Amor pelo time: 'Joguei as cinzas do meu pai no jogo do Corinthians!'

Fórum do Corinthians
Tópico Lendário Entenda as regras

Douglas #4.413 @douglasleal em 17/02/2016 às 15:32

Leiam essa história.. Filha joga as cinzas do pai no jogo do Corinthians!

A família toda se reuniu no estádio pra realizar o sonho do pai da Denise

Meu pai, o seu Jorge, fumou a vida inteira. Claro que uma hora os problemas de saúde chegaram. Quando estava com 76 anos, em 2004, precisou fazer uma operação de risco no coração. Antes de entrar na sala de cirurgia, ele me disse: “Filha, se algo der errado, cremação!”. Somos kardecistas e acreditamos que o espírito não é enterrado com o corpo. Na hora, lembrei que minha mãe, que havia falecido seis anos antes, nunca contou onde deveríamos espalhar suas cinzas. Acabamos jogando na cidade de Lins (SP), onde ela passava as férias.

Por isso, perguntei ao meu pai se ele tinha alguma preferência. E, antes da sua resposta, emendei: “Já sei: num jogo do Coringão, né? ” Ele concordou. Afinal, papai era corintiano roxo, como toda nossa família.

Dias depois, por estar muito debilitado, seu Jorge acabou morrendo. Na hora de decidir sobre o velório e enterro, contei para meus três irmãos a respeito do desejo dele e decidimos realizá-lo. Dois dias depois da morte, alugamos uma van para ir ao jogo do Corinthians contra o time do Atlético Paranaense no estádio do Pacaembu, para nos despedirmos de nosso pai.

Só tinha um problema: como entrar com quase 2 kg de cinzas no estádio se eles revistam os torcedores? Pensamos numa solução criativa: meu irmão mais velho, o Roberto, que tinha uma seladora, fez pequenos saquinhos de plástico com as cinzas para levarmos escondidos. Chamamos de “pacotinhos de pai”. Os meninos usaram os saquinhos como se fossem palmilhas. Eu brincava que, se nos parassem na revista, apareceríamos no noticiário: “Família nipônica traz nova cocaína cinza!”

Deu certo: depois de passarmos pela revista, eu, minha sobrinha e o namorado dela despejamos as cinzas que estavam com a gente perto da pista de atletismo. O resto da família preferiu jogar na arquibancada. Foi lá que minha irmã se atrapalhou um pouco: ela jogou o pó contra o vento e a cinza acabou voltando para a cara dela. Rindo, ela falou: “Engoli o pai!” Todos deram gargalhadas!

Corintiano é assim: sofre até depois de morto!

Já me disseram que nosso gesto foi falta de respeito, mas não ligo. Nós, que somos da família, achamos que era a melhor coisa a fazer. No trajeto de ida e de volta do estádio, ficamos unidos relembrando as histórias do nosso pai. Isso aconteceu há 12 anos e até hoje damos boas risadas!

Foi a nossa maneira de se despedir dele. A única coisa que poderia ser diferente era o resultado do jogo. O Corinthians perdeu de 5 a 1... As cinzas do meu pai devem ter se revirado no campo! Corintiano é assim mesmo: sofre até depois de morto...- DENISE INABA

5.194 visualizações e 100 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhores respostas

Bruno Gomes Da Silva #2.212 @brunodesigner em 17/02/2016 às 15:54

Então Denise seu Pai estava lá ao lado do Gol do Pacaembu, onde o Sheik fez os 2 Gols da final da Libertadores, Seu Pai também puxou a mão de Cássio para fazer a defesa contra o Diego Souza, ou seja seu Pai sempre estará lá apoiando o Corinthians!

Avelino Manuel Gomez Balboa #613 @avelinogb em 17/02/2016 às 20:39

Não tem problema, engolimos outros humanos e animais todo dia, os átomos que usamos no nosso corpo e no ar que respiramos já andaram por muitos lugares, animais é pessoas, já pertenceram também a estrelas que explodiram, sobretudo os átomos mais pesados que uma estrela como o sol não poderá produzir, a lei da natureza é a lei de Lavoisier, tudo se transforma.

Últimas respostas

Celso Jadiel #70 @celso.1.primeiro em 18/02/2016 às 23:50

Esse tópico merece ficar fixo 1 mês

Publicidade

Fábio Monteiro #3.915 @zecomeiaa em 18/02/2016 às 22:33

Por incrível que pareça, a culpa é do Jadson por revirar as cinzas do seu pai;

Osvaldo #10 @osvaldoneto em 18/02/2016 às 22:22

Linda história mano, você foi muito criativo.

Bruno #2212 @brunodesigner em 17/02/2016 às 15:54

" "

Então Denise seu Pai estava lá ao lado do Gol do Pacaembu, onde o Sheik fez os 2 Gols da final da Libertadores, Seu Pai também puxou a mão de Cássio para fazer a defesa contra o Diego Souza, ou seja seu Pai sempre estará lá apoiando o Corinthians!

Osvaldo #10 @osvaldoneto em 18/02/2016 às 22:22

Eu digo que vocês agiram certo ao fazerem a vontade de seu pai.

Andre Araujo #9.148 @matarazzo em 18/02/2016 às 20:43

Sensacional...

Carlonez Calca #1.449 @carlonez em 18/02/2016 às 16:11

Será que dá pra entrar com cinzas na casa da luz vermelha? Vou pedir para o meu filho jogar minhas cinzas no colo das 'primas'

Emerson A #4.350 @emerson.fiel em 18/02/2016 às 15:07

Liga não cara...

A vida em sociedade é assim, tem algumas pessoas que acham que sua verdade é soberana, seu Deus é melhor, sua crença e regras são absolutas. Mistura futebol, politica e religião. De fato tem relação.rs...quantas pessoas não rezam durante as partidas, quantos políticos envolvidos com futebol. O problema é não respeitar a opinião, manifesto alheio.

Acho negativar é um direto de cada um, a pessoa não concorda com o ato, ok! Como o rapaz que até explicou que não concorda por questões de saúde pública. Muito valido, pensamento dele e provavelmente no lugar da família ele iria procurar outra maneira de realizar a vontade do pai.

Agora a pessoa atacar, ofender e até mesmo abrir denúncia por um post é uma falta de respeito tremenda! Ainda bem que estas pessoas é a minoria!

Parabéns pelo post e Vai Corinthians!

Douglas #4413 @douglasleal em 18/02/2016 às 10:00

" "

Caramba acabei de ser Denunciado sem motivo algum o que tem de ofensivo neste Post.. Queria saber qual motivo?

Samuel Alfredino Franco De Oliveira #6.246 @samuel.locopositivo em 18/02/2016 às 14:25

ótimo comentário sr físico kkkkkkkkkk é verdade nada se perde, tudo se transforma

Avelino #613 @avelinogb em 17/02/2016 às 20:39

" "

Não tem problema, engolimos outros humanos e animais todo dia, os átomos que usamos no nosso corpo e no ar que respiramos já andaram por muitos lugares, animais é pessoas, já pertenceram também a estrelas que explodiram, sobretudo os átomos mais pesados que uma estrela como o sol não poderá produzir, a lei da natureza é a lei de Lavoisier, tudo se transforma.

Eduardo Alves #674 @eduardoalves em 18/02/2016 às 12:51

Esse craque é eterno.

DOUGLAS #48 @dougnando em 18/02/2016 às 11:50

" "

Isso me lembra um torcedor em especial que dizia:

'Não sou corintiano de coração, porque um dia ele para. Sou corintiano de alma, pois ela sim é eterna!'

Doutor Osmar

Mario Ayres #234 @marioayres em 18/02/2016 às 12:48

Essas atitudes só mesmo sendo corinthiano. Nem ligue para opiniões contrárias, fizeram o que o coração de vocês queria.