Negociatas do contrato do Matheus Pereira RIDÍCULO

Fórum do Corinthians
Tópico Épico Entenda as regras

Dykstra #6.140 @dykstra em 29/01/2016 às 14:56

1) março/2014
Destaque da base do Corinthians desde que conquistou o Paulista Sub-11, Matheus acordou que receberia 30% de seus direitos na assinatura do contrato profissional, em março, como luvas. O procedimento é padrão na base corintiana e da maioria dos clubes do país. A família dele, imediatamente, comercializou sua porcentagem com os quatro empresários.
Como ficou: Corinthians 70% / investidores 30%

2) abril/2014
O Corinthians tinha dívidas a vencer havia quase dois anos em função da compra de direitos de Ralf. Naquele ano, em meio ao título da Copa Libertadores, o volante interessava à Fiorentina, mas ficou. Além disso, também devia comissão referente à contratação do zagueiro Cléber, em 2013.

Pressionada para pagar, a direção corintiana cedeu 30% dos direitos econômicos de Matheus Pereira, 30% de Malcom e 30% de Guilherme Arana. De acordo com Ronaldo Ximenes, diretor de futebol, a parte referente a Pirulão amortizou R$ 750 mil de uma dívida total de R$ 2,830 milhões que foi sanada com Fernando Garcia. Ele é irmão do provável candidato oposicionista Paulo Garcia.
Como ficou: Corinthians 40% / investidores 60%

3) julho/2014
Pouco depois de chegar do Penapolense por empréstimo e se destacar, Petros recebeu proposta do Hamburgo-ALE. Para segurar o jogador, o Corinthians acordou a compra de 50% dos direitos que pertenciam aos mesmos empresários de Matheus Pirulão por R$ 3 milhões. Um terço desse pagamento, porém, foi feito com a transferência de mais 35% dos direitos do jovem meia canhoto. A direção corintiana tem prazo apertado para ainda pagar outra parte de Petros.
Como ficou: Corinthians 5% / investidores 95%

http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2014/11/18/gobbi-trocou-joia-da-base-por-dividas-para-o-corinthians-restou-so-5.htm?app=uol-generic&plataforma=ipad

Ou seja, essa diretoria vendeu 65% do Matheus Pereira, tido por muitos a maior jóia da base na época por 1.75M. É pra ficar indignado ou não?

Fora essa negociação muito estranha de dar 30% do Malcom + 30% do Matheus Pereira + 30% do Arana pra abater uma dívida de 2.8M! Estamos falando do time de maior receita do país se livrando de quase 1/3 do passe de 3 das suas principais promessar por dinheiro de pinga!

Até quando vamos ter que ler esse tipo de coisa e ficar só olhando? Cadê uma posição mais enérgica por parte dos jornalistas e da torcida do clube?

885 visualizações e 26 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhores respostas

Alex Augusto Gambaro #2.487 @alex.ag em 29/01/2016 às 15:05

Essa negociações tem três possibilidades:

1 - Estamos sendo roubados

2- O clube esta muito mais quebrado do que imaginamos, a ponto de não conseguir pagar uma divida de 3 milhões de outra forma.

3- É muita incompetência não ter a visão do futuro dos garotos.

Não sei vocês, infelizmente não acredito na terceira porque são jogadores que sempre se destacaram na base. Na segunda também não acredito.

Douglas Cardoso #202 @cardoso2 em 29/01/2016 às 15:12

Não tem nada de burrice em tudo o que você. Foi tudo muito bem orquestrado e executado para ir muito dinheiro para o bolso de alguns...

Quando um negócio desse ajuda tanto a empresários, você acha que ele não dá 'benefícios' para os diretores, presidente, etc?

Últimas respostas

Gabriel Guedes #175 @gabriel.guedes7 em 29/01/2016 às 16:14

É tudo muito bonito quando se ve de fora.

A gente não sabe nem 10% do que acontece internamente. Pode ter sido isso? Pode.

Mas também pode não ter acontecido nada disso como foi falado na mídia.

Publicidade

Dr. Gondaski #173 @gondaski em 29/01/2016 às 16:07

Acredito que seja um pouco de cada possibilidade citada

Alex #2487 @alex.ag em 29/01/2016 às 15:05

" "

Essa negociações tem três possibilidades:

1 - Estamos sendo roubados

2- O clube esta muito mais quebrado do que imaginamos, a ponto de não conseguir pagar uma divida de 3 milhões de outra forma.

3- É muita incompetência não ter a visão do futuro dos garotos.

Não sei vocês, infelizmente não acredito na terceira porque são jogadores que sempre se destacaram na base. Na segunda também não acredito.

Robson Gutierrez #451 @robson.gutierrez em 29/01/2016 às 16:07

Mas e o que tem se falado sempre quem deu o poder para o Garcia foi a diretoria, que com certeza deve ter ganhado algum por fora também. Enquanto isso nosso Corinthians sempre ficando em último lugar em razão de benefícios pessoais.

Paulo Paulo Paulo #46 @paulo.52 em 29/01/2016 às 16:03

Como diria minha saudosa mãe: muita comilança!

Edson De Paula #3.158 @edson12 em 29/01/2016 às 15:44

E mesmo assim o porcentagem do Corinthians nesses jogadores era mínima, basta ver o quanto veio ao cofres do clubes com a venda dessas dois. As negociatas no clubes sempre favorecem os empresários, porque será?

Gert Richter #2.190 @gert.fernando.de.oli em 29/01/2016 às 15:37

É muita coincidência essa negociação obscura ser justo com os moleques mais promissores da base. Aposto que o Maycon só não entrou nessa negociata, pois tinha acabado de sofrer uma grave lesão.

Luis Lima #97 @luislima em 29/01/2016 às 15:24

Ministério publico

Rodrigo Barros #460 @rodrigo07 em 29/01/2016 às 15:13

O jeito e entrar algum presidente loco lá e acabar com essa palhaçada. Dar a cesar o que é de cesar ou seja nada de negociar molecada da base..

Douglas Cardoso #202 @cardoso2 em 29/01/2016 às 15:12

Não tem nada de burrice em tudo o que você. Foi tudo muito bem orquestrado e executado para ir muito dinheiro para o bolso de alguns...

Quando um negócio desse ajuda tanto a empresários, você acha que ele não dá 'benefícios' para os diretores, presidente, etc?

Pedro Kayky Teodoro #756 @pedro.kayky.teodoro1 em 29/01/2016 às 15:11

Dygstra, não podemos fazer nada, apenas protestar.