Paciência com os jogadores da base

Fórum do Corinthians
Tópico Lendário Entenda as regras

Everton #2.553 @everton.coringa em 13/05/2016 às 02:07

Já vi muitos aqui chamando o Iago de fraco, dizendo que o Malcon foi tarde.

Se a torcida, junto com a comissão técnica e a diretoria, mudassem um pouco o raciocínio, poderíamos ter melhores resultados com os garotos.

Jogadores da base estão indo embora muito cedo, alguns sem nem assinar contrato profissional com o clube, isso não pode acontecer.

E qual o tamanho desse prejuízo ao clube? Enorme!

Veja o caso do Marquinhos, o Corinthians poderia fazer uma proposta ao garoto, renovar seu contrato e ter segurado ele por, pelo menos, mais 3 ou 4 anos no clube, mas venderam e todos viram o tamanho do prejuízo, se tivesse ficado e entrado no time principal teria evitado salários com outros jogadores e teria sido vendido por uma quantia bem maior.

O Malcon subiu e vinha crescendo de produção, teve uma grande oportunidade ano passado e poderia estar no elenco disputando posição, e até ter continuado como titular, mais no fim do campeonato do ano passado estava todo mundo pedindo Lucca na equipe, e ele foi embora.

O Mateus P. Tínhamos 5% dele apenas e a diretoria teve oportunidade de recomprar o garoto, mas não o fez. A torcida caiu matando pelo pênalti perdido na final da Copinha, se a diretoria tivesse recomprado iria ser taxada de burra, então a Juventus é burra porque levou o garoto.

São só exemplos de alguns jogadores que poderiam estar integrando o elenco, mas ao mesmo tempo que pedem jogadores da base, quando entra algum, a torcida não tem paciência.

Todos somos culpados por isso!

-A diretoria por não valorizar.

-A comissão técnica por não dar oportunidades.

-A torcida por não ter paciência.

Vai Corinthians!

3.618 visualizações e 90 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhores respostas

Galinho Paulista #595 @galinho.paulista em 13/05/2016 às 08:42

Eu até entendo e concordo, mas também tem que parar com esse pensamento de muitos que na base a grande maioria da garotada serve para o time principal.

A maior prova disso é olhar o mercado e ver quantos de nossa base vingaram não só no Brasil como fora do pais. Não é preciso olhar muitos anos atrás e também mais de 10 dedos pra detectarmos os que deram resultados. Marquinhos, William, Dentinho, Fagner, Everton Ribeiro e mais alguns meio bocas.

É preciso valorizar a base, eu concordo. Porém antes é preciso acabar com essas 'negociatas' dentro do clube onde tudo que é agente ou empresário vende cristal por diamante.

Saudações Alvinegras.

Andergrau . #3.668 @andergrau em 13/05/2016 às 08:32

Tem que dá chance pra molecada, o campeonato brasileiro é longo e precisamos dessa molecada, é claro sem empresários.

Últimas respostas

Everton Batista De Souza #2.553 @everton.coringa em 14/05/2016 às 14:10

E se você for observar vai ver que as categorias de base das sardinhas não são melhores que a nossa e o investimento deles então, bem menos.

Mais lá se promove garotos e se não der certo não deu, mais se der certo pelo menos um já vale pelos outros que não deram, e só olhar quanto eles investem no futebol profissional e ver quanto e avaliado o elenco deles.

Outra, um jogador como o Gabriel deles se fosse aqui já estaria na Europa a muito tempo.

anafetair #2167 @fetth em 13/05/2016 às 18:08

" "

Você falou bem garoto. Mas eu pergunto: se o Felipe sair mesmo, tudo indica que sim, será chegada a hora de testar o Pedro Henrique, por que não? Veja o caso dos Sardinhas da Vila, eles lançam sem medo seus garotos, inclusive o seu central que atuou no paulistão/16 deve ser mais novo que o Pedro Henrique e foi destaque e seleção do campeonato. O que falta ao Timão é um treinador com coragem de aproveitar nossa base. Mas, desistam com o Tite isso não vai ocorrer. Falei!

Publicidade

Everton Batista De Souza #2.553 @everton.coringa em 14/05/2016 às 14:04

Exatamente!

Italo #2146 @italoii em 13/05/2016 às 18:18

" "

Pode ser que nem todos sirvam para o time principal, mas é injusto dar chances a Alan Mineiro, Bruno Paulo, Vilson, Lincom, Rildo etc e não dar pra as promessas. É mt melhor apostar na base do que gastar com esses jogadores, que geralmente não dão retorno técnico nem muito menos financeiro (um jogador da base mesmo que não seja um 'craque' ele é vendido pra Europa e gera lucros).

Com certeza se tivesse mais oportunidades pros vários garotos que surgiram nos times inferiores nos últimos anos o clube teria mais atletas que 'vingaram'.

A minha ideia é essa, o clube tem que parar de contratar esses jogadores meia-boca definitivamente. Camacho e Bruno Paulo são dois exemplos de atletas que estão sendo contratados desnecessariamente. São dois jogadores que não vão mudar o status técnico do time e nem vão dar retorno financeiro. Ao invés de trazer esse tipo de jogador, sobe os da base, que já estão no clube, são jovens e tem muita margem pra melhorar.

Galinho Paulista #595 @galinho.paulista em 14/05/2016 às 08:49

Acho que o Corinthians não tem frescura para testar a molecada. Infelizmente ele não tem culhão para aguentar a pressão que a grande maioria da torcida faz para que os garotos possam se adaptar e crescer no futebol. Da mesma forma que muitos não tem paciência com jogadores como Guilherme, Luccas e cia, acho que a comissão técnica prefere não insistir numa promessa dando-lhe tempo em campo. Isso é uma opção deles e se não der resultado, a primeira coisa que acontece e serem demitidos.

Valério #1584 @valerio.de.oliveira. em 13/05/2016 às 16:23

" "

Então, antigamente o Corinthians sempre revelava jogadors...vou dar um ótimo exemplo, em 95, o Timão foi campeão da taça São Paulo e logo subiram na semana seguinte e titulares...o silvinho, André Santos...acho que o fabinho e outros que ficaram a disposição...tem que dar confiança...estes dois não eram craques mas eram bons jogadores...não entendo por que o Arana não pode jogar se ano passado ele entrou na fogueira e foi muito bem...cada um tem uma forma de pensar...sobre a torcida, é só a diretoria ser jogo duro, como o Andres sanches fez em 2011, todo mundo queria o Tite fora depois da eliminação e ele deixou o cara lá...tem que fazer isso com a base, mesclar, confiança...torcida pode xiar a vontade, como fazemos aqui...importante é testar...por que só no Timão tem esta frescura com a base nestes últimos anos? Tem que testar o moleque sim, se não der certo, empresta, é a vida...ele pode se adaptar a outro time...normal, vide o novo goleiro do chorolado...era do Timão, tínhamos melhores e ele seguiu a vida...normal.

Galinho Paulista #595 @galinho.paulista em 14/05/2016 às 08:39

Infelizmente existe muita 'podridão' nas negociações dentro do clube e parece que tudo que fechamos está dividido em 2 grupos distintos... Isto é... Os garotos da base e os profissionais que vem de fora...

A briga pode não ser declarada mas como ambos os lados tem interesses em comum (a vaga no elenco principal), eles se respeitam e brigam nos bastidores para quem vai garantir a vitória.

A pura verdade é que sobra para a equipe técnica a responsabilidade de escolher dentro do que lhes é oferecido e não do que pedem. E os que oferecem normalmente são aqueles que pagam seus salários e que normalmente estão envolvidos com os esquemas de comissões nas negociações com agentes e empresários.

No fundo todos nós sabemos que isso acontece, porém por mais que nos manifestemos contra, isso acontece a tanto tempo no futebol que seria como matar baratas, isto é, matamos esse ano mas ano que vem sempre vão aparecer outras. Mas o importante é não parar de lutar.

Saudações Alvinegras!

Italo #2146 @italoii em 13/05/2016 às 18:18

" "

Pode ser que nem todos sirvam para o time principal, mas é injusto dar chances a Alan Mineiro, Bruno Paulo, Vilson, Lincom, Rildo etc e não dar pra as promessas. É mt melhor apostar na base do que gastar com esses jogadores, que geralmente não dão retorno técnico nem muito menos financeiro (um jogador da base mesmo que não seja um 'craque' ele é vendido pra Europa e gera lucros).

Com certeza se tivesse mais oportunidades pros vários garotos que surgiram nos times inferiores nos últimos anos o clube teria mais atletas que 'vingaram'.

A minha ideia é essa, o clube tem que parar de contratar esses jogadores meia-boca definitivamente. Camacho e Bruno Paulo são dois exemplos de atletas que estão sendo contratados desnecessariamente. São dois jogadores que não vão mudar o status técnico do time e nem vão dar retorno financeiro. Ao invés de trazer esse tipo de jogador, sobe os da base, que já estão no clube, são jovens e tem muita margem pra melhorar.

João . #294 @joaovitalfn em 14/05/2016 às 08:08

Dodo pra mim é nossa maior injustiça.

Galinho #595 @galinho.paulista em 13/05/2016 às 08:42

" "

Eu até entendo e concordo, mas também tem que parar com esse pensamento de muitos que na base a grande maioria da garotada serve para o time principal.

A maior prova disso é olhar o mercado e ver quantos de nossa base vingaram não só no Brasil como fora do pais. Não é preciso olhar muitos anos atrás e também mais de 10 dedos pra detectarmos os que deram resultados. Marquinhos, William, Dentinho, Fagner, Everton Ribeiro e mais alguns meio bocas.

É preciso valorizar a base, eu concordo. Porém antes é preciso acabar com essas 'negociatas' dentro do clube onde tudo que é agente ou empresário vende cristal por diamante.

Saudações Alvinegras.

Jack Tadeu Bahde #141 @tadeu54 em 14/05/2016 às 06:30

Em minha humilde opinião, o maior problema é a mídia! Simples: Se um garoto nosso errar uma jogada, os abutres da mídia anti vão voar no pescoço do menino, exigindo trilhões de ' explicações '! Solução? A Diretoria e Comissão Técnica proibir acesso de ' profissionais de mídia ' aos garotos recém promovidos! E claro, continuar dando chances pra base.

Danilo Lopes Farias De Souza #564 @danilo.1311 em 13/05/2016 às 21:32

Concordo. Não dá pra lançar jogador que não é do clube enriquecer empresário. Também não dá pra tratar marmanjo de 20 anos como bbs... Eles têm no mínimo 12 anos de treinamento... Se não aguentam pressão não serve para o Timão

Galinho #595 @galinho.paulista em 13/05/2016 às 08:42

" "

Eu até entendo e concordo, mas também tem que parar com esse pensamento de muitos que na base a grande maioria da garotada serve para o time principal.

A maior prova disso é olhar o mercado e ver quantos de nossa base vingaram não só no Brasil como fora do pais. Não é preciso olhar muitos anos atrás e também mais de 10 dedos pra detectarmos os que deram resultados. Marquinhos, William, Dentinho, Fagner, Everton Ribeiro e mais alguns meio bocas.

É preciso valorizar a base, eu concordo. Porém antes é preciso acabar com essas 'negociatas' dentro do clube onde tudo que é agente ou empresário vende cristal por diamante.

Saudações Alvinegras.

Renan Ferreira Da Silva #105 @fiel.renan em 13/05/2016 às 21:31

Eu tenho paciente.

Já critiquei o Malcon vária vezes mas nunca neguei o talento dele, a importância dele e nunca foi a favor da saída dele.

O Malcom jogava muito, porem ele Não chutava e quando chutava saia aqueles chutes de velhas.

Isso era o que eu criticava nele, pois deveria treinar mais a finalização, só isso.

Ivan Pereira #706 @ivan.avare em 13/05/2016 às 21:13

Acabei de ver um tópico de um cidadão criticando o Leo Príncipe. Nem sabemos se o menino vai voltar ou não e já tem gente criticando.

Everton Silva #477 @everton.silva20 em 13/05/2016 às 20:58

Tópico quase perfeito, a comissão técnica não faz nenhuma questão de escalar veja o Arana que foi emprestado jogou duas partidas e voltou as pressas fez umas m... No começou depois se firmou agora eu me pergunto o que ele aprendeu emprestado? Não aprendeu nada ele já estava pronto, a torcida não tem paciencia tem cara que torcia para o Yago quebrar a perna na minha opinião ele só inferior ao Felipe e o Balbuena em rodagem porque tecnicamente se equivalem e a diretoria não tem interesse em valorizar o único interesse é vender logo pra tirar o lucro, muitos jogadores da base não são formados no Corinthians muitos vem de fora já com 17,18,19 anos mas sem intenção nenhuma por parte da diretoria de aproveita los, mas sim de vender e dar lucros aos empresarios que são donos da base