Pra acabar com a farra dos empresários

Fórum do Corinthians
Tópico popular Entenda as regras

Rogerio #921 @rogerjau em 28/12/2015 às 08:52

Se os clubes fossem sérios todos se juntariam e estipulava o salário do jogador de acordo com sua %
Tem 30% dos direitos econômicos paga 30% dos salários, aí seria justo, hoje o clube paga tudo e na hora da venda chupa o dedo.
Queria ver os empresários bancar a parte deles

378 visualizações e 14 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhor resposta

Luis Guedes #43 @lisca em 28/12/2015 às 08:56

Deveria ser assim desde a base. Se tem participação deve dividir TODAS as despesas. Assistência médica, custo CT etc... Aí começaria a colocar ordem na casa...

Últimas respostas

Marvily Costa #893 @marvily.costa em 28/12/2015 às 17:48

Pow boa ideia

Publicidade

João Marcos #149 @jjjjjjjjjjjjjjj em 28/12/2015 às 14:26

Na real mesmo jogador deveria ganhar no máximo 100 Mil e estava bom demais! Jogador Top ganhar 100 mil!

Bob Marley #60 @felipemarley em 28/12/2015 às 14:25

Eu já vejo uma solução melhor:

Agentes e empresários não deveriam possuir direitos econômicos de jogadores, apenas clubes e jogadores teriam esses direitos e os agentes e empresários seriam comissionados por contratos fechados.

Adriano De Souza Franco #35 @adrianer em 28/12/2015 às 14:18

Minha opinião:

  • Jogador deveria ser 100% do clube, pois é o clube que paga, tem suas despesas, jogador apenas joga bola
  • Fim dos empresários, jogador deveria fazer seus contratos, assim acaba com as comissões, e empresários 'donos' de seus pupilos, e também acaba com essa sacanagem de ficar procurando outros clubes como faz o Garcia
  • Jogador em fim de contrato e não vai renovar, o próxima equipe que ele defender, os direitos comerciais ficará 100% com novo clube, esses direitos nunca fica com jogador, pois, jogador já recebe salários e outras premiações por isso, e somente irá para outro clube se o jogador decidir que aceita.
  • Categorias de base, deveria ter um contrato de fidelidade, isso deveria ser lei na fifa, jogador recebe uma gratificação no valor estipulado pela lei que todos os clubes deverão seguir, de 3 mil reais por exemplo, assim evitaria de outros clubes aliciarem jovens oferecendo mais grana como fez o São Paulo em muitas vezes, e só poderá fazer contrato profissional a partir dos 18 anos
  • Fim de estrangeiros nas bases dos clubes, mesmo sendo nacionalizado, acaba de uma vez de estrangeiros ficarem aliciando joias da base de outros clubes e levarem muito cedo
  • Fica proibido usarem jogador da base como moeda para pagamento de dividas, e fica proibido vender parte dos direitos comerciais, novamente, os direitos fica 100% do atual clube, acaba de uma vez jogador ser fatiado, como Elias que tem seus direitos presos ao sporting e ao Corinthians
  • Limite máximo de estrangeiros nos clubes, para apenas 5 jogadores, e acaba com a maracutaia de fazer o jogador se nacionalizar para abrir uma vaga, isso acaba com clubes-seleções
  • As confederações deverão arcar com parte dos salários de seus jogadores convocados, de acordo com dias que ficou na seleção, se tal jogador ficou 10 dias, paga salário de acordo com tempo que ficou na seleção, isso valeria apenas em jogos amistosos, não em torneios oficiais e não se aplica em jogadores da base, o dinheiro será para os clubes.
  • Baixar a idade olímpica de 23 para 20 anos
  • Fim para empresas ou bilionários serem donos de clubes, como acontece muito como no manchester city, psg, e com clubes chineses, o dinheiro que entra no clube, fica no clube (patrocínio, bilheteria, cota de TV, etc)

Adriano Moraes #1.888 @drifus em 28/12/2015 às 14:06

Concordo, porém o problema são os dirigentes dos clubes também ganham da forma que são realizadas as operações.

Osvaldo #10 @osvaldoneto em 28/12/2015 às 14:03

Esta foi 1 das melhores ideias que já ouvi na vida.

Felipe Macedo Gomes #9.339 @felipemacedo em 28/12/2015 às 13:49

Mano isso é gênial

Adriano De Souza Franco #35 @adrianer em 28/12/2015 às 13:47

O ideal para mim, é a fifa proibir empresários, jogador deveria fazer seu próprio contrato, porque assim acaba com as comissões, qual é a dificuldade do jogador sentar na mesa e falar o que quer? As vontades deveria ser apenas do jogador, e não de terceiros, a fifa proibiu clubes serem 'donos', mas deu para o empresários, a diferença é que jogador deixou de ser escravo do clube para virar escravos de pessoas. Jogador não é livre para tomar suas decisões? Então porque não fazem isso?

Tiago Silva #118 @ticotimao10 em 28/12/2015 às 11:05

Isso seria ideal e justo, mas nenhum clube tem interesse nisso, os dirigentes e jogadores fazem muitos esquemas com os empresários e quem perde mesmo é a instituição.

Douglas Fernando Silva #48 @dougnando em 28/12/2015 às 11:01

Ecato amigo!

Olha os Garcias...

Emprestou uns 3 milhões, pegou um caminhão de jogadores da base, ai o Corinthians paga salários, dá toda estrutura pra formar o atleta, alimentação, preparadores fisicos, médicos, integra ao elenco, coloca pra jogar, ganha experiencia, se destaca, dá todo aporte que um jogador precisa...

Aí na hora de vender o bonitão que colocou 3 milhões não banca nada disso e ainda recebe uns 10 conto na venda só de um jogador

É muita sacanagem!

1 a 10 de 13 respostas