mão do Corinthians e nos ferramo com maisde 80milhões de despesas.

Para agir contra o Timão, as outras torcida se unem

aresilva #717 @adelcio em 17/08/2015 às 16:06

" "

é impossível que um torcedor adversário aceite qualquer coisa que inferiorize o seu time, é capaz de um torcedor do flamerda falar que o ninho do urubu é melhor que o CT do Timão, simplesmente por não reconhecer que tem algo pior, é assim, sempre foi assim. Não adianta dar murro em ponta de faca, só acho que os investidores não tem paixão clubística e só colocam dinheiro onde pode render alguma coisa, e isto será levado em consideração quando analisarem o nosso estádio, suas instalações e a fiel de 35 milhões de pessoas. Vai Corinthians!

Odanil L #907 @daniellima em 17/08/2015 às 16:16

Ah sim. Nessa parte ficou claro. Na verdade o que fiquei curioso era no fato dos 2 clubes citados (Grêmio e Palmeiras) terem entrado na justiça para poder receber o dinheiro de forma antecipada. Não me recordo de ter lido em nenhum lugar sobre isso. É como se esse fato estivesse sendo omitido pela imprensa esportiva. E durante a entrevista me deu a entender que isso pode dar problema para esses clubes já que ao fazer isso eles estão infringindo o contrato com as gestoras do estádio. Mas de qualquer foram valeu pelo esclarecimento.

Celso #68 @celso.1.primeiro em 17/08/2015 às 16:03

" "

A arena é nossa. Temos um fundo com 3 partes (Odebrecht, BB e SCCP) que tomam as decisões. Mas quem toca a arena é o Timão.

As outras partes apenas recebem pagamentos, e à medida que vamos pagando eles vão saindo do fundo. Nós remuneramos os parceiros pelo que eles investiram na obra.

Os outros times são reféns das parceiras, já que no caso deles as parceiras mandam e lucram.

Na nossa as parceiras são apenas pagas pelo que investiram, lá nos porcos eles lucram de uma forma tabelada, independente do total.

No Corinthians, quando pagarmos os parceiros do fundo saem. Nos porcos não, mesmo que a WT chegue no valor que investiu eles ficam lucrando até 30° ano kkkk

Nosso caso é como um taxista, paga o carro com o seu trabalho. Se arrecadar somente a prestação, paga-se apenas ela, se arrecadar a mais pode abater mais ainda o débito ou simplesmente ficar com o lucro a cada mês. O banco financiador não é parceiro das rendas do taxista, ele recebe apenas o valor do contrato. No dia que o taxista pagar tudo, ele deixa de dar satisfação ao banco.

No caso dos porcos e dos outros, o banco, além de receber a grana da parcela do taxi, participa do lucro dos taxista por 30 anos.

Aresilva Silva #717 @adelcio em 17/08/2015 às 16:06

é impossível que um torcedor adversário aceite qualquer coisa que inferiorize o seu time, é capaz de um torcedor do flamerda falar que o ninho do urubu é melhor que o CT do Timão, simplesmente por não reconhecer que tem algo pior, é assim, sempre foi assim. Não adianta dar murro em ponta de faca, só acho que os investidores não tem paixão clubística e só colocam dinheiro onde pode render alguma coisa, e isto será levado em consideração quando analisarem o nosso estádio, suas instalações e a fiel de 35 milhões de pessoas. Vai Corinthians!

Adam #2462 @adam.fares em 17/08/2015 às 12:40

" "

Concordo plenamente! Sempre fiz isso e entrei em várias discussões durante muito tempo! Uma hora cansou e eu percebi que por mais que apresentemos fatos e argumentos a maioria é tão ignorante que dá pena! É como jogar xadrez com um pombo! Enfim...decidi ficar na minha e curtir nosso estádio apenas! A vida fica mais fácil hahaha

Nelmario Rios #1.369 @nilmario em 17/08/2015 às 16:03

Parabéns pela matéria e vai CORINTHIANS!

Celso Jadiel #68 @celso.1.primeiro em 17/08/2015 às 16:03

A arena é nossa. Temos um fundo com 3 partes (Odebrecht, BB e SCCP) que tomam as decisões. Mas quem toca a arena é o Timão.

As outras partes apenas recebem pagamentos, e à medida que vamos pagando eles vão saindo do fundo. Nós remuneramos os parceiros pelo que eles investiram na obra.

Os outros times são reféns das parceiras, já que no caso deles as parceiras mandam e lucram.

Na nossa as parceiras são apenas pagas pelo que investiram, lá nos porcos eles lucram de uma forma tabelada, independente do total.

No Corinthians, quando pagarmos os parceiros do fundo saem. Nos porcos não, mesmo que a WT chegue no valor que investiu eles ficam lucrando até 30° ano kkkk

Nosso caso é como um taxista, paga o carro com o seu trabalho. Se arrecadar somente a prestação, paga-se apenas ela, se arrecadar a mais pode abater mais ainda o débito ou simplesmente ficar com o lucro a cada mês. O banco financiador não é parceiro das rendas do taxista, ele recebe apenas o valor do contrato. No dia que o taxista pagar tudo, ele deixa de dar satisfação ao banco.

No caso dos porcos e dos outros, o banco, além de receber a grana da parcela do taxi, participa do lucro dos taxista por 30 anos.

ODaniL #907 @daniellima em 17/08/2015 às 15:45

" "

Celso, uma dúvida. Nessa entrevista do Andrés teve uma parte que foi meio cortada pelos entrevistadores na hora que falavam do gestor da arena. No nosso caso o Corinthians é o gestor. Em outros casos, Grêmio e Palmeiras, que os clubes precisaram entrar na justiça para pegar o dinheiro da bilheteria. Você tem alguma matéria que fala sobre isso (desses 2 casos em específico)?

Antonio Godoi Junior #37 @junior.junior5 em 17/08/2015 às 15:59

Nossa casa é incomparável... Tenho um amigo que torce para o CAP-PR (um mala, na verdade) que fica se achando com aquele estadiozinho deles... Chega a ser patético...