Títulos não fazem ''ídolos''

Fórum do Corinthians
Tópico popular Entenda as regras

Winter #1.867 @winter.santana em 01/08/2013 às 09:24

Vi nego aqui no fórum dizendo que título faz o jogador se tornar ídolo, mas discordo, só se o jogador foi muito importante durante a campanha...

O que faz um jogador ser ídolo é a sua DEDICAÇÃO, ENTREGA e RAÇA dentro de campo, apenas.

Alguém discorda?

742 visualizações e 43 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhores respostas

Lucas Batista #168 @.maisquelouco em 01/08/2013 às 14:02

Chicão mito

Raça, títulos e técnica aprimorada. Ídolo, sem dúvidas. #FicaChicão

Marcos Gomes #80 @marcaotimao em 01/08/2013 às 09:47

Tantos bons jogadores jogaram no Corinthians durante o jejum de 23 anos! Se seguir essa lógica então não tivemos ídolos nessa época!

Últimas respostas

Winter Santana #1.867 @winter.santana em 01/08/2013 às 23:20

Bem, estou aqui no fórum desde de 18/07/2012, mano...

Mas, enfim, tem uns 3 ou 4 meses que comecei a criar tópicos...

Boa parte do pessoal não quer ele no time, porém, ele é indispensável taticamente, essa é a verdade...

Eu penso assim não na demagogia, pois sei que, muitos ali dão o melhor de si, como o Ralf por exemplo.

Mas eles são pagos pra fazerem o que mais gostam na vida, então por que não se dedicam? Se dedicam sim, mas cada jogador tem seus altos e baixos na carreira, espero que o Sheik de a volta por cima, e o Pato seja mais oportunista.

Não podemos sempre jogar a culpa no Tite e nem apenas em UM único jogador.

Também entendi seu ponto de vista mano, foi assim com o Ronaldo que estava jogando muito.

Abraço.

#2482 @leacauan em 01/08/2013 às 14:57

" "

Paulo André além de ser bom zagueiro, é escritor e um dos poucos atletas do país a ter um posicionamento político/social. É meu ídolo sim.

Sobre o Sheik, você é relativamente novo aqui no Fórum, mas boa parte do pessoal aqui não quer mais ele no time titular. O que deu 'fôlego' pra ele recuperar o futebol enquanto o desempenho estava abaixo da média foram justamente aqueles dois gols na Libertadores.

Entendi seu ponto de vista, respeito e Deus permita que apareçam mais Corinthianos que pensem igual a você, mas geralmente esse discurso não passa de demagogia. Na hora que o bicho pega, se o cara não tem um títulozinho pra segurar a bronca, é rua!

Publicidade

Bruno Medeiros #62 @bruno.medeiros6 em 01/08/2013 às 15:14

Ele sumiu ne? !

Felipe #3855 @felipe.kerner em 01/08/2013 às 14:26

" "

Lembra do Herrera o cara não desistia nunca, sempre brigando, e o Mano Menezes vai lá e escolhe o Souza.

Lê Acauan #2.482 @leacauan em 01/08/2013 às 14:57

Paulo André além de ser bom zagueiro, é escritor e um dos poucos atletas do país a ter um posicionamento político/social. É meu ídolo sim.

Sobre o Sheik, você é relativamente novo aqui no Fórum, mas boa parte do pessoal aqui não quer mais ele no time titular. O que deu 'fôlego' pra ele recuperar o futebol enquanto o desempenho estava abaixo da média foram justamente aqueles dois gols na Libertadores.

Entendi seu ponto de vista, respeito e Deus permita que apareçam mais Corinthianos que pensem igual a você, mas geralmente esse discurso não passa de demagogia. Na hora que o bicho pega, se o cara não tem um títulozinho pra segurar a bronca, é rua!

Winter #1867 @winter.santana em 01/08/2013 às 14:11

" "

Então, o Paulo André é ídolo?
Gil já é ídolo?
Zizão?
KKK, não cara.
estou falando exatamente dessa entrega do jogador dentro de campo.

Não considero o Sheik ídolo pelo seus gols na Liberta, mas, sim, por jogar como uma criança dentro de campo. Entrega total.

Ana Alice #7 @anaalice em 01/08/2013 às 14:50

O importante é a história que ele constrói aqui...

Winter Santana #1.867 @winter.santana em 01/08/2013 às 14:30

Entendo, mas a falta de criatividade é no meio de campo, apesar do ataque está sempre errando o último passe... Tite tá jogando com dois volantes de defesa, mas tudo bem, a entrada do Renato Augusto poderia resolver isso, e o Pato se movimenta mais que o Guerrero, tanto que ontem o Pato perdeu um gol com um passe açucarado do Renato Augusto, o p*ta passe viu.

RA8 joga fácil.

dps15 #3129 @dps15 em 01/08/2013 às 14:27

" "

Não acho que justifique, cara, desculpe. Olha essas estatísticas aqui: http://www.meutimao.com.br/noticia/120619/menos_usado_por_tite_pato_e_atacante_mais_letal_do_corinthians

Guerrero é um p*ta jogador, mas está atuando em nível de jogador mediano. Desculpe quem é Guerrerete - não estou dizendo que é seu caso! - mas dados não costumam mentir.

Mas o Tite precisa rever algumas coisas. O time anda (extremamente) sem criatividade.

Dps15 Dps15 #3.129 @dps15 em 01/08/2013 às 14:27

Não acho que justifique, cara, desculpe. Olha essas estatísticas aqui: http://www.meutimao.com.br/noticia/120619/menos_usado_por_tite_pato_e_atacante_mais_letal_do_corinthians

Guerrero é um p*ta jogador, mas está atuando em nível de jogador mediano. Desculpe quem é Guerrerete - não estou dizendo que é seu caso! - mas dados não costumam mentir.

Mas o Tite precisa rever algumas coisas. O time anda (extremamente) sem criatividade.

Felipe Kerner #3.855 @felipe.kerner em 01/08/2013 às 14:26

Lembra do Herrera o cara não desistia nunca, sempre brigando, e o Mano Menezes vai lá e escolhe o Souza.

Winter Santana #1.867 @winter.santana em 01/08/2013 às 14:16

Penso o mesmo sobre o Sheik, logo me vem as provocações na cabeça, e aquela mordida na mão do argentino?
kkkk, é corajoso demais.
E as zoações nos rivais, coisa que praticamente ninguém mais faz hoje em dia. :/// Futebol tá ficando chato sem isso.

Quando penso em ídolos me vem pela cabeça: Alessandro, Chicão, Ralf e JH :D

Winter Santana #1.867 @winter.santana em 01/08/2013 às 14:11

Então, o Paulo André é ídolo?
Gil já é ídolo?
Zizão?
KKK, não cara.
estou falando exatamente dessa entrega do jogador dentro de campo.

Não considero o Sheik ídolo pelo seus gols na Liberta, mas, sim, por jogar como uma criança dentro de campo. Entrega total.

#2482 @leacauan em 01/08/2013 às 14:05

" "

Discordo... Títulos consolidam o status de ídolo de um jogador. Sem títulos, o cara é obrigado a ser um gênio e ter uma identificação monstruosa com a torcida, caso do Rivelino.

Sobre o período pré-anos 90, vocês esquecem que o Paulista era 'o campeonato'. Era tudo que importava. Brasileirão e Libertadores passaram a ser valorizados nas últimas 3 décadas, antes eram meros campeonatos coadjuvantes.

Ganhar dois Paulistas nos anos 80 era ganhar o coração da Fiel.

Lê Acauan #2.482 @leacauan em 01/08/2013 às 14:05

Discordo... Títulos consolidam o status de ídolo de um jogador. Sem títulos, o cara é obrigado a ser um gênio e ter uma identificação monstruosa com a torcida, caso do Rivelino.

Sobre o período pré-anos 90, vocês esquecem que o Paulista era 'o campeonato'. Era tudo que importava. Brasileirão e Libertadores passaram a ser valorizados nas últimas 3 décadas, antes eram meros campeonatos coadjuvantes.

Ganhar dois Paulistas nos anos 80 era ganhar o coração da Fiel.