Porque a torcida do Corinthians está mudando?

Fórum do Corinthians
Tópico popular Entenda as regras

Luciano #8.204 @lukberlanga em 27/05/2016 às 06:52

Basta analisarmos os títulos do Corinthians para responder esta pergunta, tenho 38 anos e moro fora do Brasil, sim agora sou um torcedor de sofá devido às circunstancias, mas isso não me impede de acordar às três da manhã para ver um jogo do Timão no meio da semana.
Vou dividir a torcida em gerações, como tenho 38 anos dividirei por dois para ter uma geração a cada 19 anos. Nos meus primeiros 19 anos de vida eu tive o privilégio de ver o Corinthians campeão sete vezes que dá uma media de um título a cada 2,7 anos, pobre geração anterior a esta que teve o privilegio de gritar campeão somente uma vez em 1977, nesta época não tínhamos mundial e boa parte destes anos nem Campeonato Brasileiro, nossos rivais tinham com exceção do paulista, mais títulos que nós então dizíamos que não vivíamos de títulos, que vivíamos de Corinthians, éramos sofredores acreditávamos até o fim, no sol ou na chuva, cada final era a oportunidade de gritar “É Campeão”, soltar fogos, de sair com os carros cheios de bandeiras e buzinando a noite toda, enfim era soltar o grito que estava entalado na garganta por quase três anos.
Campeonato Paulista: 1982,1983,1988 e 1995
Copa São Paulo de Junior: 1995
Rio - São Paulo: -
Campeonato Brasileiro: 1990
Copa do Brasil: 1995
Recopa Sul-Americana: -
Libertadores: -
Mundial de clubes: -

Na segunda metade da minha vida, vi o Corinthians sagrar-se campeão 24 vezes no mesmo período de 19 anos, uma media de 1,25 títulos por ano.
Campeonato Paulista: 1997,1999,2001,2003,2009 e 2013.
Copa São Paulo de Junior: 1999,2004,2005,2009,2012,2015.
Rio - São Paulo: 2002
Campeonato Brasileiro: 1998,1999,2005,2011 e 2015.
Copa do Brasil: 2002 e 2009
Recopa Sul-Americana: 2013
Libertadores: 2012
Mundial de clubes: 2000 e 2012

Já não podemos dizer que vivemos de Corinthians se nos acostumamos a ganhar tantas vezes, passamos a viver de títulos, aquele lado torcedor sofredor que ia sempre para o estádio com a mesma roupa por superstição, ou que escutava seu rádio de pilha durante o jogo está desaparecendo, dando lugar a torcedores acostumados com as vitórias que qualquer derrota diz que nada presta, que o técnico é burro, que jogador é chinelinho e muitos se sentem no direito de cobrar com ameaças, invadir CT ou vestiário.

446 visualizações e 27 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhor resposta

Sérgio Adriano #3.962 @serginho.1910 em 27/05/2016 às 09:00

A Torcida organizada não vaia o time em campo, tem que acabar com a impunidade, e não com a torcida organizada, que sem ela, aquele estádio seria mais frio do que já é, e não da pra aceitar um jogador ganhar 10 0mil por mês e não da a vida em campo, por isso a cobrança, ou você acha que devemos ver isso e ficar só assistindo?

Últimas respostas

Bruno Lélis #892 @bruno.lelis1 em 27/05/2016 às 11:52

O Corinthians se tornou um colosso continental, nacional então nem se fala.

Publicidade

Rafael Oliveira #4.302 @rafaeloliver em 27/05/2016 às 11:31

Muito bacana seu Texto. Faz um sentido enorme. Como várias coisas do passado que era bom. E com a mudança do tempos hoje se acabaram. Nossa torcida também ocorreu isso. Infelizmente!

única certeza que temos que permanece e sempre estará vivo é a paixão pelo Corinthians!

Mhiro Fiel #77 @psiquiatra em 27/05/2016 às 11:00

Realmente a exigência está maior do que antes. É padrão estádio novo, padrão títulos importantes, enfim, padrão Corinthians e CORINTHIANS é grande pá kralio!

Jorge Oenning De Souza #810 @jorge.oenning.de.sou em 27/05/2016 às 10:59

O caráter do homem não é por causa da idade, muito menos pela quantidade de títulos que viu!

Tem bandido com 10,20,30,60... Enfim... Bandido é bandido!

Ayrton Faria #581 @ayrton.faria em 27/05/2016 às 10:54

De tudo que você atribui à nova torcida, só é incompreensível que façam agressões gratuitas, oral, redes sociais ou pessoais. Todo resto pode.

Oilson Amorim Dos Reis #2 @reyes em 27/05/2016 às 10:48

'Ninguém pode entrar duas vezes no mesmo rio, pois quando nele se entra novamente, não se encontra as mesmas águas, e o próprio ser já se modificou. Assim, tudo é regido pela dialética, a tensão e o revezamento dos opostos. Portanto, o real é sempre fruto da mudança, ou seja, do combate entre os contrários.' Torcedor é Paixão! Vai Corinthians! Nada justifica violência!

Mari Ruiz #198 @msriruiz em 27/05/2016 às 10:26

Você é um cara privilegiado porque o Corinthians é maior vencedor dos últimos 30 anos, contando somente títulos com a chancela da Fifa e CBF.

Os que se tornaram torcedores de 2011 pra cá estão mal acostumados kkk. Parece os modinhas bambis que só torcem na boa. A torcida do Corinthians sempre teve a tradição de torcer ainda mais nos maus momentos.

Uma mudança porque esses novos torcedores são imediatistas mesmo a paixão sendo igual.

Keneki Ken #595 @kaneki em 27/05/2016 às 10:18

Isso mesmo amigo muita coisa mudou a equipe e vencedora e a torcida quer que seja sempre assim qualquer eliminação ou derrota viram pesadas criticas mais parando pra pensar nem o Real Madrid com investimento muito superior ao nosso consegue ganhar sempre.

Luis Guedes #60 @lisca em 27/05/2016 às 10:17

Fiel mudando como o mundo está mudando.

Eu assistia jogos no Parque São Jorge, na Fazendinha, de pé na grade, pra ver o campo e jogadores de perto. Isso hoje é impossível. Na Arena elitizou o público porque ingresso é caro e tem que ser pra pagar a dívida bilionário que nos metemos... Mudou o perfil do tircedor e os seus hábitos... Saudades da minha bandeira, inseparável! Novos tempos!

Carlos Eduardo #1.362 @carlos81 em 27/05/2016 às 09:14

Isso é culpa da diretoria com essa tal elitização na arena, tirou a força o povão da arquibancada, com preços de ingressos caros e trouxe o torcedor modinha que mais parece desfilar num shopping.

O povão esse sim apoia o time os 90 minutos sem vaiar, agora a torcida gourmet entre uma selfie ou outra grita bixa. Entre uma pipoca ou outra vaia nosso patrimônio. Triste de ver