Debate na ESPN ontem só deu Corinthians

Fórum do Corinthians
Tópico Lendário Entenda as regras

Jorge #797 @jorgenadersss em 12/11/2015 às 17:21

Quem assistiu ao debate ontem sobre as eleições do Flamengo, viu os candidatos citarem, durante todo o programa o Corinthians como exemplo a ser seguido.

Seja no centro de treinamento, ou no estádio, ou no fiel torcedor, e até mesmo no técnico. Os 3 citaram como exemplo durante o debate, inclusive demonstrando medo de perder o título de maior torcida, (que eu duvido muito que sejam ).

Ou seja parabéns aos que comandaram o clube.

3.170 visualizações e 82 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhores respostas

Vindelino Pereira #2.069 @vindelino em 12/11/2015 às 18:56

Eu assisti e na boa, o menos pior ali é o Eduardo Bandeira, os outros 2 só falam em contratações e diminuir preços de ingressos, ou seja, populismo sem pensar no clube! Então eu lhes digo, falaram tanto em espanholação do campeonato, mas na verdade será uma alemanização, pois só o Corinthians será forte! O resto é baléla!

Marcos Amorim Leite #703 @marcutcho em 12/11/2015 às 18:15

Eu não vi para não dar adiencia para mulanbos

Últimas respostas

Jorge Nadersssss #797 @jorgenadersss em 13/11/2015 às 20:57

Vou entrar na conversa sem ser convidado.

Acho que o Flamengo que resolva a vida dele. O que eu entendo do Corinthians ter estádio e o Flamengo não, é que além de não pagar mais aluguel depois de pronto ainda tem toda uma estrutura por trás, gerando muito, mas muito dinheiro mesmo.

Se o Flamengo hoje ganha igual a nós se não fizer um estádio ou descobrir algo que substitua vai ficar mais ainda para trás.

Coluna #153 @zizzo.bettega em 13/11/2015 às 13:11

" "

Achei meio triste, e ainda o tal de Cotta falando verdades, mas verdades do Corinthians que não se aplicam ao Flamengo, no meu ponto de vista um discurso populista. O Maracanã sempre atendeu todas as torcidas grandes e médias do Rio. Lá se tem uma tradição de muito menos animosidades entre as torcidas. Tinham sim que investir em CTs de base e do profissa. Talvez reformar o estádio do portuguesa para levar alguns jogos menores e mandar os jogos no Maracanã. Bem verdade que as taxas do Maraca hoje são altas, e quando o jogo é grande as taxas parecem ser ainda maiores pela máfia que contrala o alugue de barreiras metálicas que está ligada a antigas administrações da Federação Carioca. Além do mais ainda tem o Engenhão, que pode ser usado por outro clube porque não? Construir um Estádio me parece uma ideia que para o Rio e para o Flamengo não se aplica. O caso do Timão é totalmente diferente, outra situação em que a Saudosa Maloca não atenderia facilmente as nossas necessidades e o combate da Associação Viva Pacaembu do vereador nano cínico, etc. O Flamengo tem que ser o Flamengo, o Corinthians ser o Corinthians. Gostaria de ver o Flamengo forte como antigamente até para a briga ser justa entre os dois gigantes, mas penso estão indo no caminho errado querendo se transformar em Corinthians.

Publicidade

Paulo De Tarso Gregorio Pereira #1.552 @paulodetarso em 13/11/2015 às 16:32

É saudável se inspirar nos melhores e nos líderes do seu segmento.

Coluna Corinthia #153 @zizzo.bettega em 13/11/2015 às 13:11

Achei meio triste, e ainda o tal de Cotta falando verdades, mas verdades do Corinthians que não se aplicam ao Flamengo, no meu ponto de vista um discurso populista. O Maracanã sempre atendeu todas as torcidas grandes e médias do Rio. Lá se tem uma tradição de muito menos animosidades entre as torcidas. Tinham sim que investir em CTs de base e do profissa. Talvez reformar o estádio do portuguesa para levar alguns jogos menores e mandar os jogos no Maracanã. Bem verdade que as taxas do Maraca hoje são altas, e quando o jogo é grande as taxas parecem ser ainda maiores pela máfia que contrala o alugue de barreiras metálicas que está ligada a antigas administrações da Federação Carioca. Além do mais ainda tem o Engenhão, que pode ser usado por outro clube porque não? Construir um Estádio me parece uma ideia que para o Rio e para o Flamengo não se aplica. O caso do Timão é totalmente diferente, outra situação em que a Saudosa Maloca não atenderia facilmente as nossas necessidades e o combate da Associação Viva Pacaembu do vereador nano cínico, etc. O Flamengo tem que ser o Flamengo, o Corinthians ser o Corinthians. Gostaria de ver o Flamengo forte como antigamente até para a briga ser justa entre os dois gigantes, mas penso estão indo no caminho errado querendo se transformar em Corinthians.

Charles Roberto #8.005 @charles608071 em 13/11/2015 às 13:01

Em 2013, acredito que o principal motivo para o fraco desempenho do time foi a saída do Paulinho. Havia uma Paulinho-dependência no time rs. Ele participava da armação, fazia a transição defesa-ataque, ajudava na marcação, e ainda aparecia como elemento-surpresa na frente. Aliás, essa posição de segundo-volante é essencial nos times do Tite (na verdade, é uma função essencial no chamado futebol moderno, vide Toni Kroos-Alemanha). Depois da saída do Paulinho, o Guilherme não estava preparado para assumir a função e o esquema tático do time foi prejudicado.

Na Titebilidade 2015, Elias supriu a lacuna deixada por Paulinho. E penso que o Tite aprendeu a lição de 2013, ele não queria que o time tivesse uma Elias-dependência como o de 2013 tinha a Paulinho-dependência, para isso ele se preocupou com um plano B, isto é, treinou um jogador que pudesse assumir a vaga de Elias nas ausências deste. Esse jogador é o Rodriguinho, Tite sabendo das constantes convocações de Elias para a seleção (e possíveis suspensões ou contusões) teve o cuidado de preparar o Rodriguinho pra assumir essa função tática em caso de necessidade. Ninguém entendeu quando, no jogo contra a ponte, ele tirou o Elias e botou o Rodriguinho, com o time perdendo o jogo, depois entendi que ele queria fazer o grande teste para ver se o treinamento tinha dado certo, ele foi ousado e testou a opção num momento de pressão, e acabou sendo premiado (Rodriguinho entrou e fez o gol de empate). Mas aquele foi apenas o teste, na verdade a intenção dele era deixar o Rodriguinho pronto para assumir a função do Elias caso não pudesse contar com o selecionável em um jogo decisivo. E esse momento aconteceu. Elias ficou fora do jogo mais importante do campeonato (CAM X COR), e Rodriguinho conseguiu substitui-lo à altura. Méritos à visão do treinador. Além de preparar um plano B para segundo-volante, Tite usou outro elemento importante pra evitar a dependência de um único jogador, dividiu o protagonismo do time entre três jogadores (Elias mais RA e Jadson), assim na ausência de um, ainda tem outros dois pra 'puxar' o time.

Depois desses dois anos, continuo acreditando que a saída dele em 2013 foi o certo sim. Esse tal 'ano sabático' ajudou muito na evolução profissional dele.

Ernesto De Minas #457 @ernesto.de.minas em 13/11/2015 às 12:39

Não sou favorável a criar clima ruim com o Flamengo e sua torcida. Não vamos nos esquecer que 'os menores' estão se unindo sob a liderança do Santos e do Galo para nos derrubar. Por mais forte que o Corinthians seja, também precisa de aliados e o Flamengo é o único com interesses em comum com a gente!

Sandra Lima #1 @sandra.lima4 em 13/11/2015 às 12:32

Morrerão e não serão.

Vai Corinthians;

Rumo ao HEXA.

Celso #72 @celso.1.primeiro em 13/11/2015 às 12:05

" "

Nuca serão, jamais serão kkk

Sandra Lima #1 @sandra.lima4 em 13/11/2015 às 12:32

Com certeza amigo.

Vai Corinthians;

Rumo ao HEXA.

Sandra Lima #1 @sandra.lima4 em 13/11/2015 às 12:32

Parei de ver este programa muito anti por lá.

Vai Corinthians;

Rumo ao HEXA.

Daniel Gonçalves #3.299 @danielg em 13/11/2015 às 12:16

Quem tem... Tem medo. #CorinthiansBenchmarking

Celso Jadiel #72 @celso.1.primeiro em 13/11/2015 às 12:06

Imaginem a cara do MCP vendo isso