Gustavo Vieira mira chances com Tite

Fórum do Corinthians
Tópico popular Entenda as regras

Mateus #388 @mateus.silva em 01/01/2016 às 12:26

Ralf, Elias, Jucilei, Paulinho...a torcida do Corinthians se acostumou a ver volantes desconhecidos se transformarem em peças-chaves das equipes nos últimos anos. Agora, a Fiel pode começar a ficar de olho em mais um: Gustavo Vieira. Depois de se destacar no time sub-20 do Timão, o meio-campista participará da pré-temporada nos Estados Unidos e pode passar a ser mais utilizado pelo técnico Tite em 2016.

– Estou feliz. A expectativa é muito grande. A diretoria me falou para fazer a pré-temporada com o time principal. Acho que vou ter mais possibilidades e ter uma confiança maior – disse o jogador, por telefone.

Natural de Assunção, no Paraguai, Gustavo Vieira tem passagens pelas seleções de base de seu país e chegou ao Corinthians em meados de 2014 indicado por ninguém menos que o ex-zagueiro Gamarra, ídolo do Timão no fim dos anos 90. Rapidamente, virou titular e um dos destaques do grupo sub-20.

O acordo entre o clube e ídolo paraguaio, porém, por pouco não foi rompido. O Corinthians atrasou o pagamento de algumas parcelas da compra dos direitos econômicos e, por orientação de Gamarra, Gustavo retornou ao Paraguai em 2015. O volante só regressou ao Brasil depois que o Timão quitou a dívida.

– Sempre falo com Gamarra. É um grande amigo, me dá conselhos e foi muito importante para que eu chegasse ao Corinthians. Quem sabe eu possa construir uma história parecida com a dele. Sou um cara que gosta de trabalhar duro. Espero colher frutos – ressaltou Vieira, de 20 anos.

Se ainda não tem os títulos de Gamarra, o volante já deixou seu nome marcado na história alvinegra. Em dezembro de 2014, ele fez o gol que deu ao Corinthians o inédito título da Copa RS, um dos principais torneios sub-20 do país – o Timão venceu o Atlético-PR por 1 a 0, em Porto Alegre, e ficou com a taça.

Segundo volante de origem, Gustavo Vieira acredita que também pode fazer a função de primeiro marcador, mais próximo dos zagueiros. O técnico Tite, aliás, quer que os jogadores que atuam nas posições tenham boa qualidade nos passes para abastecer o setor ofensivo. Hoje, Ralf e Elias ocupam os lugares.

– A convivência com Tite é muito boa. Ele é tranquilo e inteligente, trabalha todos os detalhes. Eu jogo mais de segundo volante, mas não tem muita diferença. É quase a mesma coisa.

A concorrência no setor será grande em 2016. Apesar da possibilidade de Elias ser negociado com o futebol chinês, não faltam opções. Vieira, neste momento, é quem corre por fora. Rodriguinho, Bruno Henrique, Cristian e o também novato Marciel estão acima na disputa por espaço.

– Eu estou confiante na minha capacidade. Vai ser uma briga boa, quero trabalhar dia a dia para conseguir minha oportunidade – afirmou.

752 visualizações e 23 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Últimas respostas

Bolsonaro Corinthiano #731 @mathrodrigues em 01/01/2016 às 19:23

Joga muito

Publicidade

Mateus Silva #388 @mateus.silva em 01/01/2016 às 16:55

20%

José #975 @jos.luiz em 01/01/2016 às 16:52

" "

Qual é o percentual do Corinthians nos direitos federativos?

José Luiz #975 @jos.luiz em 01/01/2016 às 16:52

Qual é o percentual do Corinthians nos direitos federativos?

Valter Antonio #916 @valterpraia em 01/01/2016 às 16:47

Este é bom de bola.

Thiago Jorge #866 @thiagojorge em 01/01/2016 às 16:30

Na minha humilde opinião, ou aumenta a porcentagem do Corinthians nos direitos desse garoto ou nem põe pra jogar. Não dá pra colocar pra jogar no titular sem fazer isso. Senão se o moleque arrebentar vem alguém e leva e o Corinthians não ganha nada com isso. Sempre vale lembrar do caso Cléber, onde o cara era titular, chegou proposta e ele foi embora sem o Corinthians ver nenhum centavo. 20/30% é o mesmo que nada.

Rafael Augusto #301 @rafael.augusto20 em 01/01/2016 às 16:05

Novo verrati kkk

Daniel !!! #128 @daniel.anjula em 01/01/2016 às 16:00

Esse é promissor

Marcelo Sccp #2.479 @marcelo.neves1 em 01/01/2016 às 15:23

Ele tem muita visão de jogo, se não se perder pode vir a ser um grande jogador

Sergio T #197 @sergio.t em 01/01/2016 às 15:19

rumo aos títulos 2016.

Carlos Souza #6.803 @krlinhos.doidera em 01/01/2016 às 14:40

Acho que a obediência tática do Paraguaio pode fazer a diferença na hora que o Tite tiver que fazer suas escolhas.