Repassem, até chegar no Tite!

Fórum do Corinthians
Tópico Lendário Entenda as regras

Victor #9.274 @victoralbino em 23/05/2016 às 02:20

Repassem, até chegar no Tite!

O Professor Tite gosta tanto de falar 'Diminui! Diminui!', em relação ao espaço de marcação.
Agora reparem no nosso 1o volante, em cima do círculo do meio campo. Deixou um espaço de quase 7 metros do adversário.

1.522 visualizações e 68 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhores respostas

Perdigão O Mito #2.879 @leandro.silva98 em 23/05/2016 às 07:54

Saudade do Ralf

David Da Silva Lino Neto #859 @david.da.silva.lino. em 23/05/2016 às 04:23

Quem falhou foi o bh faz a falta! Diminiu espaço mais nunca se deixa o meia sozinho!

Últimas respostas

Anisio Molim #101 @amoamolim em 24/05/2016 às 17:27

Pois é, vamos ficar aqui falando das nossas visões como exemplo da eficiência que fora quando tínhamos esse ou aquele.

São visões de cada um e nada mais. Pode ser até que a maioria esteja com a mesma visão que a sua. Isso não significa dizer que todos tem a mesma.

O Ralf, na minha visão não passou de um bom 3º zagueiro, de forma simples ou sofisticada, mas, como meio campista, era um desastre assim como esse Bruno que tentar ser um meio campista, e que nunca sai do time, curioso até, pois, isso é coisa do técnico.

Logo, se não sai do time, é porque o treinador o escala. Como eu acho que o treinador escala esse jopgador erradamente, por isso que pra mim ele o treinador, não é unaminidade (assim como Ralf).

Reconheço sua competência, mas não me salta aos olhos quando faz escalações com a insistência de alguns jogadores que sabemos que não tem mais a oferecer se não isso que já vimos.

É o paralelo que eu traço no exemplo de Ralf.

Mas, tá tudo bem! Como disse são visões, e o mínimo que devemos pedir a nós mesmo, o respeito por elas.

André #596 @deh.luiz em 24/05/2016 às 17:04

" "

Eu sempre penso que se não fosse os simples operários...não teríamos os grandes arquitetos...o Ralf se sobressaiu...na dele...porque deixava outros jogarem...lembro do Márcio em 90...era caneludo...nunca fez um gol com a camisa do Corinthians...mais sem ele talvez o Neto nem fosse o jogador que foi...

Publicidade

André Luiz Celestino #596 @deh.luiz em 24/05/2016 às 17:04

Eu sempre penso que se não fosse os simples operários...não teríamos os grandes arquitetos...o Ralf se sobressaiu...na dele...porque deixava outros jogarem...lembro do Márcio em 90...era caneludo...nunca fez um gol com a camisa do Corinthians...mais sem ele talvez o Neto nem fosse o jogador que foi...

anisio #101 @amoamolim em 24/05/2016 às 16:55

" "

Eu entendo o que você diz. É que na minha visão sobre futebol, qualquer época, os centro médios (como chamava antes da nomenclatura volante) sempre foram, além de defensores, pois cobriam as laterais também, os primeiros a começar a armação de jogadas, o início da transição como se diz hoje, assim como foi BiroBiro, Rincon, o próprio Cristian, lá atrás, Gino, Edson Cegonha, Tião, Russo, nossa um monte deles.

E o Ralf, não tinha essa postura, independente quem jogasse ao lado dele.

E uma das razões que ele ficava, era justamente por suas limitações de sair jogando. Só fazia e muito bem, justiça seja feita, a segurança da zaga, destruindo tudo que pintasse na sua frente.

Para meio campistas, isso é muito pouco, ou quase nada, por isso que eu insisto que o Ralf não foi meio campista e sim 3º zagueiro. E como tal, foi eficiente.

Meu caro André, nem por isso vamos ficar mal um com o outro, pois, verifico em seus comentários que muitos deles eu aprovo, porque se alinham aos meus.

Talvez essa questão que estamos discutindo, possa ter aí um ingrediente, inclusive de mídia, de superestimação que eu nunca aprovei, que é dar excessivos elogios a quem tem um trabalho simples e básico, assim como proclamam o Tite como um semi-deus.

Confesso que não gosto muito disso e não caio muito nessas ondas. Agora, evidente que gostos não se discutem, e devem ser respeitados, óbvio.

Anisio Molim #101 @amoamolim em 24/05/2016 às 16:55

Eu entendo o que você diz. É que na minha visão sobre futebol, qualquer época, os centro médios (como chamava antes da nomenclatura volante) sempre foram, além de defensores, pois cobriam as laterais também, os primeiros a começar a armação de jogadas, o início da transição como se diz hoje, assim como foi BiroBiro, Rincon, o próprio Cristian, lá atrás, Gino, Edson Cegonha, Tião, Russo, nossa um monte deles.

E o Ralf, não tinha essa postura, independente quem jogasse ao lado dele.

E uma das razões que ele ficava, era justamente por suas limitações de sair jogando. Só fazia e muito bem, justiça seja feita, a segurança da zaga, destruindo tudo que pintasse na sua frente.

Para meio campistas, isso é muito pouco, ou quase nada, por isso que eu insisto que o Ralf não foi meio campista e sim 3º zagueiro. E como tal, foi eficiente.

Meu caro André, nem por isso vamos ficar mal um com o outro, pois, verifico em seus comentários que muitos deles eu aprovo, porque se alinham aos meus.

Talvez essa questão que estamos discutindo, possa ter aí um ingrediente, inclusive de mídia, de superestimação que eu nunca aprovei, que é dar excessivos elogios a quem tem um trabalho simples e básico, assim como proclamam o Tite como um semi-deus.

Confesso que não gosto muito disso e não caio muito nessas ondas. Agora, evidente que gostos não se discutem, e devem ser respeitados, óbvio.

André #596 @deh.luiz em 24/05/2016 às 16:32

" "

Quando digo que ele consagrou...é que com ele a frente da zaga...esses jogadores que eu citei jogavam mais tranquilos...só ver como o Felipe esta agora...e não que ele é mal zagueiro...mais com Ralf na frente da zaga...os caras ficavam sim mais tranquilo...e querer que o Ralf fizesse mais que ele fez seria demais...tanto que ele e Paulinho se completavam...Ralf falava...pode ir...ele ia...Chicão tinha mais saída de bola que o Ralf...então ele deixava a bola com ele...coisas do tipo...

André Luiz Celestino #596 @deh.luiz em 24/05/2016 às 16:32

Quando digo que ele consagrou...é que com ele a frente da zaga...esses jogadores que eu citei jogavam mais tranquilos...só ver como o Felipe esta agora...e não que ele é mal zagueiro...mais com Ralf na frente da zaga...os caras ficavam sim mais tranquilo...e querer que o Ralf fizesse mais que ele fez seria demais...tanto que ele e Paulinho se completavam...Ralf falava...pode ir...ele ia...Chicão tinha mais saída de bola que o Ralf...então ele deixava a bola com ele...coisas do tipo...

anisio #101 @amoamolim em 24/05/2016 às 16:25

" "

André meu caro, respeito muito a sua opinião sobre o Ralf ter consagrado todos esses, mas, eu tenho opinião diferente.

Pra mim não passou de um bom 3º zagueiro, e como tal, foi muito bom mesmo, mas, como homem de meio campo, um desastre, chutava a bola para onde o nariz estivese apontado. Foram pouquíssimas em 4/5 anos de Corinthians suas boas jogadas de meio campo, quase não se tem registro.

É mais ou menos falar que o Lima no Santos ou até mesmo o velho Zito, consagrou Durval, Mengalvio, Coutinho, Pelé e Pepe. Ou mesmo Mauro e Ramos Delgado defensores.

Ou que o Andrada consagrou Geraldo, Carpegianni, Zico, Lico, Adílio, Ou mesmo Figueiredo e Mozer os defensores.

Mas, reitero que respeito demais a sua opinião.

O meu embasamento (gostaria que você entendesse e não me interpretasse como desfeita ou desrespeito ao jogador ou mesmo a sua visão), é por jogador técnico e não brucutus que pode ser muito eficientes apenas num quesito.

O Bruno eu acho um brucutu sem eficiência nenhuma. Pra mim 2ª/3ª divisão. O William eu acho outro brucutu, mas, com eficiência muito maior do que Bruno, tem alguma técnica ao menos. É mais ou menos por aí a minha visão.

Anisio Molim #101 @amoamolim em 24/05/2016 às 16:25

André meu caro, respeito muito a sua opinião sobre o Ralf ter consagrado todos esses, mas, eu tenho opinião diferente.

Pra mim não passou de um bom 3º zagueiro, e como tal, foi muito bom mesmo, mas, como homem de meio campo, um desastre, chutava a bola para onde o nariz estivese apontado. Foram pouquíssimas em 4/5 anos de Corinthians suas boas jogadas de meio campo, quase não se tem registro.

É mais ou menos falar que o Lima no Santos ou até mesmo o velho Zito, consagrou Durval, Mengalvio, Coutinho, Pelé e Pepe. Ou mesmo Mauro e Ramos Delgado defensores.

Ou que o Andrada consagrou Geraldo, Carpegianni, Zico, Lico, Adílio, Ou mesmo Figueiredo e Mozer os defensores.

Mas, reitero que respeito demais a sua opinião.

O meu embasamento (gostaria que você entendesse e não me interpretasse como desfeita ou desrespeito ao jogador ou mesmo a sua visão), é por jogador técnico e não brucutus que pode ser muito eficientes apenas num quesito.

O Bruno eu acho um brucutu sem eficiência nenhuma. Pra mim 2ª/3ª divisão. O William eu acho outro brucutu, mas, com eficiência muito maior do que Bruno, tem alguma técnica ao menos. É mais ou menos por aí a minha visão.

André #596 @deh.luiz em 24/05/2016 às 15:42

" "

E foi isso que vi...nosso maior problema hoje é a cabeça de área...trocava-se zagueiros...mais o Ralf estava lá...hoje é tudo uma nova adaptação...porque não temos mais um Ralf...ele consagrou...Chicão...Wilian...Paulo André...Felipe...Gil...e ainda Paulinho e Elias...

André Luiz Celestino #596 @deh.luiz em 24/05/2016 às 15:42

E foi isso que vi...nosso maior problema hoje é a cabeça de área...trocava-se zagueiros...mais o Ralf estava lá...hoje é tudo uma nova adaptação...porque não temos mais um Ralf...ele consagrou...Chicão...Wilian...Paulo André...Felipe...Gil...e ainda Paulinho e Elias...

anisio #101 @amoamolim em 24/05/2016 às 15:37

" "

... Ou massacrá-lo (no bom sentido) como poderia ter feito no primeiro tempo, e não dar a chance para o segundo tempo.

O próprio Mancini em sua entrevista disso isso. ' O Corinthians teve chances de liquidar a fatura no primeiro tempo' Deu chance no segundo, revertemos.

Anisio Molim #101 @amoamolim em 24/05/2016 às 15:37

... Ou massacrá-lo (no bom sentido) como poderia ter feito no primeiro tempo, e não dar a chance para o segundo tempo.

O próprio Mancini em sua entrevista disso isso. ' O Corinthians teve chances de liquidar a fatura no primeiro tempo' Deu chance no segundo, revertemos.

André #596 @deh.luiz em 24/05/2016 às 15:27

" "

Sim...concordo...futebol é isso...jogar no erro do adversário...

André Luiz Celestino #596 @deh.luiz em 24/05/2016 às 15:27

Sim...concordo...futebol é isso...jogar no erro do adversário...

anisio #101 @amoamolim em 24/05/2016 às 15:09

" "

De fato. Ou o Elias ou o Bruno que teria que dar combate ao cara que lançou a bola. Mas, se o Felipe ou Balbuena estivessem mais próximos, mais compactados, seria mais difícil.

Eu concordei com você os dois meio campistas em linha. Numa espécie de 4.2.3.1, que aliás foram as variações de domingo. Mas, esses dois no meio campo em linha, é um convite para o adversário jogar atrás deles, ou receber a cavadinha e colocar o companheiro livrinho para chegar junto com o goleiro, como foi feito.

Agora André, certamente o Vagner Mancini observou isso no primeiro tempo, e no intervalo só deu a orientação, e os caras fizeram isso.

Enquanto, o Tite ficou trocando jogadores, deixando os que estavam comprometendo e tirando os que poderiam resolver em algum lance. Giovanni e Marquinhos.

Tirou o André, e colocou o Luciano. Trocou nada por nenhuma coisa.

Isso quando eu era garoto e íamos fazer uma pelada no terreno próximo de casa, a gente tinha sempre o 'café com leite', aquele cara que não fazia zorra nenhuma, mas tinha que estar dentro do campo, porque por muitas vezes, a bola era dele.

Ronaldo Sccp #634 @zandor em 24/05/2016 às 15:18

Esse Bruno Henrique poderia ter aprendido muito com o Ralf.

Anisio Molim #101 @amoamolim em 24/05/2016 às 15:09

De fato. Ou o Elias ou o Bruno que teria que dar combate ao cara que lançou a bola. Mas, se o Felipe ou Balbuena estivessem mais próximos, mais compactados, seria mais difícil.

Eu concordei com você os dois meio campistas em linha. Numa espécie de 4.2.3.1, que aliás foram as variações de domingo. Mas, esses dois no meio campo em linha, é um convite para o adversário jogar atrás deles, ou receber a cavadinha e colocar o companheiro livrinho para chegar junto com o goleiro, como foi feito.

Agora André, certamente o Vagner Mancini observou isso no primeiro tempo, e no intervalo só deu a orientação, e os caras fizeram isso.

Enquanto, o Tite ficou trocando jogadores, deixando os que estavam comprometendo e tirando os que poderiam resolver em algum lance. Giovanni e Marquinhos.

Tirou o André, e colocou o Luciano. Trocou nada por nenhuma coisa.

Isso quando eu era garoto e íamos fazer uma pelada no terreno próximo de casa, a gente tinha sempre o 'café com leite', aquele cara que não fazia zorra nenhuma, mas tinha que estar dentro do campo, porque por muitas vezes, a bola era dele.

André #596 @deh.luiz em 24/05/2016 às 07:48

" "

Sobre a zaga...houve um erro mais porque os volantes erraram...se você analisar o lance...foi rápido...o Kieza vem carregando a bola e toca para o Leandro...e passa em velocidade...o erro foi deixar o meia passar a bola...não matar a jogada...volantes nunca devem jogar em linha...segundo volante da o primeiro combate...e o primeiro...pegaria esse que passou em velocidade...ai estourou na defesa...