Danilo, não dá mais!

Fórum do Corinthians
Tópico Épico Entenda as regras

Um #827 @joordansccp em 23/02/2016 às 14:29

Um cara que se tornou ídolo da fiel, sou grato por tudo que fez no Corinthians, mas está dando dó de ver ele jogando de centro-avante, é nítido que ele não aguenta mais jogar 90 minutos em alto nível, acredito que no máximo 45, ele ainda é importante mas como uma peça no banco de reservas, de titular não tá dando.. Agora é a disputa entre Luciano e André.

635 visualizações e 40 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhor resposta

Igor Do Val #8.960 @igor.do.val em 23/02/2016 às 14:32

Ele teria que jogar como armador entrando no segundo tempo

Últimas respostas

Billy Timao #31 @alex.sccp3 em 23/02/2016 às 22:01

Acorda André litrao kkkkkkkk

Publicidade

João Eduardo #1.753 @joao151299 em 23/02/2016 às 18:13

Ele tá tipo o totti, não guenta os 90 minutos, mais tem moral com a torcida pois é ídolo

Tiago Pexe #518 @tiagopexe em 23/02/2016 às 18:07

Onde eu assino?

Douglas Shimaz #107 @duguinha2shae em 23/02/2016 às 17:58

é bem isso mesmo Alexander,

Aqui a estrutura do Brasil, impedem a evolucao dos técnicos, jogadores, imprensa e torcida...

Esta começando timidamente com a concepcao de técnicos que tentam imprimir em seus clubes, não a toa, Corinthians e Grêmio, Atlético (+ com cuca) tem padrao e conceito de jogo...

Técnicos estudiosos que foram buscar ou aprimorar conhecimento, realizando cursos Uefa como Tite, Milton Mendes, Osorio, Sergio Vieira ou vivenciar metodologia de treinamento lá fora

Na maioria das vezes uma boa organizacao coletiva do time tem como consequencia elevar nível de jogadores medianos e destacar ainda mais quem tem qualidade...so precisam de ideia de jogo, repeticao da mecanizacao, foco na atuacao voltado para o coletivo...

(para isso? Tempo e entrosamento para melhor execucao na pratica)

E muitos por não saberem analisar isso, se espantam quando um time considerado 'fraco' no papel conseguem ter bom desempenho, como a maioria dos times sulamericanos na Libertadores...q tem a tendencia de fechar as linhas com compactacao no momento defensivo e troca passes curto espaço e velocidade nas transicoes...

Veja como foi difícil o Timão encarar adversário que compactacao ofensiva e impede nossa saída de bola, casos de cobresal, ferroviaria...e sta fé não será diferente...

Outro dia o Tite citou o Leicester City, que a campanha do time é reflexo da organizacao de jogo...

Enquanto torcedor e imprensa não parar com essa mentalidade de responsabilizar 1 ou outro jogador pelas fases de jogo, o futebol brasileiro continuara sendo goleado da alemanha por 7 a 1

Escutar algo do tipo...fulano não serve para marcar (quando todos devem marcar no momento defensivo)

Ou fulano não tem competência para armar...ou não temos ataque porque falta um 10 ou um 9 (quando todos os apoiadores são peças responsaveis na engrenagem na organizacao ofensiva...)

Futebol hoje é mais complexo do que isso...

Tem muito desconhecimento ou preguiça nas analises infelizmente...

Alexander #272 @alexdugan em 23/02/2016 às 17:07

" "

Principalmente no Brasil, eu estava escutando na rádio aqui em Buenos Aires o Eduardo Coudet, DT do Rosario Central, perguntaram sobre a força dos times argentinos esse ano e queriam saber porque as vezes times com plantel muito mais barato ganham dos grandes brasileiros.

Ele disse que era muito simples, que em geral os técnicos argentinos se esforçam muito mais na parte tática que no individualismo, que trabalhando a identidade de conjunto se cria força psicológica, dizia que existe esse mito que os jogadores argentinos não desistem nunca e as vezes protagonizam viradas ou ganham no último minuto (vide os campeões Estudiantes, San Lorenzo) mas que isso se define com trabalho e foco, quando os times dependem de um lance de genialidade de um ou outro jogador e esses jogadores não conseguem ou estão em um mal dia, o time inteiro vai enfraquecendo e perdendo unidade, facilitando para os times que estão compactos e focados.

Ee falou também que Atl. Mineiro e Grêmio tinham na teoria os melhores times mas que não se podia nunca descartar o Corinthians de Tite, que é na opinião dele o melhor técnico brasileiro.

Pescador 73 #8.163 @olavo.baracat.jr em 23/02/2016 às 17:20

Isso é óbvio, ele só está quebrando o galho ali por enquanto e quem sabe a hora certa de mudar é o mestre Tite, então acho desnecessário ficar criticando não só ele, mas também o Romero, Rodriguinho etc...Tudo tem a sua hora e eu acho que o Tite já provou que entende de futebol, então devemos confiar nele e não ficar criticando!

Alexander Dugan #272 @alexdugan em 23/02/2016 às 17:07

Principalmente no Brasil, eu estava escutando na rádio aqui em Buenos Aires o Eduardo Coudet, DT do Rosario Central, perguntaram sobre a força dos times argentinos esse ano e queriam saber porque as vezes times com plantel muito mais barato ganham dos grandes brasileiros.

Ele disse que era muito simples, que em geral os técnicos argentinos se esforçam muito mais na parte tática que no individualismo, que trabalhando a identidade de conjunto se cria força psicológica, dizia que existe esse mito que os jogadores argentinos não desistem nunca e as vezes protagonizam viradas ou ganham no último minuto (vide os campeões Estudiantes, San Lorenzo) mas que isso se define com trabalho e foco, quando os times dependem de um lance de genialidade de um ou outro jogador e esses jogadores não conseguem ou estão em um mal dia, o time inteiro vai enfraquecendo e perdendo unidade, facilitando para os times que estão compactos e focados.

Ee falou também que Atl. Mineiro e Grêmio tinham na teoria os melhores times mas que não se podia nunca descartar o Corinthians de Tite, que é na opinião dele o melhor técnico brasileiro.

Douglas #107 @duguinha2shae em 23/02/2016 às 16:46

" "

E ver toda essa 'teoria' prática leva tempo, depende de entrosamento, circuitos coletivos..

Para isso tem que ter paciencia, tudo o que a torcida e a imprensa em geral não tem...

Nicholas Torossian #8.430 @nicholas.torossian em 23/02/2016 às 16:56

Danilo é fundamental na equipe. Num jogo amarrado na Libertadores, 1x0 para o Coringão, cheio de catimba de adversário, coloca ele que o cara da conta. Segura a bola, tranquiliza o jogo, enfia uma bola, da um passe de calcanhar inesperado, enfim, faz o que ele sempre tem feito quando está em suas características. Todo jogador tem suas qualidades e defeitos, ou você quer um time com 11 Cristianos Ronaldos em campo? Ô mania chata de criticar jogador que não merece... Muito mimimi! Danilo é mito e merece respeito! Que ele se aposente no Timão nem que seja pra jogar 1 minuto por jogo! Não abriria mão dele por nada, cara.

Douglas Shimaz #107 @duguinha2shae em 23/02/2016 às 16:46

E ver toda essa 'teoria' prática leva tempo, depende de entrosamento, circuitos coletivos..

Para isso tem que ter paciencia, tudo o que a torcida e a imprensa em geral não tem...

Alexander #272 @alexdugan em 23/02/2016 às 16:42

" "

Ai que tá, o futebol moderno é isso que você falou, as peças tem de saber funcionar juntas, como um grande organismo.

ótima analise!

Andre Pereira Moreira #282 @deda11 em 23/02/2016 às 16:43

Já poderia dar ritmo ao André já que o Danilo está improvisado, meu medo é queimar etapas e se lesionar

Alexander Dugan #272 @alexdugan em 23/02/2016 às 16:42

Ai que tá, o futebol moderno é isso que você falou, as peças tem de saber funcionar juntas, como um grande organismo.

ótima analise!

Douglas #107 @duguinha2shae em 23/02/2016 às 15:49

" "

Verdade... O povo analisar melhor a faixa que ele tem atuado, e não somente olhar a escalação..

Ele faz o jogo entrelinhas, busca espaço entre as linhas no terço central e ofensivo depenpendo das fases de jogo...

O que precisa é de mais gente povoando o meio campo, aproximacao de jogadores para troca de passes e o time avançar...(medios centrais que vem de trás, entrada de pelo menos um extremo por dentro...)

Incrível que ainda façam anaises individuais em detrimento do coletivo...